Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira

Publicado 28.02.2024, 05:34
Atualizado 28.02.2024, 07:57
© Reuters

Por Scott Kanowsky e Jessica Bahia Melo

Investing.com – Os principais índices futuros das ações dos EUA recuavam antes da abertura das Bolsas em Nova York nesta quarta-feira, 28, na expectativa pela divulgação de importantes dados econômicos.

Em Wall Street, os investidores esperam que a Salesforce registre uma receita trimestral recorde, graças ao impulso da inteligência artificial na divisão de nuvem de dados do grupo de software.

Ainda no ambiente corporativo norte-americano, Elon Musk afirma que a Tesla terminou o projeto de produção de seu novo Roadster, acrescentando que a gigante dos veículos elétricos espera começar as entregas do carro elétrico em 2025.

No Brasil, o destaque fica para o lucro bilionário da XP.

CONFIRA: Calendário Econômico do Investing.com

1. Futuros dos EUA caem; expectativa para balanço da Salesforce

Os futuros de ações americanas indicam uma abertura em queda, com os participantes do mercado aguardando uma série de indicadores econômicos do país, que podem influenciar o cronograma de possíveis cortes na taxa de juros do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) este ano.

Às 7h50 (horário de Brasília), o contrato futuro do Dow Jones estava em queda de 0,33%, o S&P 500 futuro recuava 0,30% e o Nasdaq 100 futuro diminuía 0,42%.

Os principais índices tiveram um desempenho misto na sessão anterior, com o foco voltado para a divulgação, na quinta-feira, do índice de preços de despesas de consumo pessoal (PCE, na sigla em inglês) de janeiro, um importante indicador de inflação.

Os investidores têm acompanhado a recuperação do mercado de ações, impulsionada pelo crescente entusiasmo com as aplicações de inteligência artificial, que levou o S&P 500 e o Dow Jones Industrial Average a níveis recordes. No entanto, com a diminuição do fluxo de lucros corporativos, a atenção está voltando para os dados econômicos e o possível caminho a seguir para os custos de empréstimos dos EUA.

Embora a economia em geral tenha se mostrado resiliente diante das altas taxas de juros, um arrefecimento nas pressões inflacionárias mostrou sinais de estagnação - uma tendência que levou várias autoridades do Fed a indicar que não há pressa em reduzir as taxas de juros, que estão em níveis máximos há mais de duas décadas.

Após uma série de relatórios de sucesso de algumas das maiores empresas americanas nas últimas semanas, a temporada de lucros trimestrais está gradualmente diminuindo.

Os destaques dos balanços de quarta-feira serão o grupo de software Salesforce (NYSE:CRM), que deve revelar seus últimos resultados após o fechamento do mercado.

A expectativa é que a receita atinja um recorde de US$9,22 bilhões, ajudando a empresa com sede na Califórnia a retornar ao lucro no quarto trimestre, após ter registrado um prejuízo devido a encargos de reestruturação no mesmo período do ano anterior.

A unidade de nuvem de dados da Salesforce também pode estar no centro das atenções, com os analistas interessados em descobrir se um impulso para incorporar cada vez mais a IA em seus produtos e serviços tem apoiado a demanda dos clientes.

ANÁLISE: Salesforce é a próxima queridinha da IA? Receita irá dizer

Ainda no front corporativo, a rede de lojas de departamentos de baixo custo TJX Companies (NYSE:TJX) e o grupo farmacêutico Viatris devem apresentar relatórios antes da abertura do mercado.

2. Próxima geração do Roadster da Tesla será lançado em 2025

Elon Musk, CEO da Tesla (NASDAQ:TSLA), anunciou na quarta-feira que a empresa concluiu o projeto de produção de uma atualização muito aguardada para seu carro esportivo elétrico Roadster, acrescentando que provavelmente será lançado a partir do próximo ano.

Em uma série de postagens no site de mídia social X, do qual Musk também é proprietário, ele disse que a Tesla pretende lançar o Roadster até o final de 2024.

Musk disse que a Tesla havia "aumentado radicalmente as metas de design" para o próximo modelo, que originalmente estava previsto para ser lançado em 2020. Ele também disse que o novo veículo estava sendo desenvolvido em colaboração com a SpaceX.

ACOMPANHE: Cotação das ações dos EUA na pré-abertura em Wall Street

3. Pedido de liquidação pressiona ações da construtora chinesa Country Garden

O setor imobiliário chinês em Hong Kong sofreu uma queda na quarta-feira, diante do aumento do risco de um colapso do mercado, após a Country Garden (HK:2007) ser alvo de um pedido de liquidação.

A construtora em crise liderou as perdas entre as concorrentes, recuando 6,7% e se aproximando do patamar de ações de centavos, depois que a Ever Credit Ltd solicitou a liquidação da empresa por causa de uma dívida de HK$ 1,6 bilhão.

Outras construtoras também registraram baixas, com a Sunac China Holdings (HK:1918), a Longfor Properties Co (HK:0960) e a Logan Property Holdings (HK:3380) cedendo entre 3% e 9%. O Hang Seng index, mais abrangente, recuou 1,4%, influenciado principalmente pelas perdas no setor imobiliário.

A Country Garden Services Holdings (HK:6098) - uma subsidiária da construtora em dificuldades financeiras - foi a que mais caiu no Hang Seng, com uma desvalorização de 4,6%.

4. Petróleo recua

Os petróleo registraram uma leve queda no mercado europeu na quarta-feira, com os investidores atentos a um grande aumento semanal nos estoques dos EUA e a uma possível trégua entre Israel e o Hamas.

Os preços haviam registrado fortes altas na sessão anterior, após relatos da mídia indicarem que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados - um grupo conhecido como OPEP+ - poderiam manter seu atual ritmo de cortes de oferta até o final de 2024, restringindo os suprimentos globais.

Mas os preços do petróleo bruto ainda permaneceram dentro de uma faixa de negociação de US$ 75 a US$ 85 estabelecida até agora em 2024, já que o entusiasmo com as notícias da OPEP+ foi ofuscado por dados do setor que mostram um aumento expressivo nos estoques de petróleo dos EUA.

Os preços do petróleo Brent com vencimento em abril recuaram 0,99%, para US$81,84 por barril, enquanto os futuros do petróleo bruto West Texas Intermediate recuaram 1,10%, para US$78,00 por barril.

O petróleo também foi impactado pela valorização do dólar, com os mercados se preparando para os dados do índice de preços PCE desta semana.

LEIA MAIS: Petróleo: Principal driver de preço deste ano é demanda, segundo este especialista

5. XP Investimentos reporta lucro bilionário

A XP Investimentos (NASDAQ:XP) reportou nesta terça-feira lucro líquido contábil de R$1,04 bilhão no quarto trimestre do ano passado, uma expansão de 33% em relação ao mesmo período de 2022. No acumulado de 2023, o lucro líquido atingiu R$3,9 bilhões, um acréscimo de 9% ano a ano, em linha com o guidance, que ia de R$3,8 bilhões a R$4,4 bilhões.

A receita líquida da XP (BVMF:XPBR31) somou R$4,046 bilhões no trimestre, um incremento de 27% em relação ao período de outubro a dezembro do ano anterior. Em doze meses, a receita totalizou R$14,860 bilhões, alta de 11%.

O retorno sobre o patrimônio líquido anualizado (ROAE) no quarto trimestre de 2023 foi de 21,1%, ante 18,1% no 4T22. Além disso, o número de clientes ativos nos últimos três meses do ano passado alcançou 4,531 milhões, uma melhora anual de 17%.

“Este ano foi uma prova da nossa resiliência, agilidade e da força duradoura do nosso modelo de negócios”, destacou a XP em release de resultados.

Às 7h50 (de Brasília), o ETF (NYSE:EWZ) perdia 0,32% na pré-abertura.

***

Você investe no mercado de ações? XP, Tesla, Salesforce ou qual seu papel preferido? Quando e como entrar ou sair?

Use o código INVESTIR e ganhe um desconto adicional de 10% na sua assinatura de um ou dois anos dos planos Pro e Pro+ 2 anos do InvestingPro.

Com a plataforma, você terá acesso a:

  • ProPicks: carteiras de ações gerenciadas por IA com desempenho comprovado.
  • ProTips: informações fáceis de entender para simplificar dados financeiros complexos em poucas palavras.
  • Filtro avançado de ações: Encontre as melhores ações com base em suas expectativas, levando em consideração centenas de métricas financeiras.
  • Dados financeiros históricos para milhares de ações: Para que os próprios profissionais de análise fundamentalista possam se aprofundar em todos os detalhes.
  • E muitos outros serviços, sem falar daqueles que pretendemos adicionar em breve.

Faça parte da revolução do mundo dos investimentos! Não esqueça de usar o cupom INVESTIR na hora de finalizar a compra!

Últimos comentários

XP maldito ,como sempre lucro bilionário e em cima dos pequenos ,tanto que foi processada , falando aos clientes, lucros fantasiosos que nunca existiu,pilantras , bandidos vão arder no inferno !!!
O governo vai promover o consumo nesse e no próximo ano como forma de fazer crescer o PIB, inclusive criando linhas de crédito mais acessíveis para a população em geral. Ações como BHIA3, MGLU3, QUAL3 e LREN3 tendem a serem beneficiadas.
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.