😎 Promoção de meio de ano - Até 50% de desconto em ações selecionadas por IA no InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

Nossa Bandeira (do Ibovespa) Nunca Será Vermelha - Tônica da Semana

Publicado 09.04.2018, 12:19
Atualizado 09.07.2023, 07:32
US500
-
USD/BRL
-
CL
-
IBOV
-
BBAS3
-
BRAP3
-
LOGN3
-
MGLU3
-
PETR4
-
TRIS3
-
UNIP6
-
VIX
-
SAPR11
-

Quem me acompanha sabe que sempre comento algo com música, não tem como dissociar, toco um pouco de contrabaixo, violão. Tenho uma clave de fá tatuada. É algo que faz parte de mim. Nasci em 83 e minha adolescência foi na década de 90. Na minha época ser nerd não era legal. Era tosco, as gurias gostavam dos bad boys e na música o rap americano tinha seu espaço. Coolio, que até onde eu sei, não foi dos maiores fez a meu ver uma música que é muito top e me lembra muito anos 90: “Gangsta’s Paradise”.

Não tenho como não comentar que um de nossos maiores gangster foi preso! Lula vivia nesse lugar aqui que é um gangsta paradise. Prender o ex-presidente foi algo diferente. Prender um cara que acabou com o sonho de muita gente é diferente. Prender alguém que enganou e engana tanta gente é diferente. Prender alguém tão importante que se deslumbrou com dinheiro é diferente! Prender o cara que em seu discurso defende abertamente a continuidade de uma revolução, defendeu a ocupação de fazendas e a relativização da propriedade privada através da ocupação de fazenda, falou em de meter a mão na imprensa e até em chegar ao poder e promover uma nova constituição que proíba a venda de estatais como Petrobras (SA:PETR4), Banco do Brasil (SA:BBAS3) e etc. É ou não um plano de um gangster?!?!?!

Não se iludam, ele é apenas um. E penso que nem é o maior gangster que tivemos.Tem mais outros vários lá em Brasília. Dá pra montar time de futebol com reservas e comissão técnica no mínimo!

Enfim só um desabafo de um cidadão que segue aqui:

Been spending most their lives
Living in a gangsta’s paradise

Been spending most their lives
Living in a gangsta’s paradise

Brasil o paraíso dos bandidos. Será que vamos conseguir mudar isso?

Enfim, avancemos.

Índice não cai?

Bom vamos lá. Primeiro uma constatação. Falei aqui que a entrada do investidor brasileiros (fundos multimercados principalmente) na bolsa estava sustentando o IBOV. Sim eu estava certo. A leitura de cenário foi acertada. Não falo isso para “me achar”, até porque ler cenário não quer dizer ganhar $. E nesse mercado money talks! Any way aí embaixo o gráfico do fluxo estrangeiro massivamente negativo (de saída) de fevereiro para cá comparando com o IBOV que se sustentou lá em cima. É a força nacional fazendo a diferença!

Fluxo de investidores na Bovespa

“Nossa bandeira nunca será vermelha!!”

A frase mais pro lado político pode ser usada aqui para dizer que o IBOV não cai!! Sigo acreditando que tem muito dinheiro pra entrar, ainda mais com o juro lá no chinelo e isso sustenta sim a bolsa. E aproveito para replicar aqui um gráfico que retuítei pegando do @hbredda. Ele mostra como a alocação em ações por parte dos fundos está baixa quando olhamos com uma perspectiva mais de longo prazo. Comparando com o histórico:

Alocação em ações

Então para você que quer investir em ações, mas tem medo eu digo: não precisa ter medo. Só respeito basta!! kkk. É renda variável pô, vai chacoalhar, esteja ciente disso, mas da minha parte sigo investindo! E acredito que sim esse dinheiro que já tem migrado para bolsa pode seguir sustentando e nos livrando de maiores quedas e pensando mais a frente aí sim passa também pela definição do presidente e sua agenda.

VIX, S&P 500, Petróleo e sinais de alerta?

Coisas seguem turbulentas nos EUA. Digo na bolsa mesmo. Ações das Techs caíram bem e isso pesou no S&P. Trouxe de volta aquele sentimento de alerta no mundo. Tanto que o VIX não baixou, não voltou aqueles patamares beeem baixos de outrora. Gráfico abaixo compara performance de S&P (linha vermelha), IBOV (linha verde) e emergentes (linha preta) em 2018. Realmente interessante não? Performamos bem melhor mesmo.

S&P500, Ibovespa e Emergentes

Não ficaria preocupado simplesmente porque subiu ou caiu mais, mas o petróleo andou cedendo bem e as commodities pararam. São as turbinas que dão gás para nossa economia. Então vale ficar de olho. Mais importante do que prender o Lula é acompanhar as commodities. Abaixo gráfico comparando os 2.

Ibovespa e Commodities

Acertei no Dólar?

Mais uma vez repito, não estou aqui contando vitória, até porque o que conta é $$ nesse mercado. Mas comentei dia 12/03, e depois dia 19/03 e depois dia 26/03 nesse quadro chamado Tônica da Semana de que não apostaria contra o dólar! Ele tava lá em 3,25. Semana passada bateu 3,38 na máxima (+4%).

USDBRL

Enfim, apesar de achar que o Brasil está atrativo relativamente penso que tem alguns fatores que podem no mínimo sustentar o dol daqui para frente:

  • Diferencial de juros minguou. Com Selic a 6,5% ou ainda abaixo, a margem para fazer o carry trade minguou. Sujeito pega $$ lá fora a 3% ao ano, mas para fazer o hedge disso no câmbio custa uma certa grana. O suficiente pra não valer a pena. Hoje Turquia e Argentina estão mais interessantes pra isso. Curva de juros turca está lá nos 13% aa. Menos força compradora para moeda brasileira.
  • Com a proximidade da eleição e o nosso cenário de incerteza alguns investidores mais conservadores podem sim não querer vir pra cá e isso gera menor demanda pela compra de Real.
  • Seguindo o raciocínio da aversão ao risco político muito gestor de empresa mesmo, com exposição a dólar (seja na receita ou nas despesas) busca proteção. Hedge contra volatilidade, o que ele faz? Trava o câmbio e demanda dólar. Preferi garantir os 3,38 que correr riscos de ver isso pular pra 4 por exemplo.

O que poderia mudar isso é um cenário de commodities muito forte. Vamos ver, por hora olho vivo na doleta.

Tamo aí na atividade

Pra galera “bad boy” do skate Charlie Brown talvez tenha sido uma referência. Mesmo sendo mais nerd gostava também. Champignon era um baita baxista, então escutei muito pra aprender como eles cantavam:

“Eu nasci pobre, mas não nasci otário
Eu é que não caio no conto do vigário”

O fluxo diário, semanal e o noticiário são a meu ver o conto do vigário. O que me interessa de fato é que “tamo aí na atividade”!! E o último PMI que saiu ainda dia 03 mostrou que a economia segue sim firme e forte! Traduzindo as frases abaixo:

  • Pedidos das industrias se expandindo a segunda maior taxa em 5 anos;
  • Crescimento dos níveis de compra sendo o maior dos últimos 7 anos;
  • Criação de emprego em nível recorde pelo sexto mês consecutivo.

PMI Brasil

Bem verdade que a produção industrial que saiu semana passada não foi lá essas coisas: +2,8% ante estimativa de +4%.

Produção industrial

Mas se serve de alento e de fato serve a meu ver, a produção e venda de veículos, divulgadas semana passada, foram porradas!

Produção de Veículos

Então minha leitura é que a atividade segue acontecendo, o que tende em algum momento a ser bom para (SA:LOGN3). Teremos inflação essa semana que deve mostrar que o cenário segue benigno. Isso vai sustentar um cenário de juro baixo que é bom pra construção e consumo. Falando nele, temos dados de vendas no varejo essa semana, sigo comprado em (SA:MGLU3) que é minha principal aposta em varejo. Em construção vocês sabem que gosto da (SA:TRIS3). Juro baixo também aumenta a atratividade das ações estilo “bond proxies”, minha preferência nesse caso é (SA:SAPR11). E lá fora as coisas seguem ok, minhas apostas em cíclicas recaem sobre (SA:BRAP3) e (SA:UNIP6).

E no mais os gangster estão sendo presos.

Been spending most their lives
Living in a gangsta’s paradise

Era isso

Aquele abs!

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.