Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Bolsas de NY fecham em alta robusta, apoiadas por dados e de olho em Powell

Ações 18.05.2022 05:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters Bolsas de NY fecham em alta robusta, apoiadas por dados e de olho em Powell

O mercado acionário em Nova York fechou em alta, movimento que foi sustentado durante todo o dia. Indicadores fortes da economia americana deram tração aos índices em Wall Street no começo da sessão, à medida que investidores aguardavam comentários do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell. Após as falas do banqueiro central, o apetite por risco foi mantido e as bolsas terminaram o dia com ganhos de 1% a 2%.

O índice Dow Jones fechou em alta de 1,34%, aos 32.654,59 pontos, o S&P 500 subiu 2,02%, aos 4.088,85 pontos, e o Nasdaq avançou 2,76%, aos 11.984,52 pontos.

Embora tenha reforçado o foco do Fed em combater a inflação por meio de aumento dos juros, Powell afirmou que a economia do país está forte o suficiente para suportar o aperto monetário, e por isso é possível que os EUA voltem a ter estabilidade de preços sem enfraquecer demais o crescimento ou o mercado de trabalho, segundo ele. "Pode haver alguma dor envolvida, mas achamos que poderemos manter o mercado de trabalho forte, com baixo desemprego e crescimento salarial", disse.

O presidente do Fed ainda destacou que os juros podem ir além da taxa neutra, caso isso seja necessário para controlar a inflação.

"Os comentários de Powell hoje só serviram para reforçar o mantra atual de combate á inflação a qualquer custo - 'custo', neste caso, sendo desempenho econômico", comenta o BMO Capital Markets, em relatório.

Para o banco, o banqueiro central inspirou confiança no mercado de que o Fed está ciente dos riscos impostos pelo aperto monetário.

Além de Powell, o presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, também fez aparição pública nesta terça, em que reforçou o senso de unidade do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) em torno do plano para trazer a inflação de volta à meta.

Em relatório a clientes, a corretora Guide Investimentos pondera que a maior parte da inflação nos EUA se dá pela demanda interna e, portanto, será necessário um "ajuste negativo de crescimento e/ou uma ruptura de mercado massivos" para que o Fed altere a trajetória esperada para a política monetária este ano.

Mais cedo, dados do varejo e da indústria dos EUA serviram de combustível para a tomada de risco nos mercados. Segundo a Oxford Economics, a atividade industrial americana deve manter ímpeto positivo, após a quarta alta mensal seguida, enquanto o desempenho do varejo indica que a demanda permanece "resiliente".

Entre ações específicas, o Citi (SA:CTGP34)(NYSE:C)se destacou nesta terça ao disparar 7,73%, após a Berkshire Hathaway (SA:BERK34) (NYSE:BRKa), do investidor Warren Buffett, revelar que comprou US$ 3 bilhões em ações do grupo. Já o Walmart (SA:WALM34)(NYSE:WMT) despencou 11,35%, após um balanço trimestral que desagradou o mercado.

Em relatório, a Capital Economics avalia que há dois cenários possíveis para o mercado acionário americano este ano, sendo um positivo e outro negativo. Se de um lado os índices já caíram em níveis similares ao de crises inteiras do passado e, desta forma, têm espaço para se recuperarem, por outro a maior parte deste recuo refletiu somente a retirada de valuations exagerados em meio ao tumulto provocado pelo mercado de Treasuries.

"Nossa previsão é que o S&P 500 chegue a 3.750 pontos no meio do próximo ano, à medida que um aumento renovado nos rendimentos do Tesouro e uma atividade mais fraca o arrastam ainda mais para baixo. Mas não ficaríamos surpresos se caísse para um nível muito mais baixo se tivéssemos uma recessão leve", projeta a casa.

Bolsas de NY fecham em alta robusta, apoiadas por dados e de olho em Powell
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Ricardo Paraguassu
Ricardo Paraguassu 18.05.2022 7:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Murphy piorado! Quando quer tem interesse em divulgar o pior , artigo que tranalha para “shorteados”, atualmente em extremo risco .
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail