📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Ibovespa recua antes de decisão do Copom e sem referência de NY

Publicado 19.06.2024, 10:51
IBOV
-
BBDC4
-
BRFS3
-
CSNA3
-
ITUB4
-
MRFG3
-
PETR4
-
VALE3
-
BVSPUSD
-
BVSPEUR
-

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa recuava nesta quarta-feira, marcada por expectativas para a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central após o fechamento, em sessão que deve ter o volume reduzido em razão de feriado nos Estados Unidos.

Por volta de 10:40, o Ibovespa tinha variação negativa de 0,4%, a 119.141,99 pontos. O volume financeiro somava apenas 1,4 bilhão de reais.

De acordo com a equipe da Ágora Investimentos, sem a referência de Nova York e com o principal direcionador do dia apenas ao término dos negócios, a tendência é que os ativos locais oscilem entre margens estreitas, sem um viés muito claro.

Em relação à reunião do Copom, eles chamaram a atenção para pesquisas mostrando uma maioria entre economistas estimando manutenção da taxa Selic nos atuais 10,50% ao ano, com uma pequena parcela estimando um corte de 0,25 ponto percentual.

"Portanto, mais importante do que a decisão em si, as atenções estarão voltadas para o placar da decisão", citaram. Na última reunião, o Copom reduziu o ritmo de afrouxamento monetário ao fazer um corte de 0,25 ponto, com placar dividido.

O desfecho do encontro que termina nesta quarta-feira ocorre após novos ataques na véspera do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao titular do BC, Roberto Campos Neto, cujo mandato na instituição termina no final do ano.

Na visão da equipe da Genial Investimentos, é uma reunião "crucial", "que tem o potencial de reverter ou de confirmar a desconfiança dos investidores acerca da condução futura da política monetária".

DESTAQUES

- CSN ON (BVMF:CSNA3) recuava 1,85%, refletindo ajustes, após disparar na véspera, quando o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu acatar recurso da companhia para reconhecer o direito dela a uma indenização de cerca de 5 bilhões de reais a ser paga pela Ternium referente à entrada desta última na Usiminas (BVMF:USIM5). Ainda na terça-feira, a Ternium disse que irá recorrer da decisão.

- BRF ON (BVMF:BRFS3) subia 2,81%, mantendo o tom positivo da véspera, quando fechou com acréscimo de 5,5%. MARFRIG ON (BVMF:MRFG3), principal acionista da BRF, tinha elevação de 1,99%. Ainda no setor, JBS ON (BVMF:JBSS3) avançava 0,42%, mas MINERVA ON (BVMF:BEEF3) desvalorizava-se 0,79%.

- VALE ON (BVMF:VALE3) cedia 0,07%, acompanhando o movimento dos futuros do minério de ferro na China, onde o contrato mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian encerrou as negociações do dia com queda de 0,36%, a 824 iuanes (113,55 dólares) a tonelada, depois de atingir 835,5 iuanes a tonelada no começo da sessão.

- PETROBRAS PN (BVMF:PETR4) tinha variação positiva de 0,17%, após forte valorização na véspera, em dia de variação tímida do petróleo Brent no exterior. A companhia também disse ainda na terça-feira que assinou protocolo de intenções com o governo estadual do Rio de Janeiro para estudos a fim de avaliar a viabilidade de um projeto piloto de energia eólica offshore.

- ITAÚ UNIBANCO PN (BVMF:ITUB4) caía 0,6%, em sessão de evento online com executivos do banco. BRADESCO PN (BVMF:BBDC4) perdia 1,13%.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.