Últimas Notícias
Investing Pro 0
Últimas horas: acesse dados premium com Garanta 60% DE DESCONTO

Últimas Notícias

Criador da Terra pode ser extraditado para os EUA por fraude bilionária

Ibovespa recua mais de 2% com aversão a risco global após Fed

Publicado 21.09.2023 17:05 Atualizado 21.09.2023 18:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Painel eletrônico na B3 em São Paulo REUTERS/Amanda Perobelli
 
BVSPUSD
-0,22%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou em queda nesta quinta-feira contaminado pela aversão a risco global após o Federal Reserve sinalizar uma política monetária restritiva por mais tempo, enquanto, no Brasil, o Banco Central esfriou expectativas mais otimistas de uma eventual aceleração no ritmo de cortes da Selic à frente.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 2,15%, a 116.145,05 pontos. Na máxima do dia, chegou a 118.695,09 pontos. Na mínima, a 116.012,92 pontos. O volume financeiro somou 26,15 bilhões de reais.

O banco central norte-americano manteve na quarta-feira os juros na faixa de 5,25% a 5,50% ao ano, em decisão acompanhada de um comunicado que não trouxe muitas novidades, assim como as declarações do chair do Fed, Jerome Powell, diferentemente das projeções econômicas divulgadas pela autoridade monetária.

A estimativa para os juros no final de 2023 foi mantida em 5,6%, o que implica mais uma alta neste ano, enquanto a previsão para o final de 2024 passou de 4,6% para 5,1%.

De acordo com a chefe de economia da Rico, Rachel de Sá, os mercados ao redor do mundo continuaram digerindo mensagens de política monetária, especialmente o recado do Fed, que pressionou as taxas de juros de longo prazo na maior economia do mundo, afetando negativamente ativos de risco.

Na véspera, o Ibovespa ainda renovou máxima da sessão após as divulgações do Fed, ultrapassando com folga os 119 mil pontos, chegando a subir 1,5%, mas perdeu a força e fechou com acréscimo de 0,72%. Ainda assim, melhor do que Wall Street, onde o S&P 500 caiu 0,94%.

Após o fechamento do mercado na quarta, porém, o BC brasileiro anunciou um corte de 0,50 ponto percentual na Selic, a 12,75% ao ano, e reiterou que manterá o ritmo de cortes nas próximas reuniões, minando esperanças de que ele pudesse deixar aberta uma porta para cortes maiores.

Na visão do sócio e gestor de ações da Ace Capital Tiago Cunha, com a comunicação do Copom, o Ibovespa, que resistiu ao comunicado do Fomc na quarta-feira, não resistiu à pressão negativa nesta quinta-feira, não só por conta da forte alta nos títulos do Tesouro norte-americano, como também pela percepção de que os cortes de juros no Brasil serão mantidos nesse ritmo, além da dúvida sobre o orçamento total de cortes.

Em Nova York, nesta quinta-feira, o S&P 500 caiu 1,64%, enquanto o rendimento do Treasury de 10 anos atingiu uma máxima em 16 anos.

DESTAQUES

- VALE ON (BVMF:VALE3) caiu 2,61%, a 67,50 reais, em dia de queda dos futuros do minério de ferro na China. O contrato mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian encerrou as negociações do dia com queda de 1,9%, a 854 iuanes (116,93 dólares) por tonelada. Na contramão, CSN (BVMF:CSNA3) MINERAÇÃO ON subiu 1,54%, a 4,62 reais.

- PETROBRAS PN (BVMF:PETR4) recuou 1,55%, a 33,76 reais, em meio às vendas generalizadas na bolsa paulista. No noticiário, a Equinor submeteu à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) as declarações de comercialidade e planos de desenvolvimento para dois campos da concessão do BM-C-33, na Bacia de Campos, que conta com participação da Petrobras. Também no radar, a Rússia proibiu temporariamente exportações de combustíveis diante de escassez.

- ITAÚ UNIBANCO PN (BVMF:ITUB4) cedeu 2,28%, a 26,99 reais, enquanto BRADESCO PN (BVMF:BBDC4) caiu 3,71%, a 14,26 reais.

- MAGAZINE LUIZA ON (BVMF:MGLU3) perdeu 6,75%, a 2,35 reais, acompanhada na ponta negativa por outros papéis sensíveis ao movimento de taxas de juros, como ações de consumo, com o índice do setor recuando 2,43%. O índice do setor imobiliário fechou em baixa de 3,22%.

- SUZANO (BVMF:SUZB3) ON avançou 2,04%, a 56,01 reais, entre as poucas altas do Ibovespa, um dia após anunciar aumento de preços. No setor, KLABIN UNIT (BVMF:KLBN11) subiu 0,50%, a 24,18 reais.

- SABESP ON (BVMF:SBSP3) ganhou 2,03%, a 61,69 reais, chegando a renovar máxima intradia histórica a 62,35 reais. O papel tem encontrado suporte no noticiário relacionado à privatização da companhia de saneamento básico do Estado de São Paulo, que recentemente recebeu aval para contratar bancos para uma eventual oferta de ações. Um dos focos de atenção está nas negociações com os municípios.

Ibovespa recua mais de 2% com aversão a risco global após Fed
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (21)
Waguiner Moretti
Waguiner Moretti 22.09.2023 6:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Esse ladrão no governo, vai pro buraco esse país. Ano que vem, já estaremos f....Faz o L agora , crédinos que votaram nele.
Jorge Ck
Jorge Ck 21.09.2023 23:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tá demorando demais pra prenderem o miliciano genocida encantador dê gados. Pior desgoverno da história, negacionista, genocida e destruidor. Comprando já o champagne e a carne pro churrasco de comemoração da prisão
Adriano Silva Martins
Adriano Silva Martins 21.09.2023 23:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vai procurar um trabalho papagaio de comunista.
Raphael Olivati Modesto
Raphael Olivati Modesto 21.09.2023 23:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se chegar em dezembro no patamar 105k estamos no lucro
Paulo MACHADO
Paulo MACHADO 21.09.2023 21:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O cassino vive de fofoca uma hora é pra subir outra e pra derrubar e comer sardinha trouxa que vende na baixa.
Rodrigo Thomaz
Rodrigo Thomaz 21.09.2023 20:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Blá-blá-blá pro gado lulista
Valmi Fialho
Valmi Fialho 21.09.2023 20:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Agora a culpa é do Fed , será que os analistas econômicos americanos culpam o Copom?????
Rafael Lindo
Rafael Lindo 21.09.2023 20:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
nunca é culpa do desgoverno do pt
Virgilio Vucuno
Virgilio Vucuno 21.09.2023 18:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
nada de internacional nao... o problema é aqui, animal. esse desgoverno gastao e incompetente.
Jean Marlon
Jmarlon 21.09.2023 18:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
cadê sobre o risco fiscal no Brasil, isso o jornaZista esqueceu!
21.09.2023 18:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se a Venezuela que estavam prevendo for isso, estamos no lucro. Qualquer um seria melhor que o bozo.
Jean Marlon
Jmarlon 21.09.2023 18:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
desejar a volta de um político mafioso ladrão condenado é ótimo, né?
Mat Newman
Mat Newman 21.09.2023 18:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
SPX -2, VIX +15, Nasdaq -2, DJI -1, ... Mas o gado não tem vergonha na cara de defender ladrão de estimação falando que a culpa é da Selic! 🐄🐃🐂🐄🐃🐂🤣🤣🤣🐄
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail