Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Semana Carregada: Ata do Copom, IPCA-15, Discursos, MP Eletrobras, CPI da Covid

br.investing.com/analysis/semana-carregada-ata-do-copom-ipca15-discursos-mp-eletrobras-cpi-da-covid-200442771
Semana Carregada: Ata do Copom, IPCA-15, Discursos, MP Eletrobras, CPI da Covid
Por Julio Hegedus Netto   |  21.06.2021 08:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Uma semana carregada com variados indicadores de atividade no mundo, IPCA-15 no Brasil, muitos discursos de autoridades monetárias, atas do Copom no Brasil e de política monetária no Japão, além de relatório do BCE e aprovação da MP da Eletrobras (SA:ELET3), talvez nesta segunda ou, no mais tardar, na terça-feira, ultimo dia da Medida Provisória. Será uma semana também importante em que os países redefinirão suas estratégias contra a pandemia, o ciclo de vacinação e a necessidade de manter lockdowns (ou não), dada a presença da variante indiana Delta. 

Em Lisboa, por exemplo, esta foi responsável por 60% dos contaminados nestes dias. Por isso, o “fechamento” nos fins de semana, com as pessoas não podendo entrar, nem sair da capital portuguesa. Por lá o sinal amarelo acendeu depois das mortes aumentarem por estes dias, em sua maioria, na grande Lisboa. Importante que se diga que a cidade vinha liberando, saindo do processo de confinamento. Muito se via, inclusive, pessoas sem máscara pelas ruas. Agora, prudencialmente, um freio de arrumação se fez necessário. Importante, aliás, destacar o excelente trabalho das autoridades públicas portuguesas no enfrentamento, desde o início, da pandemia. Pelo ineditismo da situação, erros podem ter sido cometidos, mas logo corrigidos. Não houve espaço para brigas, ou bate-bocas de autoridades, frente ao público (algo tão comum no Brasil).  

Por aqui, continuamos um país deflagrado, irresponsavelmente, ou criminalmente, com sinais trocados e discursos conflitantes sobre como encarar a pandemia. Quando o momento “clama” por unidade e coordenação, o que vê  é justamente o contrário ! Negar a necessidade do uso de máscaras, do isolamento social e da urgência das vacinas, na nossa opinião, é crime e, em algum momento, terá que ser responsabilizado. 

Não cabem aqui versões, opiniões, crenças, fanatismos ou negacionismos. Devem ser adotadas estratégias e ações públicas que o mundo consagrou e estão dando certo (na medida do possível). Defender “imunidade de rebanho”, num quadro de 502 mil mortes, é CRIME DE RESPONSABILIDADE. Apenas isso. 

Sobre os indicadores desta semana, estejamos atentos à ata do Copom na terça-feira, o IPCA-15 de junho e uma variada gama de eventos no Congresso. 

Falando da ata é possível que tenhamos a justificativa para a necessidade da “intensificação” no ciclo de ajustes da Selic nas próximas reuniões, já que a inflação se mostra resiliente e acontece uma crise hídrica no País. Por isso, o IPCA-15 de junho vir próximo de 1%, elevando em 12 meses a mais de 8%. Isso deve confirmar ao Banco Central um ciclo mais intenso de ajustes da Selic por estes meses. Estejamos atentos também aos dados do Caged e de Confiança na semana. 

Nos EUA, teremos mais uma revisão do PIB no 1º trimestre, em torno de 4,6% pela taxa anualizada, o PCE, indicador parâmetro pelo Fed para a medição dos preços dos gastos das famílias norte-americanas, além do indicador de confiança de Michigan, PMI Industrial, Confiança do Consumidstidor, dentre outros. 

Nos discursos dos diretores e autoridades monetárias, iniciamos nesta segunda-feira com Christine Lagarde, presidente do BCE, à tarde Williams, diretor membro do Fomc. Na terça-feira, o discurso de Mary Daly e de Jerome Powell do Fed. Na quarta-feira, Bownman e Bostic e na quinta-feira, Williams de novo. 

Em todos estes, toda atenção para as sinalizações do “momento ideal” para a retirada dos estímulos e o início do ciclo de aperto monetário (“tapering”). Os indicadores econômicos norte-americanos também devem ser “monitorados com lupa”. Embora tenhamos a economia “rodando de forma desigual”, ou “insuficiente”, a inflação parece mais elevada do que o esperado, justificável pela “reabertura” da economia e a “assincronia dos setores e empresas” em responder à demanda. Alguns setores enfrentam a falta de insumos, como os circuitos eletrônicos para os carros na indústria automobilística. Isso explica o encarecimento dos carros novos e também dos usados.  

Importante estar atento também, pois esta semana será a penúltima do semestre, importante para os leilões do tesouro norte-americano e do Tesouro e BACEN brasileiro (na terça e na quinta-feira). Todos estão prevendo mudanças fortes nos rendimentos dos  títulos públicos globalmente.

No Brasil, chama atenção o debate sobre a crise hídrica e as movimentações de reajuste de tarifa de energia, já em “bandeira vermelha fase 2”, a mais extrema, devido ao uso intensivo das termelétricas. Isso pode mudar o rumo da inflação neste ano, pela intensisade do choque de energia, alterando o ritmo de ajustes da Selic. Como já dito acima, acreditamos numa intensificação dos ajustes neste ano, até chegar a 6,25% ou 6,5%, mas acompanhando de perto o IPCA. 

A semana deve ser importante também pela definição da política de extensão do auxílio emergencial e no aumento do Bolsa Família. Comenta-se que este aumento do Bolsa Família deve chegar a R$ 300 e se prolongar até o ano que vem.  

 

Outras novidades na semana merecem registro. Vamos a elas.

MP da Eletrobras. Será aprovada hoje, segunda-feira (dia 21) ou amanhã (dia 22), último dia de prazo para que a MP tenha validade e não “caduque”. Não teremos alterações. Deve vir com as alterações do Senado. Saíram alguns “jabutis”, foram mantidos outros.

Desburocratização do ambiente de negócios (MP 1040/21). Tem por objetivo "modernizar e desburocratizar o ambiente de negócios". A proposta promove diversas mudanças na legislação para simplificar a abertura de empresas, facilitar o comércio exterior e ampliar as competências das assembleias gerais de acionistas;

Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Discussão do Projeto de Lei Complementar 16/21, que unifica em todo o País as alíquotas do ICMS incidentes sobre combustíveis. A lista inclui gasolina, diesel, biodiesel, etanol e gás natural e de cozinha, além de vários outros derivados de petróleo;

Reforma Tributária. O presidente da Câmara, Arthur Lira, afirmou que a reforma deve começar a “andar” na Câmara nesta semana. A expectativa é de que um projeto, que trata do Imposto de Renda para pessoas físicas e jurídicas, deve ser apresentado na quarta-feira (dia 23). Esta é uma das etapas da reforma tributária, que tramitará em fases no Congresso.

Reforma Administrativa. A comissão especial deve ouvir o ministro da Economia, Paulo Guedes, na semana. Neste caso, repercute os boatos de que o presidente mandou que esta reforma ficasse de lado neste ano, pela proximidade das eleições de 2022.

CPI da Covid. Nesta semana, a CPI ouvirá na terça-feira (22) o deputado federal Osmar Terra (MDB/RS); na quarta-feira (23), o médico Francisco Emerson Maximiano; na quinta-feira (24), o assessor especial da Presidência da República, Filipe Martins; e na sexta-feira (25), o epidemiologista e ex-reitor da UFPEL, Pedro Hallal, e a médica e ex-diretora-executiva da organização Anistia Internacional, Jurema Werneck.

Nos mercados globais, nesta segunda-feira, os asiáticos operaram em forte queda, refletindo temores sobre as mudanças no transcurso da política monetária do Fed. Nos futuros norte americanos, a bolsa S&P 500  avançava 0,2% e Dow Jones  e Nasdaq recuavam 0,2%. Nos mercados de commodities, o Petróleo WTI avançava 0,3% e o Brent  +0,4%. Nos metais, a prata avançava 0,1%, o ouro 0,8% e o minério de ferro recuava 4,0%. 

Boa semana e bons negócios! 

Semana Carregada: Ata do Copom, IPCA-15, Discursos, MP Eletrobras, CPI da Covid
 

Artigos Relacionados

Semana Carregada: Ata do Copom, IPCA-15, Discursos, MP Eletrobras, CPI da Covid

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (6)
Flavio Trevisani
Flavio Trevisani 21.06.2021 12:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Procurava lor noticias, mas só vi lacração
Cícero RP
Cícero RP 21.06.2021 10:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Portugal, Inglaterra e outros da Europa enfrentando variante indiana com altos contagios! Mais uma prova q vacinas são inúteis pra variantes!😧🤦
marco antonio frankzhovitz
marco antonio frankzhovitz 21.06.2021 10:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
achei a análise tendenciosa sim tendenciosa
henrique andreotti
henrique andreotti 21.06.2021 9:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Comentarista do UOL...Site errado !
Breno Giovani Martins
Breno Giovani Martins 21.06.2021 9:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ótimas análises!
Amarildo Pedruzzi
Amarildo Pedruzzi 21.06.2021 8:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vc esta misturando economia com politica; mais um esquerdista de carteirinha. Vai lá nos EUA e fala que o Biden é responsavel pelas mortes, e é primeiro mundo, vai catar batatas.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail