Últimas Notícias
Investing Pro 0
PROMOÇÃO prorrogada Cyber Monday: Até -60% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

Movimento pró-democracia em São Paulo catalisa reação a ataques de Bolsonaro às urnas

Carteiras 11.08.2022 14:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Multidão acompanha leitura de manifesto em defesa da democracia na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo 11/08/2022 REUTERS/Amanda Perobelli

Por Lisandra Paraguassu

SÃO PAULO (Reuters) -Foi em um largo de São Francisco lotado, dentro e fora, que acadêmicos, estudantes, empresários, sindicalistas e representantes da sociedade civil apresentaram, nesta quinta-feira, no centro de São Paulo, a Carta em Defesa da Democracia e da Justiça, no mais significativo ato para responder aos seguidos ataques do presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), ao processo eleitoral e a outros Poderes e instituições.

Na mais ampla coalizão que visa dissuadir Bolsonaro de contestar os resultados das urnas, o encontro na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) reuniu nomes como o ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga, o empresário Horácio Lafer Piva, o ex-ministro da Justiça José Carlos Dias --um dos idealizadores da carta--, o ex-jogador de futebol Walter Casagrande e a cantora Daniela Mercury.

“Este não é manifesto partidário, é um momento em que a sociedade brasileira vem manifestar seu compromisso com o estado de direito e sobretudo com a soberania popular, que está sendo atacado de forma vil”, disse Oscar Vilhena, professor da Faculdade de Direito da Fundação Getúlio Vargas, outro dos idealizadores do documento.

Uma primeira carta, assinada por mais de 100 entidades, foi lida no salão nobre da faculdade, com discursos de sindicalistas, empresários e juristas.

“Precisamos preservar o que para nós é sagrado, que é a nossa democracia. Às vezes nos esquecemos que as sociedades mais prósperas, aquelas onde reina a liberdade, a solidariedade, a prosperidade são todas democracias”, disse Armínio Fraga.

O manifesto recebeu o endosso de entidades como a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) --ainda que apoiada apenas por 18 de seus mais de 100 filiados-- a Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo, e a Anistia Internacional, entre outros.

Do lado de fora da universidade, marchas organizadas pela União Nacional dos Estudantes (UNE) e Ordem dos Advogados do Brasil na seção São Paulo passavam enquanto os discursos eram feitos.

“Temos aqui a reunião de sindicalistas, empresários e movimentos sociais. Isso mostra que as eleições já têm um vencedor. Esse vencedor é o sistema eleitoral brasileiro. Esse vencedor é a legalidade do estado democrático de direito, o vencedor das eleições é o povo brasileiro”, disse o diretor da Faculdade de Direito da USP, Celso Fernandes Campilongo.

Em uma segunda parte do ato, nas arcadas do pátio da faculdade do Largo de São Francisco, centenas de pessoas ouviram a leitura da "Carta em Defesa da Democracia", com mais algumas centenas reunidas do lado de fora da instituição, assistindo ao ato por um telão.

O documento, que no início da tarde desta quinta-feira já tinha mais de 950 mil assinaturas --a expectativa é chegar a 1 milhão nas próximas horas-- afirma que "a estabilidade democrática, o respeito ao Estado de Direito e o desenvolvimento são condições indispensáveis para o Brasil superar os seus principais desafios".

“Todos que estão aqui hoje lutem contra apatia, contra o populismo, contra as ameaças. Lutem contra deixar de lado o melhor de nós mesmos, e pela democracia que só pode nos permitir reconhecer nossos erros e tratar de consertá-los”, disse o empresário Horário Lafer Piva, da gigante do papel Klabin (BVMF:KLBN11).

Apartidário, o ato reuniu poucos políticos entre as cerca de duas mil pessoas que participaram no pátio da universidade. Nenhum dos candidatos a presidente esteve presente, apesar do texto ter sido assinado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a senadora Simone Tebet (MDB) e por Ciro Gomes (PDT), entre outros. A intenção foi justamente deixar de fora o aspecto eleitoral do momento, poucas semanas antes do primeiro turno das eleições.

Nenhum político presente --estavam no ato o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), candidato ao governo de São Paulo; o ex-governador Márcio França (PSB), candidato ao Senado; a ex-ministra Marina Silva (Rede), candidata a deputada federal, entre outros-- foi chamado a discursar.

Mas, ao terminar a leitura da carta, os presentes puxaram um coro de “Fora, Bolsonaro”. Do lado de fora, o mesmo grito foi ouvido quando a cantora Daniela Mercury discursou para o público do balcão da faculdade.

Em sua conta no Twitter, o presidente não citou o movimento --ao qual tem chamado de “cartinha”--, mas usou a ironia ao escrever que “hoje aconteceu um ato muito importante em prol do Brasil e de grande relevância para o povo brasileiro”, para em seguida afirmar que se tratava da redução do preço do diesel pela Petrobras (BVMF:PETR4).

Medidas aprovadas a toque de caixa para baixar impostos e forçar a queda de combustíveis, além de novos e turbinados programas sociais, são a principal aposta do presidente para reduzir a distância do ex-presidente Lula, que lidera as pesquisas de intenção de voto.

A carta em defesa da democracia ganhou tração política graças aos seguidos ataques e alegações sem fundamento de Bolsonaro de que as urnas eletrônicas permitem fraudes -- algumas vezes em questionamentos apoiado pela cúpula militar. Ele já chegou a insinuar que não respeitará o resultado das eleições se não for o vencedor do pleito e, questionado seguidas vezes, recusa-se a responder se entregará o cargo em caso de derrota.

A coalizão cresceu depois do encontro de Bolsonaro com embaixadores de mais de 40 países em que o presidente atacou as urnas eletrônicas com alegações falsas, que levaram a reações de governos como dos Estados Unidos e do Reino Unido.

Nesta quinta-feira, são esperados ainda atos de rua em São Paulo e em diversas capitais também em defesa da democracia.

(Reportagem adicional de Eduardo SimõesEdição de Flávia Marreiro)

Movimento pró-democracia em São Paulo catalisa reação a ataques de Bolsonaro às urnas
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (36)
Max Bueno
Max Bueno 11.08.2022 21:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cobrar lisura e transparência agora é 'ataque' kkk. Esse é o maior espetáculo de cinismo e velhacaria que já vi em minha vida. Basta conferir quem assinou essa cartinha. O povo quer é liberdade e respeito à Constituição e à vontade popular. Pesquisa se compra em qualquer esquina e não ganha eleição. Em 7 de setembro vamos mostrar ao mundo o que é um ATO e em outubro é BOLSONARO até 2026. Canhotos podem ir preparando o choro 🇧🇷😎👉🏼2️⃣2️⃣
Cristiano Lima
Cristiano Lima 11.08.2022 21:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
kkkk gado de genocida
marcos free
marcos free 11.08.2022 20:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bozo, a tua hora vai chegar, o Trpp já caiu, Golpe Nunca Mais
André Rosa
André Rosa 11.08.2022 19:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
kkkkkkkkkkk....Democratas???? kkkkkkkkk...Parece até brincadeira..
roberto gadioli
roberto gadioli 11.08.2022 19:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
eu, 64% dos eleitores brasileiros, Dicaprio, Rufallo, Anitta, Manu, Fernanda Montenegro (acabou de entrar no grupo) vamos tirar esse B.O.S.T.A do b.o.l.s.o.n.a.r.o do planalto. depois ele irá pra prisão com trump
11.08.2022 17:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
podcast do Lula.. 9 milhões de visualizações em 8 meses.. podcast do Bolsonaro.. 9 milhões de visualizações em 24 horas.. KKKKKKKKKK CHORA ESQUERDA
11.08.2022 17:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"ataques" Kkkkkkkkkk não estou vendo ele quebrando urnas não... kkkkkkkkkk agr críticar algo virou sinônimo de atacar.. kkkk'
Guilherme Ruzza Schuck
Guilherme Ruzza Schuck 11.08.2022 17:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vejo você atacando, é curioso mas diria que há seres que imitam outros seres. Não sei se são seres vivos, mas se forem lembram me de infestações bíblicas que destroem tudo e todos, até a si mesmos
Ederaldo Semioni
Ederaldo Semioni 11.08.2022 16:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Depois do fiasco da bozolandia no 07/09/2021,,, conhecido como o dia do Gorpi ou do Mico, oque esperar do bozo,, do piorouuuu
11.08.2022 16:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ohhh fiascos... parem de chorar e vão trabalhar bando de vagabundos
Ederaldo Semioni
Ederaldo Semioni 11.08.2022 16:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cade o Zé trovão,, já apareceu,,,, vão louvar o rei da rachadinha,,, vulgo jacaré,,,
Andollinni Magalhães
Andollinni Magalhães 11.08.2022 16:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Essa cartinha e b.osta tem o mesmo valor.
Mantt Newmann
Mantt Newmann 11.08.2022 15:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O parasita pendurado nas tetas do Estado desde 1989 sentiu o gostinho da roubalheira máxima na presidência. Agora, esta desesperado por perder a teta e ter risco de ser preso. Faz questão de ouriçar sua manada com mentiras que nem ele mesmo acredita.
11.08.2022 15:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bombeiro.. seus comentários são muito hilários.. amo ri dos seus mimimi diários.. KKKKKKKKKK
ADEMIR BELARMINO DE SOUZA
ADEMIR BELARMINO DE SOUZA 11.08.2022 15:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
kkkk. A real contagem de intenções de votos está aqui. Kkkkk, A maioria rechaçando as opiniões dos companheiros vermelhinhos. Kkkkkk, tá muito engraçado. kkkkk
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail