Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira

Economia 24.06.2022 08:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters

Por Peter Nurse e Ana Beatriz Bartolo

Investing.com - Wall Street caminha para um fechamento positivo da semana, quebrando uma corrida negativa de três semanas, antes da divulgação do amplamente observado índice de confiança do consumidor de Michigan. Os líderes da União Europeia (UE) continuam sua cúpula em meio a dificuldades econômicas.

Pesquisas eleitorais podem fazer o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) a gastar mais em busca de popularidade. O mercado de petróleo aguarda com expectativa a reunião da OPEP + da próxima semana.

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na sexta-feira, 24 de junho.

CONFIRA: Calendário Econômico do Investing.com

1. Os investidores digerem os comentários de Powell

Os investidores aproveitarão este último dia da semana para analisar o testemunho do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, ao Congresso, enquanto estudam os dados mais recentes sobre o estado da economia dos EUA.

Powell deixou claro o compromisso do banco central em conter a alta inflação, chamando-o de "incondicional", mesmo reconhecendo que as taxas de juros acentuadamente mais altas necessárias para isso podem aumentar o desemprego e aumentar os riscos de uma recessão.

Os dados econômicos de sexta-feira incluem vendas de casas novas para maio às 11h, que deve mostrar uma ligeira desaceleração, e o índice de sentimento do consumidor de Michigan para junho.

Analistas esperam que o número de junho de Michigan seja 50,2, o que estaria em linha com o mês anterior. O índice de sentimento empresarial Ifo alemão caiu em maio, com o aumento dos preços da energia e a ameaça de escassez de gás perturbando as empresas na maior economia da Europa, e a confiança do consumidor no Reino Unido caiu para um nível recorde.

CONFIRA: Projeção da taxa de juros do Federal Reserve nas próximas reuniões

2. Reunião da UE continua

Os líderes da União Europeia continuam sua cúpula na sexta-feira, um dia depois de terem tomado a decisão histórica de conceder à Ucrânia, assim como à Moldávia, o status de candidato no caminho para a adesão ao bloco.

Com essa questão potencialmente espinhosa fora do caminho, a conversa provavelmente se voltará mais para a situação econômica em que o bloco se encontra, com a inflação subindo e a probabilidade de uma recessão aumentando.

Comentários de Luis de Guindos, vice-presidente do BCE, às 10h30, serão cuidadosamente estudados depois que os formuladores de políticas do banco central abriram o caminho para um aumento da taxa de juros no próximo mês.

Uma pesquisa da Reuters mostrou que todos, exceto dois, dos 55 economistas esperavam que o BCE entregasse um aumento de 0,25 ponto percentual em 21 de julho para -0,25%, e 50 dos 55 esperavam que ele subisse sua taxa básica em 50 pontos base em setembro, levando o taxa de depósito fora do território negativo para 0,25%.

CONFIRA: Cotação das principais taxas de câmbio

3. Bolsonaro briga pela reeleição

A mais recente pesquisa eleitoral do DataFolha, divulgada nesta quinta-feira, 23, apontou que a distância entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua grande. O petista tem 47% das intenções de votos, sendo 53% dos votos válidos, o que levaria a uma vitória do petista já no primeiro turno. Bolsonaro aparece em segundo lugar na pesquisa, com 28% das intenções de votos (32% dos votos válidos).

A 100 dias das eleições, o risco de perder o pleito pode levar o presidente a intensificar o uso da máquina pública a seu favor. Ontem, Bolsonaro sancionou a lei aprovada pelo Congresso que limita a 17% a cobrança do ICMS sobre combustíveis, energia, transporte coletivo e comunicações. O objetivo é tentar reduzir a inflação que esses itens causam para a população geral e, como consequência, aliviar parte do descontentamento dos eleitores com o governo com o elevado preço dos combustíveis.

Bolsonaro manteve o gatilho para compensação dos Estados que perderem mais de 5% de arrecadação com tributo, mas vetou algumas das regras da compensação aos Estados não endividados.

Sobre os R$ 29,6 bilhões que estavam destinados a amenizar as perdas de Estados que zerassem o ICMS sobre diesel, gás de cozinha e gás natural até o fim do ano, Bolsonaro agora planeja utilizar o valor para expandir o Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600 e também para oferecer um voucher de R$ 1 mil aos caminhoneiros. As duas propostas seriam válidas até o final de 2022, quando termina o mandato do governo.

Às 08h09, o ETF (NYSE:EWZ) subiam 2,21%, a US$ 27,74, no pré-mercado americano. Além disso, o mercado também aguarda pela divulgação do IPCA-15 de junho, que deve ser divulgado às 9h, uma prévia do nível de preços do país neste mês.

Já as BDRs da Petrobras (SA:PETR4) avançavam 1,08% a US$ 11,22 no pré-mercado, enquanto as da Vale (SA:VALE3) subiam 0,57% a US$ 14,00.

CONFIRA: Cotação das ações brasileiros

4. Ações dos EUA com abertura em alta

Os mercados de ações dos EUA devem abrir em alta na sexta-feira, devendo registrar uma rara semana positiva durante esses tempos turbulentos.

Às 08h10, os futuros da Nasdaq 100 avançavam 0,88%, enquanto os da S&P 500 e da Dow Jones subiam 0,74% e 0,65%, respectivamente.

Todos os três índices de caixa estão a caminho de quebrar sequências de três semanas de perdas, com o Dow Jones Industrial Average de primeira linha subindo 2,6% até agora esta semana, o S&P 500 de base ampla 3,3% mais alto e o Nasdaq Composite avançando 4%.

As ações que provavelmente estarão em foco incluem a FedEx (NYSE:FDX) (SA:FDXB34), depois que a empresa de transporte, amplamente considerada como uma referência das compras on-line e da economia remota em geral, impressionou com seu resultado trimestral após o fechamento de quinta-feira. A Carnival (NYSE:CCL) (SA:C1CL34) também divulgará seu último balanço trimestral, em meio a sinais de que as viagens de verão estão aumentando.

CONFIRA: Cotação em tempo real das ações dos EUA no pré-mercado em Wall Street

5. Petróleo tende para queda semanal

Os preços do petróleo bruto subiram com o sentimento de risco na sexta-feira, mas o mercado está caminhando para sua primeira perda semanal consecutiva desde o início de abril por temores de que o aperto monetário agressivo desacelere o crescimento global, pesando sobre a demanda.

Às 08h13, os futuros de petróleo nos EUA subiam 1,72%, a US$ 106,06 o barril, enquanto os de Brent avançam 1,53%, a US$ 111,73. Ambos os benchmarks estão a caminho de perdas semanais de mais de 2%

As atenções se voltarão rapidamente para a reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados na próxima semana para discutir os níveis de produção do grupo.

Espera-se que o cartel, conhecido como OPEP +, mantenha seu plano de aumentar a produção em 648.000 barris por dia em julho e na mesma quantidade em agosto, apesar dos planos do presidente dos EUA, Joe Biden, de visitar a Arábia Saudita, o líder de fato do grupo, para defender preços mais baixos do petróleo.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (101)
fl morais
fl morais 25.06.2022 8:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Bolsonaro é tão incompetente que faz com que um governo que foi corrupto pareça melhor que o dele. Tiraram o Doria da disputa para garantir uma boquinha no próximo governo e colocaram a inexpressiva Tebet. O Brasil está lascado mesmo!
Juliana Katz Lang
Juliana Katz Lang 25.06.2022 7:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nunca na história desse país tivemos uma corrupção sem nem um caso de governo ! kkkkkkk kkkkkkk
Juliana Katz Lang
Juliana Katz Lang 25.06.2022 7:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Os bozocanalhas também entendem de bandidos, milicianos, corruptos... Não são contra a corrupção. Só são contra a corrupção dos outros. Na corrupção do bozonazi o governo é ZERO! kkkkkkk kkkkkkk
Juliana Katz Lang
Juliana Katz Lang 25.06.2022 7:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Perece que 70% dos eleitores já tem o voto cristalizado ou em um corrupto ou em um corrupto/incompetente/genocida. A esperança está nos outros 30% que podem não se associar aos ptcanalhas e bozocanalhas.
Alex Marques
Alex Marques 24.06.2022 23:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro está destruindo o Brasil.Paulo Guedes parece que nunca estudou economia na vida.
Celso Gavea
Celso Gavea 24.06.2022 22:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro reeleito. Pesquisas sem valor algum.
Claudio Lozinsky
Claudio Lozinsky 24.06.2022 22:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acéfalo idiota!!!!!!
Juliana Katz Lang
Juliana Katz Lang 24.06.2022 22:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Realmente, as "pesquisas" da jovem passa pan o não tem valor algum.. kkkkkkk kkkkkkk
Luiz Eduardo Martins Da Silva
Luiz Eduardo Martins Da Silva 24.06.2022 18:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Partiu R.A.T.A.N.ABÁ👽👽👽👽👽
Geraldo R Silva
LeoMoreira 24.06.2022 18:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Contagem regressiva para livrar nos do Bozo .. 100 dias ... kkk
Geraldo R Silva
LeoMoreira 24.06.2022 18:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A bozolandia ainda não aprendeu... não eh só o Datafolha que está indicando vitória do Luladrao... são todos as pesquisas são unânimes... não adianta os bozopatas espernearem... kkkkk
Mannt Neumann
Mannt Neumann 24.06.2022 17:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se for somar o auxlio eleitoreiro, vale gás, auxilo estadual, cesta básica e outras mediadas populistas, definitivamente não vale a pena assinar carteira para ganhar salário mínimo. O populismo corrupto vai acabar quebrando o Brasil!!! No momento, a arrecadação esta alta por conta da disparada das commodities e inflação galopante, quando voltar a normalidade, estamos fu....
Geraldo R Silva
LeoMoreira 24.06.2022 17:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A arrecadação esta alta mas a divida postergada vai estar mais alta ainda.... vide o que fizeram com os precatorios... estamos mesmo fu...
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail