Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Scholz está confiante de que crise orçamentária na Alemanha pode ser superada

Publicado 09.12.2023 14:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.
 
EUR/USD
+0,02%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Andreas Rinke e Christoph Steitz

BERLIM/FRANKFURT (Reuters) - O chanceler alemão, Olaf Scholz, disse neste sábado estar confiante de que negociações duras com os parceiros de sua coalizão para fixar o orçamento do país para 2024, após uma decisão judicial histórica, resultarão em um acordo.

Falando na conferência do partido Social Democrata (SPD, na sigla em inglês), Scholz deixou claro, no entanto, que não haveria cortes no Estado de bem-estar social, uma área em que o ministro das Finanças, Christian Lindner, do Democratas Livres (FDP), partido conservador em termos fiscais, pediu reformas.

“É uma tarefa muito difícil”, disse Scholz aos membros do partido em referência às negociações orçamentais em curso. “Mas gostaria de aproveitar esta oportunidade para transmitir a confiança de que teremos sucesso e de uma forma importante para o futuro deste país”, acrescentou.

A aliança governamental de Scholz, que também inclui o Partido Verde, ainda se recupera da decisão judicial do mês passado que abriu um buraco de 60 mil milhões de euros nas finanças e a forçou a suspender um "freio da dívida" constitucionalmente consagrado para o orçamento de 2023.

As conversas em curso se concentram na questão de saber se uma suspensão do freio da dívida também é possível no próximo ano, para fechar o déficit orçamentário de 17 bilhões de euros, deixando incertos os gastos em projetos industriais, de política climática e sociais.

Scholz está confiante de que crise orçamentária na Alemanha pode ser superada
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Celso Santos
Celso Santos 11.12.2023 17:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É só ele parar de gastar dinheiro público para financiar a guerra de procuração entre EUA ( via Ucrânia, que é apenas o peão dos EUA) contra a Rússia. Cuidar mais dos problemas internos, pois a Alemanha está perdendo muito com isso.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail