Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

IPO da BR Partners pode movimentar até R$562 mi

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quinta-feira

Ações10.06.2021 09:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Peter Nurse e Ana Carolina Siedschlag

Investing.com - A muito esperada leitura de inflação do índice de preços aos consumidor dos EUA será divulgada nesta quinta-feira (10), após a decisão de política monetária do Banco Central Europeu. O Bitcoin se recupera após El Salvador adotar a moeda digital como oficial, enquanto o petróleo bruto cai mais.

Aqui está o que está movimentando os mercados nesta quinta, 10 de junho.

CONFIRA: Calendário Econômico completo do Investing.com

1. Inflação aqui

Após o IBGE divulgar uma inflação acumulada no Brasil de 8,06% nos últimos doze meses, acima das expectativas do mercado, o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, reconhece que o país enfrenta um cenário desafiador em termos inflacionários, afirmando ser provável que a inflação registre um pico nos meses de junho e julho.

Em participação em evento remoto promovido pelo Brazil-Florida Business Council, Sachsida afirmou que o ministério tem trabalhado fortemente para trazer a inflação de volta à meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para 2021 ao fim do ano.

"No momento, temos alguns problemas com a inflação, eu entendo, e provavelmente a inflação atingirá o pico em junho e julho. No entanto, estamos trabalhando muito para que fique dentro da meta até o final do ano", disse o secretário.

LEIA MAIS: IPCA dispara e tem maior alta para maio em 25 anos, taxa em 12 meses supera 8%

2. E inflação lá

Enquanto isso, o dado mais esperado pelos investidores do mundo inteiro finalmente sairá às 9h30, horário de Brasília. A expectativa é que a inflação medida pelo índice de preços ao consumidor dos EUA, divulgada pelo Departamento do Trabalho do país, mostre uma aceleração de 0,4% em maio, empurrando a inflação anual acima dos 4,2% de abril, já a mais alta em mais de uma década, para 4,7%.

A divulgação será uma das principais antes da próxima reunião de política monetária do Fed, de 15 a 16 de junho.

Os preços ao consumidor estão subindo rapidamente com a reabertura da economia após a pandemia. “Provavelmente teremos outro choque inflacionário em junho”, disseram analistas do Nordea, em uma relatório, “mas a questão é se o mercado vai explicá-lo como um efeito transitório”.

Além disso, também será divulgado o número de americanos que entraram com novos pedidos de seguro-desemprego na semana encerrada em 5 de junho. A expectativa é de uma queda de 15.000, para 370.000.

As ações dos EUA permaneceram praticamente inalteradas no pré-mercado, continuando as negociações apáticas da semana, com os investidores aguardando cautelosamente a inflação americana.

Às 9h00, os futuros do Dow Jones e do S&P 500 subiam respectivamente 0,14% e 0,01%, enquanto os do Nasdaq 100 recuavam 0,32%.

CONFIRA: Cotação dos principais índices futuros globais

3. Reunião de política do BCE

O Banco Central Europeu concluiu hoje a última reunião de política monetária, em que manteve a compra de títulos em níveis elevados e um fluxo generoso de estímulos para sustentar a recuperação fraca da economia.

A presidente do BCE, Christine Lagarde, afirmou recentemente que é "muito cedo" para discutir a redução gradual do programa de compras de emergência da pandemia de 1,85 trilhão de euros do banco, sugerindo que qualquer discussão sobre a redução gradual nesta reunião seria curta. Principalmente porque foi apenas no final de março que o banco central acelerou o programa de compra de títulos para manter os custos dos empréstimos sob controle.

No entanto, um diálogo completo e franco terá que acontecer em breve, dado o pano de fundo de uma economia ressurgente alimentada por taxas de vacinação mais altas e infecções em queda. Juntamente com isso, é provável que o BCE aumente a maioria, senão todas as suas previsões de crescimento e inflação ainda hoje.

4. Bitcoin impulsionado por El Salvador

O Bitcoin, a maior criptomoeda do mundo por capitalização de mercado, continuou a subir na quinta-feira, aumentando os ganhos substanciais de quarta depois que El Salvador se tornou o primeiro país a adotar a moeda digital como moeda corrente.

Às 9h02, o Bitcoin era negociado em alta de 8,01%, a US$ 37.836, após um salto de 13% na quarta-feira.

A decisão do país significa que os preços agora podem ser mostrados em Bitcoin, as contribuições fiscais podem ser pagas com a moeda digital e as trocas não estarão sujeitas ao imposto sobre ganhos de capital.

Os defensores da criptomoeda há muito o veem como uma alternativa viável às moedas fiduciárias, e isso sem dúvida dará a essa visão alguma credibilidade.

Dito isso, resta saber se a moeda digital pode sair da faixa de US$ 30.000 a US$ 40.000 que está em vigor desde o colapso de um recorde de quase US$ 65.000 em abril.

Pesando na moeda digital estão as críticas do influente empresário Elon Musk às necessidades de energia exigidas para explorá-la, bem como uma repressão regulatória chinesa.

CONFIRA: Cotação de mais de 5 mil criptomoedas

5. Maiores estoques de gasolina nos EUA diminuem o otimismo com petróleo

Os preços do petróleo bruto ficaram praticamente inalterados na quinta, lutando para adicionar mais ganhos depois que os crescentes estoques de gasolina dos EUA cortaram o otimismo para o aumento da demanda nos EUA.

Por volta das 9h02, os preços do petróleo WTI subiram 0,1% para US$ 70,04 o barril, após no início desta semana fecharem acima da marca de US$ 70 pela primeira vez desde outubro de 2018. Já o Brent avançou 0,25% para US$ 72,40, logo abaixo do nível mais alto desde maio de 2019.

Na quarta-feira, os dados de abastecimento de petróleo bruto dos EUA mostraram uma queda, pela terceira semana consecutiva, de pouco mais de 5 milhões de barris para a semana encerrada em 4 de junho.

No entanto, os estoques de gasolina dos EUA tiveram a maior alta desde abril de 2020, aumentando em mais de 7 milhões de barris para um segundo ganho semanal, sugerindo uma demanda de combustível mais fraca do que o esperado no início do verão.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quinta-feira
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (10)
Ric Bansi
Ric_Adrian 10.06.2021 11:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Invenst1ng está censur4ndo comentário, mesmo dentro das regras! VERGONHA!
Fernando Maia
Realista 10.06.2021 11:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cuidado com XP, quando uma acao sobe demais ela bloqueia a venda descoberta aos tubaroes da mafia. Vejam JBDU3 e JBDU4, a CVM deveria investigar esse pricedimento
Ric Bansi
Ric_Adrian 10.06.2021 10:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Estão filtrando os comentários por palavras chave. Se colocar B0lsonaro ou Comun1sta vai para os moderadores. Isso ai é pura censura!
Ed San
Ed San 10.06.2021 10:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
chola mais
Nathan Silva
Nathan Silva 10.06.2021 9:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem. acompanha os preços sabe que a inflação dos produtos beira facil os 50%. Alguns dobraram em menos de uma ano. Todos ficam mais pobres e nem sabem. Ignorância é uma benção
Valdir Nunes
Valdir Nunes 10.06.2021 9:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Crescimento em V de já "Vi" este Filme...
Charbel Bechara
Charbel Bechara 10.06.2021 9:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Inflação é salutar , BC tem mecanismo pra controlar na hora certa ...
Nathan Silva
Nathan Silva 10.06.2021 9:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Inflação é ótima. Os pobres pagando o dobro pelo gás de cozinha não conseguem comprar comida. Muito bom
Renato Gomes
Renato Gomes 10.06.2021 9:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Incrivel seu comentario!!!
Ric Bansi
Ric_Adrian 10.06.2021 9:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acho tb que a alta, neste momento, é uma respostas à retração e a inflação deve voltar ao normal pré covid naturalmente, mesmo assim acredito que o BC faça algum ajuste!
Ric Bansi
Ric_Adrian 10.06.2021 9:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nathan Silva  "Fique em casa a economia a gente vê depois"
César Ferreira
César Ferreira 10.06.2021 9:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nathan Silva quando o PT fez estádios para copa do mundo vc não reclamou, chora agora
Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues 10.06.2021 9:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
e sobre e "despiora" na economia?? hahahaha jornalismo no brasil morreu já faz um tempo
JulianaKatz Lang
JulianaKatz Lang 10.06.2021 9:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Para militonto, inflação e desemprego é uma boa notícia desde que seja do governo de estimação.
Pedro Majeau
Pedro Majeau 10.06.2021 9:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
... a chegada da inflação no mundo (e também aqui no Brasil CONFIRMADA pelos excelentes indicadores financeiros) é mais um forte indício da recuperação econômica mundial... SHOW!!
Valdir Nunes
Valdir Nunes 10.06.2021 9:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Classes C e D SEM emprego e vivendo de auxílio emergencial e cesta básica. Enquanto isso os abastadas vivendo de Bolsa Faria Lima. Bem-vindo a Bozolândia...
Jose Silva Araujo Filho
Jose Silva Araujo Filho 10.06.2021 9:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
isso é fruto de uma economia restrita, onde o estado barra o funcionando de vários mercados independentes, vários comércios locais fechados, só sobra para os grandes, então o estado da dinheiro para os pobres gastarem com os ricos e os ricos ficam mais ricos... mas não vejo ninguém colocando essa percepção na mesa, pq iria difamar a canhota. Bolsonaro tá muito longe de ser um presidente competente, mas essas coisas que tu citou são consequências da Pandemia e da forma como tudo teve que ser controlado.Se dependesse do Bolsonaro, com certeza não teria tanto desemprego, por outro lado teria mais mortes.
Andre Dante
Andre Dante 10.06.2021 9:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
César Ferreira
César Ferreira 10.06.2021 9:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
fica em casa economia a gente vê depois foi seu governador nao foi o PR deixa de ser hipócrita
Reinaldo Orlando
Reinaldo Orlando 10.06.2021 9:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
#somostodosbolsonaro
Ed San
Ed San 10.06.2021 9:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
parabéns Bolsonaro! desemprego recorde! inflação recorde! quantidade de mortos recorde! vc uniu o Brasil! Uniu o Brasil contra você!
Mostrar respostas anteriores (6)
Aldirer Zayn
Aldirer Zayn 10.06.2021 9:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Es San Sai daqui Gado extremista!! Só sabe dizer isso! Alienado de m.
Lucas Zacharias Junqueira
Lucas Zacharias Junqueira 10.06.2021 9:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Andre Dante
Andre Dante 10.06.2021 9:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não sei o que um ignorante desse naipe anda fazendo por aqui.
César Ferreira
César Ferreira 10.06.2021 9:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
fica em casa a economia a gente vê depois, tá aí reclama p seu governador babaca
Ric Bansi
Ric_Adrian 10.06.2021 9:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"Fique em casa a economia a gente vê depois" comunistinha.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail