Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Moedas: dólar oscila ante outras divisas principais, com dados e postura de BCs

Publicado 06.04.2023 14:07 Atualizado 06.04.2023 17:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Moedas: dólar oscila ante outras divisas principais, com dados e postura de BCs
 
GBP/USD
+0,18%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
JPY/USD
-0,10%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/BRL
+0,08%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
EUR/USD
+0,06%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
INR/USD
-0,07%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
DXY
-0,03%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

O dólar mostrou volatilidade nesta quinta, 6, em relação a outras moedas principais. A divisa dos Estados Unidos ganhou algum fôlego, em meio à publicação de dados, mas devolveu ganhos adiante no dia, em quadro mais amenos nos mercados financeiros em geral. Além disso, declarações de dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) foram monitoradas.

No fim da tarde em Nova York, o dólar subia a 131,82 ienes, o euro tinha alta a US$ 1,0925 e a libra recuava a US$ 1,2444. O índice DXY, que mede o dólar ante uma cesta de moedas fortes, registrou baixa de 0,03%, a 101,822 pontos, com recuo de 0,67% nesta semana.

No início do dia, foi informado que a produção industrial da Alemanha avançou 2,0% em fevereiro ante janeiro, quando analistas consultados pelo Wall Street Journal previam estagnação. O euro esteve apoiado nas primeiras horas, com ganhos frente ao dólar, após o dado alemão que, para o ING, significou que provavelmente o país evitou uma recessão técnica durante o inverno local. Entre dirigentes do Banco Central Europeu (BCE), o economista-chefe Philip Lane disse que a decisão de juros de maio depende de fatores ligados à inflação, em análise ainda a ser concluída e, com isso, ele evitou se comprometer com anúncios prévios.

Nos EUA, os novos pedidos de auxílio-desemprego recuaram 18 mil na semana, a 228 mil, ante previsão de 200 mil dos analistas. Houve, porém, revisão significativa do dado da semana anterior, de 198 mil a 246 mil solicitações. Para o Citi, o nível dos pedidos "ainda não é muito preocupante", com o mercado de trabalho ainda em nível forte no curto prazo, mas tendência de perda de fôlego mais adiante.

Entre os dirigentes do Fed, James Bullard (St. Louis) reafirmou o compromisso com o aperto monetário em andamento, para colocar pressão de baixa na inflação. O dirigente ainda avaliou de modo positivo a resposta oficial às turbulências bancárias recentes, mas disse que reguladores poderiam ainda adotar mais medidas, caso necessário. No monitoramento do CME Group, havia bastante equilíbrio entre os dois desfechos prováveis para a próxima decisão do Fed, em 3 de maio, entre manutenção dos juros ou alta de 25 pontos-base.

Entre moedas emergentes em foco, o dólar caía a 81,8250 rupias indianas. O BC da Índia decidiu manter a taxa básica de juros em 6,50%, quando analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam alta de 25 pontos-base. O Wells Fargo (NYSE:WFC) viu alguns elementos hawkish na comunicação do BC indiano, e espera agora que ele mantenha os juros ao longo do terceiro trimestre deste ano, para começar a cortá-lo nos últimos três meses de 2023.

Moedas: dólar oscila ante outras divisas principais, com dados e postura de BCs
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail