Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Aberturas Sem Rumo, de Olho no CPI nos EUA; Brasil com Foco na Petrobrás

Por Jason VieiraResumo do Mercado14.09.2021 07:58
br.investing.com/analysis/aberturas-sem-rumo-de-olho-no-cpi-nos-eua-brasil-com-foco-na-petrobras-200444665
Aberturas Sem Rumo, de Olho no CPI nos EUA; Brasil com Foco na Petrobrás
Por Jason Vieira   |  14.09.2021 07:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

O que fez um dia de paz no Mercado.

Sem a série de ruídos políticos, a primeira sessão da semana experimentou um período de recuperação dos ativos e de alívio de pressões, voltando as atenções aos indicadores econômicos.

Para hoje, o presidente da Petrobras (SA:BRDT3), Joaquim Silva e Luna deve comparecer numa comissão geral da Câmara dos Deputados para explicar as altas mais recentes de gasolina, diesel e gás, no que seria inicialmente uma reunião da comissão de Minas e Energia.

Durou pouco, mas a pretensa paz no mercado foi momentaneamente quebrada com o presidente da câmara, Arthur Lira, citando a reunião e concluindo com a frase “os brasileiros são seus acionistas”, remontando a clássica possibilidade de pedidos de intervenção de preços na empresa.

Não há novidades nos motivos pelos quais há uma pressão constante dos preços de combustíveis no Brasil, onde a demanda devido às reaberturas foi impactada por uma série de problemas globais de oferta, produção limitada a OPEP+, mas acima de tudo, a volatilidade cambial.

Como já citamos em diversas ocasiões, inclusive em artigos nas redes sociais, a volatilidade cambial acaba por prestar o papel de fixar a valorização de uma série de bens ‘para cima’, devido às incertezas criadas pela falta de previsibilidade da moeda.

É a criação constante de patamares positivos de preços, onde o desconto de alívios temporários se converte em redução do achatamento das margens de lucros, ou seja, não é transferido para a ponta final, o consumidor.

Daí a importância da previsibilidade que tanto prega o mercado financeiro, pois acima de tudo, afeta primariamente a economia real, criando as reações e os impactos nos ativos negociados no mercado.

Saindo de menos de US$ 20, tais preços têm tido peso global, como nas inflações a serem observadas hoje no CPI nos EUA, ainda assim, em termos médios, opera em níveis semelhantes aos de maio deste ano e abaixo dos US$ 86 de outubro de 2018.

A diferença vem na volatilidade do câmbio e eis o ponto para o Brasil.

Volatilidade = Política.



Abertura de mercados


A abertura na Europa é negativa e os futuros NY abrem em alta, na expectativa pela inflação nos EUA.

Em Ásia-Pacífico, mercados positivos, com quedas nas bolsas chinesas, com temores da construtora Evergrande.

O dólar opera em queda contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam positivos em todos os vencimentos.

Entre as commodities metálicas, quedas, destaque ao cobre e minério de ferro.

O petróleo abre em alta em Londres e Nova York, com temores de mais uma tempestade nos EUA.

O índice VIX de volatilidade abre em baixa de -0,36%.


 
Câmbio

Dólar à vista : R$ 5,2157 / -0,59 %
Euro / Dólarr : US$ 1,18 / 0,000%
Dólar / Iene : ¥ 110,09 / 0,055%
Libra / Dólar : US$ 1,39 / 0,145%
Dólar Futuro. (1 m) : 5246,16 / -0,40%

 
Juros futuros (DI)

DI - Julho 22: 8,68 % aa (-1,36%)
DI - Janeiro 23: 9,15 % aa (-0,11%)
DI - Janeiro 25: 10,13 % aa (-0,49%)
DI - Janeiro 27: 10,49 % aa (-0,85%)

 
Bolsas de valores

Fechamento
Ibovespa: 1,8531% /  116.404 pontos
Dow Jones: 0,7568% /  34.870 pontos
Nasdaq: -0,0656% /  15.106 pontos
 
Nikkei: 0,73% /  30.670 pontos
Hang Seng: -1,21%  /  25.502 pontos
ASX 200: 0,16% /  7.437 pontos
 
Abertura
DAX: 0,093% / 15715,99 pontos
CAC 40: -0,488% / 6644,32 pontos
FTSE 100: -0,297% / 7047,42 pontos
Ibovespa Futuros: 1,93% / 116871,00 pontos
S&P 500 Futuros: 0,238% / 4468,90 pontos
Nasdaq 100 Futuros: -0,021% / 15442,00 pontos


 
Commodities

Índice Bloomberg: 0,15% / 97,82 ptos
Petróleo WTI Futuros: 0,54% /  $70,99
Petróleo Brent: 0,76% /  $74,12
Ouro: -0,34% /  $1.787,38
Minério de ferro: -1,11% / ‎‎ $129,66
Soja: -0,22% / $1.272,50
Milho: 0,05% /  $497,00
Café: -0,67% /  $184,35
Açúcar: 0,42% /  $19,04
 
 
 

Aberturas Sem Rumo, de Olho no CPI nos EUA; Brasil com Foco na Petrobrás
 

Artigos Relacionados

Aberturas Sem Rumo, de Olho no CPI nos EUA; Brasil com Foco na Petrobrás

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Ricardo Silva
Ricardo Silva 14.09.2021 8:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
PT quebrou a petrobras. O Mico quebrou o Brasil.
Antonio Salviano
Antonio Salviano 14.09.2021 8:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom dia Jenson Vieira. Bom dia mercado.
FERRATO GIL
FERRATO GIL 14.09.2021 8:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O QUE ACONTECE COM EDITORES E COM ARTHUR LIRA, NESSA TENTATIVA DE DESINFORMAR AS PESSOAS. COM COISA QUE AS PESSOAS NÃO SABEM QUE QUEM DEVE SER CHAMADO, SÃO GOVERNADORES E MEMBROS DO STF, AFIM DE EXPLICAR OS IMPOSTOS ESTADUAIS.
Julio Cesar
Julio Cesar 14.09.2021 8:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A grande maioria da populacao nao sabe que metade do preco dos combustiveis e de impostos. Povo alienado.
FERRATO GIL
FERRATO GIL 14.09.2021 8:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Faltou comentar que o Arthur lira deveria chamar os governadores, e os atuais, não eternos, membros do STF, AFIM DE EXPLICAR PORQUE OS IMPOSTOS ESTADUAIS ENCARECEM TANTO OS COMBUSTÍVEIS. RIDÍCULO O ARTHUR LIRA ACHAR QUE VAI CRIAR FATO PARA A MÍDIA MARROM E AINDA SE SAIR BEM NESSA. O QUE ACONTECE COM ESSES POLÍTICOS QUE PERDERAM CONTATO COM A REALIDADE ? E COM EDITORES QUE TEM A OPORTUNIDADE DE INFORMAR AO INVÉS DE DESINFORMAR COM MEIAS VERDADES...?
nestor eugenio bassani
nestor eugenio bassani 14.09.2021 8:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Verdade, os governadores tem que serem freados, metem a caneta do jeito que quiserem na energia,  saneamento, nos combustíveis, nas bebidas pra manter uma corja de vagabundo em redor deles.  Nenhum tem a coragem de encarar a realidade igual o Presidente.
manoel antonio
manoel antonio 14.09.2021 8:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
sempre muito didático em seu texto além de mater a informação seguro no que escreve
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: © 2016 Infinity Asset – Este relatório foi preparado pela Infinity Asset e é distribuído com a finalidade única de prestar informações ao mercado em geral. Apesar de ter sido elaborado com todo o cuidado necessário de forma a assegurar que as informações aqui prestadas reflitam como precisão as informações do mercado financeiro, elas não podem ser consideradas como garantia de operações lucrativas, por se tratar de um mercado de risco. Motivo pelo qual a Infinity e a CVM não se responsabilizam por quaisquer prejuízos de quaisquer naturezas, por perdas diretas ou indiretas derivadas do uso das informações constantes do mencionado relatório de seu conteúdo. Este documento não deve ser considerado uma oferta de venda dos fundos, nem tampouco constitui um prospecto previsto na Instrução CVM nº 409/2008 ou no Código de Auto-Regulação da Anbima. As informações aqui apresentadas foram baseadas em fontes oficiais e de ampla difusão. A Infinity não se responsabiliza por eventuais divergências e/ou omissões. As opiniões aqui constantes não devem ser entendidas, em hipótese alguma, como uma oferta para comprar ou vender títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. As informações deste material são exclusivamente informativas. Fonte das Projeções Internacionais: Bloomberg LP. Economista Responsável: Jason Freitas Vieira – Corecon 31.464. Este relatório não pode ser reproduzido, distribuído ou publicado por qualquer pessoa, para quaisquer fins sem autorização prévia.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail