Libere dados premium: até 50% de desconto InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

Por que este metal não para de subir? Morgan Stanley explica

Publicado 21.05.2024, 13:46
HG
-
MCU
-

Investing.com – Analistas do Morgan Stanley (NYSE:MS) destacaram em uma nota recente que os preços do cobre podem enfrentar volatilidade no curto prazo, após atingirem recordes de alta recentemente. No entanto, a perspectiva para o restante do ano continua positiva para o metal vermelho.

LEIA TAMBÉM: Cobre atinge nível recorde com pouca oferta e cobertura de posições vendidas

O aumento nos preços do cobre foi impulsionado por uma sólida combinação de fundamentos de oferta e demanda, juntamente com operações especulativas de grande escala, levando-o a alcançar máximas históricas.

Com a crescente demanda por energias renováveis e processos de eletrificação, a expectativa é que a demanda por cobre continue a subir nos próximos meses. Contudo, as minas de cobre podem não conseguir acompanhar esse aumento na demanda, o que tem sido um dos principais motores para os recentes ganhos do metal. Isso também desencadeou um "aperto" (cobertura) nas posições vendidas na Comex, contribuindo para a alta nos preços.

O contrato futuro do cobre com vencimento mais próximo na Bolsa de Metais de Londres (LME) alcançou um recorde de US$ 11.101,50 por tonelada na segunda-feira, 20.

No entanto, houve uma queda significativa na cotação do metal vermelho na terça, em relação a esses recordes, e os analistas da Morgan Stanley alertam para mais volatilidade nos preços após os ganhos rápidos.

Ainda assim, a previsão é que o cobre continue se valorizando em 2024, com uma projeção otimista de US$ 13.125 por tonelada e um cenário básico de US$ 10.500 por tonelada para o cobre da LME.

Os analistas também observaram que o mercado físico de cobre está mais apertado do que o previsto inicialmente, especialmente com os baixos estoques nos EUA e os crescentes embarques da China.

A demanda crescente por recursos de inteligência artificial e a consequente necessidade de energia também devem estimular a procura por cobre, que é essencial na infraestrutura de transmissão de eletricidade.

"Continuamos otimistas com o cobre, pois os persistentes gargalos de fornecimento aumentam nosso déficit projetado para 2024, que deve se estender até 2025. A demanda e os ventos favoráveis de data centers e da inteligência artificial também devem fomentar o aumento de posições compradas", acrescentaram os analistas da Morgan Stanley.

A China, maior importador mundial de cobre, deverá ver uma recuperação econômica em 2024, apoiada pelo estímulo de Pequim. Este cenário deve aumentar o apetite do país pelo cobre, embora a fraqueza no mercado imobiliário possa limitar essa demanda.

***

Quer alavancar suas estratégias com ações de produtores de cobre?

Então venha para o InvestingPro! Ao se tornar membro do InvestingPro, você tem acesso a recursos como:

  • ProPicks: Portfólios de ações gerenciados por IA, com resultados comprovados.

  • ProTips: Dicas rápidas e diretas para descomplicar informações financeiras complexas.

  • Filtro avançado de ações: Encontre as ações que melhor atendem às suas expectativas com base em centenas de métricas financeiras.

  • Navegação turbo: as páginas do Investing.com carregam muito mais rápido, sem qualquer anúncio.

  • Dados financeiros de nível institucional para milhares de ações: Ideal para investidores que desejam fazer suas próprias avaliações em detalhe.

  • Além de muitos outros serviços que serão incorporados em breve!

Aproveite tudo isso com um desconto a mais nos planos de 1 ou 2 anos do Pro e Pro+. Insira o código OFERTAPRO e aproveite!

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.