⌛ Perdeu a alta de 13% da ProPicks em maio? Assine agora e receba mais cedo as ações de Junho.Desbloquear ações

EUA dizem que Índia escondeu origem russa de combustível enviado a NY, segundo BC indiano

Publicado 13.08.2022, 16:06
© Reuters.
CL
-

Por Nidhi Verma

NOVA DÉLHI (Reuters) - Os Estados Unidos têm expressado preocupação à Índia de que o país está sendo usado para exportar combustível feito a partir de petróleo russo para Nova York, por meio de transferências em alto mar para esconder sua origem, violando as sanções dos EUA, disse importante autoridade do banco central indiano neste sábado.

O Departamento do Tesouro dos EUA disse à Índia que um navio indiano pegou petróleo de um navio-tanque russo em alto mar e o levou para um porto em Gujarat, na costa oeste da Índia, onde foi refinado e transportado, segundo o vice-presidente do banco central indiano, Michael Patra.

As sanções norte-americanas a Moscou por sua invasão da Ucrânia em fevereiro proíbem a importação de produtos energéticos de origem russa para os EUA, incluindo petróleo bruto, combustíveis refinados, destilados, carvão e gás.

"A produção refinada foi colocada de volta naquele navio e partiu sem destino. No meio do mar recebeu o destino para que alcançasse em seu curso, foi para Nova York", disse Patra durante um evento para comemorar os 75 anos de independência da Índia.

A embaixada dos EUA em Nova Délhi disse não ter comentários imediatos.

Os comentários de Patra são a primeira referência pública oficial da Índia a essas preocupações dos EUA. Délhi não aderiu às sanções contra a Rússia, nem condenou o que Moscou chama de "operação militar especial" na Ucrânia.

Patra disse que foi informado de que o petróleo russo foi processado e convertido em um destilado usado para fazer plástico de uso único. Ele não identificou a embarcação ou refinaria indiana.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.