Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Rivian sobe 10% após Morgan Stanley dizer que é a única que pode desafiar a Tesla

Petróleo WTI fecha na máxima desde 2018 em meio à expectativa de retomada na demanda por gasolina

Ações15.06.2021 17:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Barani Krishnan

Investing.com - Os preços do petróleo WTI, negociado em Nova York, fecharam em seu patamar mais alto desde 2018 na terça-feira, às vésperas da divulgação de dados do setor que os otimistas do mercado torcem para indicar um aumento razoável no consumo de gasolina na última semana, confirmando o furor de um rali impulsionado mais por expectativas que por números reais na demanda de combustível.

O petróleo West Texas Intermediate (WTI), referência do petróleo nos EUA, fechou em alta de US$ 1,24, ou 1,8%, a US$ 72,12 por barril. Mais cedo, ele havia atingido uma máxima no pregão de US$ 72,28. Tanto essa máxima quanto o fechamento de terça-feira foram os mais altos desde outubro de 2018.

O Brent, referência global para o petróleo, fechou em alta de US$ 1,13, ou 1,6%, a US$ 73,99. Mais cedo, o Brent havia alcançado uma máxima no pregão de US$ 74,13, nível mais alto para um dia desde abril de 2019. 

Os preços do petróleo têm estado em ruptura recentemente, em meio a projeções de um dos maiores períodos de demanda por combustível para o verão do hemisfério norte nos Estados Unidos, à medida que o país avança com a reabertura total depois dos lockdowns contra a Covid-19.

A Agência Internacional de Energia, que representa os interesses dos consumidores de petróleo ocidentais, afirmou no seu relatório mensal que os produtores mundiais teriam de aumentar a produção a fim de satisfazer a demanda, prevista para recuperar os níveis pré-pandêmicos até o final de 2022.

Apesar do otimismo em relação à demanda mundial por petróleo, a retomada da gasolina nos EUA tem sido morna desde o dia 31 de maio, data do Memorial Day, que marca o início do período de pico no deslocamento de veículos durante o verão no maior país consumidor de petróleo do mundo. Isso aponta, na opinião de alguns especialistas, que provavelmente será preciso mais tempo para que a demanda de combustível dos Estados Unidos acelere.

O problema foi destacado em especial pelo Relatório do Estado do Petróleo da Administração de Informações de Energia dos EUA para a semana finda em 4 de junho, que mostrou um acúmulo de 7,05 milhões de barris nos estoques de gasolina em comparação às expectativas dos analistas de um aumento de apenas cerca de 1,2 milhão de barris.

O rali de terça-feira no WTI e no Brent aconteceu às vésperas da publicação pelo Instituto Americano do Petróleo (American Petroleum Institute, ou API) do relatório semanal sobre a relação oferta-demanda de petróleo dos EUA.

O relatório da API, com divulgação programada para 17:30, sai antes da atualização de quarta-feira do Relatório do Estado do Petróleo da EIA.

Segundo um consenso entre os analistas monitorados pelo Investing.com, os estoques brutos dos Estados Unidos provavelmente apresentaram queda de 3,3 milhões de barris na semana passada, contra uma redução de 5,2 milhões na semana anterior até 4 de junho.

Os estoques de gasolina provavelmente subiram em 614.000 barris, contra o aumento de 7,05 milhões na semana anterior, indica o consenso.

E as reservas de destilados, compostas de diesel e óleo para aquecimento, provavelmente apresentaram aumento de 186.000 barris na semana passada, depois de crescerem 4,4 milhões na semana anterior.

Petróleo WTI fecha na máxima desde 2018 em meio à expectativa de retomada na demanda por gasolina
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Evanildo Sobral
Evanildo Sobral 15.06.2021 17:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Economia aquecendo no EUA é viagem pra todos os lados e haja Petróleo para a gasolina,isso é muito bom.
Lucas Lopes
Lucas Lopes 15.06.2021 17:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se ele fosse só usado pra gasolina, tava ótimo, mas é para borracha, cosméticos, plástico, fertilizante, e até comida. Quanto mais as pessoas consomem mais contribuem pra aceleração do seu fim. Um commoditie, ao fim, preço dispara, inflação vai as alturas. E uma sociedade totalmente dependente implode.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail