Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira

Ações05.01.2021 09:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Geoffrey Smith

Investing.com - A Geórgia elege os representantes para o Senado, o iuan da China é fixado no nível mais alto em 15 anos, enquanto a Alemanha deve estender as restrições sociais em seis semanas. A libra se recupera após o Reino Unido anunciar que entrará em lockdown total por seis semanas.

A Amazon encerra a joint venture de saúde com JPMorgan e a Berkshire Hathaway, enquanto a Opep e a Rússia permanecem em um impasse sobre a quantidade de petróleo a produzir no próximo mês.

Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros nesta terça-feira, 5 de janeiro

1. Segundo turno da Geórgia

O estado da Geórgia realizará as eleições de segundo turno para as duas cadeiras no Senado. Os resultados vão determinar quem vai controlar a casa nos próximos dois anos e, consequentemente, terão um impacto profundo no curso da política fiscal dos EUA.

Os mercados de apostas sugerem que o Partido Republicano ainda ganhará pelo menos uma das cadeiras em disputa, consolidando seu domínio.

No entanto, as probabilidades diminuíram desde que o presidente Donald Trump intensificou seus ataques ao Partido Republicano no estado com um telefonema no fim de semana que parecia planejado para enfraquecer o comparecimento de eleitores leais a Trump. 

2. Iuan, ações chinesas sobem com mudança de ideia da NYSE

O iuan atingiu o nível mais alto em dois anos e o Banco Popular da China estabeleceu a maior fixação diária oficial para a moeda desde 2005, em um cenário de economia que ainda está crescendo fortemente em contraste com grande parte do resto do mundo.

O índice Shanghai Shenzhen CSI 300 também subiu 1,9% para o nível mais alto em 13 anos, ajudado por uma mudança abrupta de opinião da Bolsa de Valores de Nova York, que abandonou os planos de retirar três das maiores empresas de telecomunicações do país. A NYSE havia apenas confirmado a intenção de iniciar o processo de fechamento de capital, em linha com uma ordem executiva do governo Trump. Os analistas ficaram perplexos com a reviravolta.

3. Índices devem abrir em alta; Amazon, saúde em destaque

Os mercados de ações dos EUA devem abrir moderadamente em alta, recuperando algumas de suas perdas do primeiro dia de negociação em 2021.

O Dow Jones Futuros, o S&P 500 Futuros e o Nasdaq 100 Futuros subiam 0,14%, 0,12% e 0,12%, respectivamente,

Todos os três índices começaram o ano com perdas de mais de 1%, em uma combinação de preocupações sobre o caminho da pandemia e a incerteza das eleições de segundo turno na Geórgia.

As ações que provavelmente estarão em foco mais tarde incluem Amazon ({{NASDAQ:AMZN) (SA:AMZO34), que na segunda-feira abandonou a joint venture de saúde com o JPMorgan (NYSE:JPM) (SA:JPMC34) e a Berkshire Hathaway (NYSE:BRKa) (SA:BERK34), lançada com grande alarde apenas alguns anos atrás.

4. Alemanha deve estender bloqueio parcial; libra salta após anúncio de novo lockdown

A Alemanha deve estender as atuais restrições à vida social e empresarial por mais três semanas até o final de janeiro, um dia depois de o governo do Reino Unido anunciar um bloqueio nacional de seis semanas para controlar o aumento do número de infecções.

A chanceler Angela Merkel deve se reunir com os governadores estaduais às 9h00, horário de Brasília, para definir o curso para a maior economia da Europa, que impôs um conjunto relativamente moderado de restrições no final do ano passado. Esse leve toque foi refletido anteriormente em números que mostraram o desemprego ajustado sazonalmente caindo para 37.000 em dezembro, em vez do aumento de 10.000 esperado. As vendas no varejo de novembro também foram fortes, crescendo 5,6% no ano.

O euro consolidou-se logo abaixo da alta de 32 meses registrada na segunda-feira em US$ 1,2285, enquanto a libra esterlina recuperou algumas de suas perdas acentuadas após o anúncio do primeiro-ministro Boris Johnson do novo lockdown, subindo 0,2% para US$ 1,3600.

5. Impasse na Opep+, relatório da API no radar 

A Rússia e a Organização dos Países Exportadores de Petróleo permaneceram em um impasse quanto à quantidade de petróleo a ser produzida a partir de fevereiro.

A Reuters relatou que as negociações devem ser retomadas às 11h30 após serem interrompidas na segunda-feira. A Rússia e o vizinho Cazaquistão estão pressionando para que o aumento de produção programado de 500.000 barris por dia entre em vigor, enquanto a Opep, com o que parece ser unanimidade total, quer manter a produção no nível atual, devido à fraqueza de curto prazo na demanda causada pelo último surto do vírus Covid-19.

Também, o American Petroleum Institute divulga os estoques semanais de petróleo, às 18h30. 

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira
 

Artigos Relacionados

Lira turca cai a mínima recorde de 9,74 por dólar
Lira turca cai a mínima recorde de 9,74 por dólar Por Reuters - 24.10.2021 4

ISTAMBUL (Reuters) - A lira turca enfraquecia mais de 1% neste domingo, para uma mínima recorde de 9,74 por dólar no começo das negociações cambiais na Ásia, depois que o...

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (8)
Felipe Andre
Felipe Andre 05.01.2021 11:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
acho, que por trás disso a uma grande armação.que ninguém é capaz de imaginar.???.
Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues 05.01.2021 10:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
China a maior poluiroda da atmosfera e das águas, esse foi o monstro que o mundo criou, ainda tem idiota que acredita em "parceiro comercial"
Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues 05.01.2021 10:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"poluidora"
Fabio Piloto
Fabio Piloto 05.01.2021 10:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O mundo caminha para ser um enorne Hong-Cong, adeus liberdade.
JulianaKatz Lang
JulianaKatz Lang 05.01.2021 10:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A prova de falta de passaporte e ensino fundamental é quando se escreve Hong Kong com C.
Fabio Piloto
Fabio Piloto 05.01.2021 10:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O mundo será dominado pelo partido comunista chinês, sua influência cresce ainda mais com essa pandemia. Seremos todos uma Hong Cong dominados e sem liberdade!
José Lúcio Lagedo Pacheco
José Lúcio Lagedo Pacheco 05.01.2021 10:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
China, sendo China.
Sandra Oliveira
Sandra Oliveira 05.01.2021 9:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
China , lançou vírus no mundo , local com um dos menores números de casos, econômica bombando , resto do mundo injetando milhões para não entrar em recessão
Mostrar respostas anteriores (2)
Leonardo Forbici
Leonardo Forbici 05.01.2021 9:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
kkkkkkkkkk ta com raiva manda seu deus e seu mito mudarem td!!!!
Ricardo Tabosa
Ricardo Tabosa 05.01.2021 9:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Concordo 101%
Sérgio Kondo
Sérgio Kondo 05.01.2021 9:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"Vírus chinês" é americano, mais precisamente criação do Trump. Ele foi criado para matar pobres, pretas, obesas e faveladas como você para resolver a questão do problema de previdência. Cuidado heim!
Danilo Rizzo
Danilo Rizzo 05.01.2021 9:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cumpa do idiota Trump que resolveu fuder a China , olha o troco da China
Luis Carlos Borsari
Luis Carlos Borsari 05.01.2021 9:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sérgio Kondo cara,voce e um iluminado,parabens.
ANTONIO SOARES
ANTONIOSOARES 05.01.2021 9:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aprendam a aplicar na China, narrow minds!
Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues 05.01.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
será que alguém pode explodir a China ?
Mostrar respostas anteriores (3)
Nelson Pinheiro
Nelson Pinheiro 05.01.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sim, boa ideia explodir o maior parceiro econômico do Brasil, responsavel por grande parte do superavit.#sqn
Valdivino Silva
Valdivino Silva 05.01.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
se a china explodir a economia brasileira e grande parte da mundial, vai junto... simples assim!
Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues 05.01.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
parceiro comercial??kkkkespalharam o vírus pelo mundo, vem aqui roubam minérios,
Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues 05.01.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
idiota é quem ainda acredita nessa ladainha de parceiro comercial
Fabio Luiz Oliveira
Fabio Luiz Oliveira 05.01.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
NÃO só o minério, carne, arroz e soja.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail