Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Inflação recuará menos do que se pensa, defende economista; entenda

Publicado 10.11.2023 17:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters
 
GS
+0,13%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ALVG
+0,96%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Investing.com – Apesar de a inflação ter recuado nos últimos meses, alguns já consideram que a guerra contra a alta dos preços está vencida. Outros pedem cautela, entretanto, alertando que o retorno à normalidade ainda demorará um bom tempo.

Essa é, em particular, a visão defendida por Mohamed El-Erian, economista-chefe da Allianz (ETR:ALVG), em uma entrevista concedida ontem à Bloomberg.

O economista chamou a atenção para as projeções econômicas mais otimistas de Wall Street, com a do Goldman Sachs (NYSE:GS), prevendo uma forte desinflação e riscos de recessão limitados em 2024, mas ele se mostra mais moderado.

“Eu acho que teremos mais desinflação nos números globais, e que será uma desinflação bastante forte. Eu não concordo com eles sobre a ideia de que a inflação básica vai atingir 2%. Acredito que o núcleo dos índices nos próximos dois anos estará mais próximo de 3%… Temos problemas reais do lado da oferta que vão se manifestar ao longo de vários anos”, afirmou.

Ele mencionou ainda vários fatores que podem manter os preços em um nível alto a longo prazo, como a formação de “rachaduras” na economia mundial, as persistentes perturbações na cadeia de abastecimento devido à pandemia e a transição das empresas para energias verdes.

“Tudo isso é inflacionário. Isso não vai desaparecer tão cedo”, complementou.

Por fim, vale notar que o próximo índice de inflação dos EUA está previsto para terça-feira, com destaque para o IPC, que deve permanecer estável em 4,1% para o núcleo, segundo o consenso.

Inflação recuará menos do que se pensa, defende economista; entenda
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Anderson Andrade
Anderson Andrade 12.11.2023 13:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lixo, só de falar : entenda pq um certo economista disse . .kkkk parece coisa de amador
Cleverson Ferreira
Cleverson Ferreira 11.11.2023 12:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mat Newman
Mat Newman 11.11.2023 9:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O gado adora teorias apocalípticas w sempre torce pelo pior. Seu Ladrão de estimação depende do caos para enganar um gado totalmente imbecilizado
Cesar Cury
Cesar Cury 11.11.2023 9:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O cidadão fala em ladrão (Bolsonaro), que ainda não teve julgamento em primeira e segunda instâncias e nem no STJ... já o nine....
Fernando Borelli
Fernando Borelli 10.11.2023 18:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Análise boa mas muito conservadora pois a inflação deverá acelerar. Estamos com decisões econômicas semelhantes às adotadas na Argentina e vemos lá a inflação já atingir 140% aa. Infelizmente!
Sydney Urbach
Sydney Urbach 10.11.2023 18:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Comentário de gente sem noção.
Gilberto Carmo
Gilberto Carmo 10.11.2023 18:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ah, mandem ele catar coquinho na ladeira!!!
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail