Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Weg SA (WEGE3): Lucro não justifica otimismo dos analistas

Publicado 28.02.2024, 13:00
Atualizado 23.11.2023, 12:28

As notícias recentes indicam que a WEG está num processo de crescimento dos lucros e sugerem que o preço da ação está barato. Vejam as matérias que apareceram na imprensa financeira:

  • Seu Dinheiro: Fênix à solta: Weg (WEGE3 (BVMF:WEGE3)) ressurge como ‘fábrica de bilionários’;....

  • Valor Econômico: WEG tem lucro líquido de 1,7 bilhão no 4º trimestre, alta de 46,2%....

  • E-investidor: Investidor tem até hoje para receber dividendos bilionários da Weg (WEGE3).

  • Seu Dinheiro: A campeã voltou? Weg (WEGE3) supera as projeções no 4T23 e ações lideram o Ibovespa.

  • e-invest: 'Boa evolução': Weg (WEGE3) surpreende no 4T23 e ações disparam mais de 6%... ...Para os analistas do Itaú BBA, os resultados que a Weg divulgou apresentaram uma “boa evolução”. Segundo eles, mesmo ao ajustar os ganhos pontuais relacionados ao fiscal, o lucro por ação (LPA) da companhia superou a previsão em 10%, com surpresas positivas tanto no top line quanto na lucratividade.

  • Suno: O Goldman manteve recomendação ‘neutra’ para as ações de Weg, com preço-alvo a R$ 38,80...... O Itaú BBA tem recomendação ‘market perform‘ para as ações de Weg, com preço-alvo a R$ 38,50..... WEG (WEGE3) tem lucro 28% superior ao esperado pelo BTG (BVMF:BPAC11); banco projeta alta de 36,5% nas ações.

Até ai, tudo é positivo para a WEG, mas surgiu uma manchete que soa meio estranha e contraditória:

  • InfoMoney: WEG aprova dividendo complementar de R$ 1,25 bi e propõe aumento de capital de R$ 1 bi

Explicando a estranheza: a WEG distribuirá 1,25 bilhão e simultaneamente fará aporte de capital com emissão primária de 1 bi. Ora, se os novos projetos são excelentes, gerarão ROI elevado, por que distribuir dividendo e depois fazer aporte de capital? São ações contrárias.

O que fica distante das reportagens é o efeito da diluição do capital que o aporte produzirá. Além disso, o capital novo é do tipo mais exigente em rendimento. Isso sem falar nos custos de emissão que poderiam ser evitados (receita dos bancos de investimento). A estratégia usual das empresas frente à demanda com projetos novos e rentáveis é financiar esses projetos de longo prazo com emissão de títulos de renda fixa. Por que a WEG mantem a estrutura de capital quase que totalmente desalavancada com credores de renda fixa?

A análise econômica das demonstrações contábeis explica esse comportamento? Vamos aos dados apresentados na Figura 1, a seguir.

Figura 1. Análise econômica das demonstrações contábeis trimestrais.

A maior surpresa da análise é encontrar um retorno do investidor de renda variável (RSPL) muito baixo, quase sempre foi inferior a SELIC. A média dos RSPL de todos os trimestres foi de 1,18% a.t., muito inferior à Selic média que foi de 1,81%. Toda a festa sobre o lucro da WEG foi por conta de uma melhoria do RSPL de 0,9% para 1,2% ao trimestre, isso para uma Selic da ordem de 3%. O ROI médio de todos os trimestres foi de 1,19%, o ROI foi quase sempre igual ao RSPL porque a empresa é quase totalmente desalavancada com credores de renda fixa.

As manchetes apenas falam em lucro nominal (1,7bi), um crescimento de 46,2% e “a campeã voltou?”. Esse tipo de informação induz os investidores a acreditarem que a empresa tem um desempenho superior, uma seleção de informação divulgada que poderia levantar suspeita de manipulação. Quando os números nominais são transformados em taxas, a verdade vem à luz e a realidade ruim do desempenho operacional financeiro para o acionista da empresa fica evidente. Fique claro que esses resultados ruins não tiram o brilho das qualidades tecnológicas do negócio. Traduzindo: o preço está caro.

Se a empresa emitisse debentures, o custo seria de mercado, o spread financeiro seria fortemente negativo e mostraria para a sociedade a verdade sobre o desempenho que a empresa produz para os acionistas. Seria esse um bom motivo para a empresa ficar longe do mercado de renda fixa? Hoje o spread financeiro já é negativo, acontece que seu efeito é inexpressivo em razão da virtual ausência de dívidas de renda fixa.

Os analistas que só se preocupam com a liquidez recomendam a WEG como uma entidade muito segura, pois os indicadores de solvência mostram a empresa com um baixíssimo endividamento (baixo risco financeiro de prazos), tal como ilustra a Figura 2 e trata da estrutura de capital.

Figura 2. Evolução da estrutura de capital

O que se pode esperar das ações da WEG?

Os preços correntes das ações refletem uma mistura do desempenho do passado com expectativas sobre o que se espera no futuro. No caso da WEG, a sustentação dos preços das ações pode ser explicada por dois elementos subjetivos: expectativa de redução da taxa de juros no futuro e expectativas de lucros futuros crescentes. São elementos subjetivos porque dependem de como os agentes esperam que essas variáveis se comportem no futuro.

O problema revelado pela análise econômica das demonstrações contábeis sobre a WEG é que a rentabilidade dos lucros operacionais não é crescente o suficiente para justificar os preços atuais.

Outra expectativa que justificaria os preços atuais seria o mercado esperar uma enorme redução das taxas de juros, uma diminuição do atual nível para algo como 4% ao ano.

Maomé ordenou, assim, que o monte Safa viesse até ele. Como o monte não se deslocou, o profeta foi ele mesmo até à montanha.

Quando os agentes do mercado se convencerem de que a realidade operacional da WEG é incapaz de gerar lucros futuros muito maiores que os atuais e que não há perspectiva de uma substancial redução de juros, certamente haverá uma correção dos preços. A rentabilidade será ajustada reduzindo-se o valor do investimento, em especial pela redução do patrimônio líquido avaliado a mercado.

A Figura 3 a seguir mostra que o patrimônio líquido a mercado já proporcionou uma enorme valorização entre 2018 e 2021. Hoje o valor de mercado do patrimônio líquido é oito vezes maior que o valor contábil.

Por exemplo, para que o ROI e RSPL alcançassem o rendimento da Selic do 4T23, o valor de mercado do patrimônio líquido precisaria sofre uma queda de substancial, algo como perder 57% do valor de mercado da data do balanço.

AJUSTES NOS CÁLCULOS DOS INDICADORES

No cálculo dos indicadores econômicos foram realizados alguns ajustes para que se produzissem números coerentes com a realidade do mercado financeiro. Os ajustes foram os seguintes:

  1. Uso de alíquota aparente de tributos sobre o lucro correspondente à média de todos os trimestres.

  2. Reclassificação de receitas e despesas financeiras para cálculo do ROI.

Um pouco de teoria sobre a análise econômica das demonstrações contábeis e as explicações detalhadas dos ajustes encontram-se na análise anterior (3T23).

Encontre dados avançados sobre a Weg e outras ações do mundo inteiro com o InvestingPro. Para um desconto especial, use o cupom INVESTIR para as assinaturas anuais e de 2 anos do Pro e Pro+

BASE DE DADOS DOS GRÁFICOS

Últimos comentários

Ito Invest, A análise econômica das demonstrações contábeis não utiliza a informação da integralização de capital futura. Isso é irrelevante. Por isso digo que os números da WEG continuam ruins. Por que a WEG não se financia com renda fixa? O ROI e o RSPL de mais de 20 trimestres foi por volta de 1% ao trimestre, Selic média do mesmo período foi de 1,81%. Como que os preços se sustentam com uma rentabilidade tão baixa? Juros cairão? Lucros aumentarão?
Dizer que os números continuam ruins é insistir no erro. Nossa....
Errei sim na interpretação da integralização de capital. Mas esse era apenas um gancho para mostrar os resultados da análise. Os números da WEG continuam ruins, mesmo excluindo esse assunto.
O analista nao entendeu o comunicado da WEG. O aumento de capital vai ser feito com a incorporação de reserva de lucro, e portanto, nao haverá diluição nem qualquer custo adicional.
Muito boa análise, céu de brigadeiro incorporado no preço. Obrigado por compartilhar.
Weg aumentará o capital SEM emissão de novas ações. Vai incorporar 1 bi de reservas. Lembrando que quanto maior o capital social, maior a possibilidade de financiar novos investimentos. E empréstimos como o último anunciado, perante o BNDES, com juros atrativos, valem muito a pena! Empresa está voando.
Por que ela já esteve há mais de R$40 e agora mesmo com esse lucro não chegou nem perto?
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.