🔥 Ações selecionadas por IA com InvestingPro Agora com até 50% de descontoGARANTA JÁ SUA OFERTA

EUA dizem que não renovarão alívio de sanções ao petróleo da Venezuela, a menos que haja progresso sobre eleição

Publicado 15.04.2024, 18:49
© Reuters. Presidente venezuelano, Nicolás Maduro
04/12/2023
REUTERS/Leonardo Fernandez Viloria
USD/VES
-

Por Daphne Psaledakis, Marianna Parraga e Matt Spetalnick

WASHINGTON/HOUSTON, 15 Abr (Reuters) - Os EUA não renovarão uma licença temporária que expirará na quinta-feira que havia amplamente aliviado sanções contra o setor de petróleo e gás da Venezuela, segundo um porta-voz do Departamento de Estado, a menos que o presidente Nicolás Maduro faça progressos em compromissos para realizar eleições justas e livres neste ano.

Os EUA estão preocupados com o processo eleitoral da Venezuela e com o que consideram ser o fracasso de Maduro em cumprir sua principal promessa sobre as eleições presidenciais de 28 de julho.

“Se não houver progresso de Maduro e seus representantes na implementação das provisões do plano de ação, os Estados Unidos não renovarão a licença quando ela expirar em 18 de abril de 2024”, afirmou o porta-voz nesta segunda-feira.

O governo Biden tem pouca esperança de que Maduro fará concessões suficientes antes do prazo de quinta-feira para satisfazer as demandas dos EUA. Autoridades norte-americanas e venezuelanas se reuniram secretamente no México na última terça-feira, mas uma fonte com conhecimento das conversas afirmou que pouco ou nenhum progresso foi alcançado para diminuir as divergências.

A não renovação da atual licença não descartaria a possibilidade de os EUA emitirem uma nova e mais restritiva licença para substituí-la.

A empresa petrolífera estatal da Venezuela, PDVSA, disse que está preparada para qualquer cenário, incluindo o retorno das sanções totais ao petróleo.

© Reuters. Presidente venezuelano, Nicolás Maduro
04/12/2023
REUTERS/Leonardo Fernandez Viloria

Assessores do presidente dos EUA , Joe Biden, ainda estão discutindo uma série de opções antes do vencimento da licença temporária dos EUA que permitiu à Venezuela vender livremente seu petróleo bruto, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

A administração Biden está determinada a punir o governo de Maduro de alguma forma e está deliberando sobre até onde ir na retirada do alívio das sanções, embora se espere que não haja um retorno total à política de "pressão máxima" da era Trump.

(Reportagem de Daphne Psaledakis e Matt Spetalnick em Washington, Marianna Parraga em Houston, Julia Symmes Cobb em Bogotá e Vivian Sequera em Caracas)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.