Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Açúcar Terá Força para Superar Máxima de 4 Anos e Seguir em Alta?

Por Investing.com (Barani Krishnan/Investing.com)Commodities11.08.2021 10:36
br.investing.com/analysis/acucar-tera-forca-para-superar-maxima-de-4-anos-e-seguir-em-alta-200443901
Açúcar Terá Força para Superar Máxima de 4 Anos e Seguir em Alta?
Por Investing.com (Barani Krishnan/Investing.com)   |  11.08.2021 10:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Publicado originalmente em inglês em 11/08/2021

O dilema de todas as pessoas que estudam um mercado que disparou sem elas é o seguinte: será que ainda dá tempo de entrar na festa sem se arrepender? Para o ​​açúcar, a resposta parece ser sim.

É possível que o mercado registre novas máximas, de acordo com os fundamentos e os gráficos técnicos, apesar de já ter subido 26% no ano. De fato, a corrida no açúcar é um dos ralis mais longos no complexo de commodities, ficando apenas dois meses no negativo nos últimos dezesseis.

O cerne da história no açúcar está no clima, principalmente no Brasil, um dos maiores produtores e exportadores mundiais do produto.

A peculiaridade da oferta de açúcar no Brasil se deve à posição de outro grande produtor do adoçante – a Índia – que mal consegue atender sua própria demanda.

Açúcar diário
Açúcar diário

Gráficos: cortesia de SK Dixit Charting

O Brasil superou a Índia como maior produtor de açúcar na safra de 2019-2020, quando produziu 29,93 milhões de toneladas. O USDA, Departamento de Agricultura dos EUA, prevê que a produção de açúcar no Brasil subirá mais de 40% em 2020-2021, para mais de 42 milhões de toneladas.

Clima extremamente frio

O problema com a previsão do USDA é que ela foi divulgada antes de o clima ficar extremamente frio nas áreas de cultivo no Brasil, logo após uma estiagem.

Jack Scoville, analista-chefe do Price Futures Group, de Chicago, disse em nota na terça-feira que a restrição de oferta de açúcar no Brasil por causa do clima não deve se resolver rapidamente.

“As temperaturas melhoraram no Brasil”, afirmou Scoville. “Mas os danos causados pelos episódios anteriores de geada e estiagem devem aparecer no processamento de dados de agosto”.

Açúcar semanal
Açúcar semanal

Pierre Santoul, CEO no Brasil da Tereos SCA, grupo francês de açúcar, afirmou que a moagem de cana-de-açúcar da companhia poderia atingir seu menor nível desde a safra 2009-10, para 16,6 milhões de toneladas. Isso representaria uma queda de 21% em relação ao volume de 20,9 milhões esmagado em 2020-21, afirmou o executivo em entrevista à Bloomberg.

Mesmo com usinas acelerando a colheita para evitar maiores perdas, a extensão da queda de qualidade ainda é desconhecida, sugerindo que mais rebaixamentos das projeções para a safra são possíveis, disse Santoul.

Os problemas climáticos têm gerado revisões das estimativas de produção no Centro-Sul para níveis tão baixos quanto 490 milhões de toneladas, o que representaria queda de 19% em relação à safra anterior, de acordo com a Bloomberg. Na segunda quinzena de julho, o teor de açúcar na cana na região caiu na comparação com o ano anterior. A produtividade da cana encolheu 18%, segundo relatório da Unica na terça-feira.

Além das geadas, a maior parte dos canaviais do Centro-Sul apresentam níveis de água do solo abaixo de 10% frente ao mínimo de 60% exigido para o desenvolvimento das lavouras, segundo a Somar Meteorologia.

Açúcar mensal
Açúcar mensal

Santoul afirmou que o cenário sombrio pode ser desanuviado se o clima melhorar até outubro e trazer volumes de chuvas normais nos meses seguintes.

Preços do açúcar podem continuar em alta nos próximos 18 meses

Embora a previsão climática tenha melhorado, a projeção de Santoul para o plantio tendia para o pessimismo, já que, em sua avaliação, as piores condições climáticas em décadas no Brasil iria piorar o cenário de uma oferta global já apertada, com efeitos duradouros nos preços, que já estão nas máximas de 2017.

Por isso, os preços elevados do açúcar poderiam durar até 18 meses, declarou Santoul, complementando:

“Estamos entrando em um ciclo de alta dos preços da commodity”

No pregão de terça-feira na InterContinental Exchange, o contrato futuro mais negociado do açúcar em bruto atingiu 19,62 centavos por libra-peso, valor mais alto desde o pico de março de 2017 a 19,84.

Até onde o açúcar pode subir a partir de agora é a pergunta mais importante para quem avalia uma compra do produto.

A resposta pode estar nos aspectos técnicos levantados por Sunil Kumar Dixit, que mostram um potencial de alta até a máxima recorde de outubro de 2016 a 23,90 centavos, se a atual linha de tendência de alta não for rompida.

Segundo Dixit:

 “O açúcar confirmou sua resistência a 18,94 centavos, com forte momentum e bastante vigor acima de 19,50 no gráfico mensal”.

 É possível nova máxima recorde

Dixit afirmou que o Índice Força Relativa do açúcar também sinalizava alta por estar posicionado ao nível de 84/80, apresentando um cruzamento de baixo para cima da linha de 80, o que sugere a continuidade do movimento de alta para a região entre 20,50 e 21,50 centavos.

Aviso de isenção: Barani Krishnan utiliza diversas visões além da sua para oferecer aos leitores uma variedade de análises sobre os mercados. A bem da neutralidade, ele apresenta visões e variáveis de mercado contrárias. O analista não possui posições nos ativos e commodities sobre os quais escreve.

Açúcar Terá Força para Superar Máxima de 4 Anos e Seguir em Alta?
 

Artigos Relacionados

Açúcar Terá Força para Superar Máxima de 4 Anos e Seguir em Alta?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail