Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Auxílio Brasil: Quem Não Tem Teto de Vidro?

Por Felipe MirandaResumo do Mercado20.10.2021 13:57
br.investing.com/analysis/auxilio-brasil-quem-nao-tem-teto-de-vidro-200445420
Auxílio Brasil: Quem Não Tem Teto de Vidro?
Por Felipe Miranda   |  20.10.2021 13:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Dizem que o Brasil não é para amadores. Outros falam o contrário. O Brasil seria só para amadores. Os profissionais já teriam saído daqui há muito tempo, migrando em direção ao bull market em Wall Street, onde os prêmios de risco fazem algum sentido — aqui, ficamos achando também que as ações são o ativo do futuro: em algum momento, como carregam mais risco e os mercados são minimamente eficientes, elas vão pagar mais do que a renda fixa.

Quem está certo? Difícil dizer. Sextus Empiricus preocupava-se mais com a dialética do que com as respostas prontas. Há sempre bons argumentos de um lado, sendo rebatidos com contra-argumentos de igual intensidade e qualidade. Um duelo sem necessariamente haver vencedores entre tese e antítese.

A verdade é que estamos diante de uma encruzilhada. Não há muitas dúvidas de que os preços dos ativos locais estão baratos, sob uma perspectiva histórica (comparando a seu passado), relativa (contra pares internacionais) ou frente a sua capacidade de geração de caixa futuro. Ao mesmo tempo, parece também existir razoável consenso de que o cenário não é bom. Somos baratos, porque ruins. Se vamos ficar ainda piores e, portanto, mais baratos ou se, ao menos, pararemos de piorar e poderemos ter o início de alguma apreciação dos ativos, depende da preservação de algum tipo de âncora fiscal. Mais objetivamente: acabou o teto de gastos e, com ele, toda a responsabilidade fiscal?

Antes de prosseguir, esclarecimento importante: embora a conversa aqui esteja centrada em preços dos ativos e comentários de mercado, por dever de ofício, ela é muito mais ampla do que isso. Esse falso dilema de “eu estou preocupado com o pobre e você se preocupa com os ricos do mercado financeiro” precisa ser combatido a qualquer custo. Quando o governo sugere o Auxílio Brasil de R$ 400, com R$ 30 bilhões fora do teto, o dólar explode, o juro longo dispara, as empresas brasileiras perdem valor. O dólar mais alto alimenta (ainda mais) a inflação, que acaba justamente com o pobre — o rico pode se defender nos altos rendimentos reais do mercado financeiro, onde tem estacionado o estoque de sua riqueza; o pobre, coitado, nem estoque tem e se dilacera com a deterioração dos fluxos em termos reais. O Banco Central reage elevando os juros, o que reforça o desemprego. As empresas, menos capitalizadas, crescem menos, param de contratar, demitem mais gente.

Enquanto nos perdemos na falsa retórica do “nós contra eles”, resta caminhar sobre o gelo fino. Só a educação financeira e de economia pode salvar. Assunto para médio e longo prazo, quando, se não cuidarmos delas, também nossas carteiras estarão mortas. Então, precisamos falar disso.

Como tudo foi muito confuso e feito até de forma atabalhoada, vale um contexto.

A proposta original do Ministério da Economia era levar o escopo do Bolsa Família a um universo de 17 milhões de famílias, para R$ 300, num gasto de cerca de R$ 40 bilhões. Duas considerações sobre isso: já representava uma flexibilização do teto de gastos, depois do tal “meteoro” do ministro Paulo Guedes, com implicações inesperadas previamente sobre o Orçamento de 2022. Se confirmada a proposta, significaria um expressivo aumento de 50% para o Bolsa Família. Importante notar: frente ao último reajuste do Bolsa Família, ocorrido em maio de 2018, teríamos um incremento real de 20%. Mesmo diante de críticas de que a inflação da baixa renda foi mais acentuada por conta da alta dos preços dos alimentos e, portanto, o reajuste real, de fato, seria menor, ainda assim seria uma importante (e com méritos) conquista. Preservaríamos o poder de compra depois de um período de pandemia e forte alta dos preços dos alimentos.

Mas não há limites para o Leviatã. O monstro macunaímico Venceslau Pietro Pietra tem um apetite insaciável. A demanda da ala política era grotesca: levar o Bolsa Família a R$ 300 e dar um auxílio adicional de R$ 200, fazendo o total de R$ 500 fora do teto, permitindo, assim, outras emendas parlamentares ao longo de 2022.

Era um absurdo completo. Sob o argumento de que “o mercado esperava uma dívida/PIB de mais de 100% ao final deste ano; terminaremos em 81%, logo temos espaço para gastar, como se não houvesse amanhã”. Claro que as coisas não funcionam assim. E, como não poderia deixar de ser, houve forte resistência da equipe econômica, acertadamente. Arrisco dizer que poderíamos, sim, ter visto baixas no ministério caso as coisas caminhassem por essa direção tão irresponsável fiscalmente.

Ainda que possa soar contraintuitivo e surpreendente para quem não acompanha a questão de perto, a verdade é que, ainda que de forma bastante parcial, o Ministério da Economia conseguiu evitar o pior. Não se trata de dourar a pílula. Longe disso. A notícia de ontem é muito ruim. Estamos dando um aumento nominal de 100% no Bolsa Família, que vai para 0,95%, sem que diminuamos qualquer outro programa de auxílio (sendo que há vários ineficientes), sem justificativa técnica para isso e, pior, sem qualquer sinalização de que o estouro do teto para mesmo nesses R$ 30 bilhões. Sabemos como essas coisas começam, mas nunca sabemos onde termina. Não há nada mais permanente do que um gasto temporário do governo. E parece que também este será sempre o penúltimo estouro do teto de gastos.

Contudo, as coisas poderiam, sim, ser muito piores. O tamanho do rombo fora do teto defendido pela ala política girava em torno de R$ 70 bilhões a R$ 100 bilhões, sem que fosse apenas por um ano. Ficamos, ao menos até agora, em R$ 30 bilhões, para 2022 somente.

Qual a encruzilhada a que me referia a partir de agora?

Ainda não há certeza de que, de fato, ficaremos em R$ 400 por ano um, com a questão sendo estancada em R$ 30 bilhões. Se tivermos algo como R$ 500 (R$ 300 + R$ 200), alguma sinalização de extensão para além de 2022 e/ou tudo sendo alocado fora do teto (e não somente o adicional de R$ 100), as coisas podem piorar bastante em termos de preço de ativos.

Existe o contraponto, claro. Quais seriam potenciais saídas? Primeiramente, a equipe econômica ainda luta por conseguir algo inferior aos R$ 100 fora do teto — embora eu considere esse cenário improvável. Talvez outras amenizações sejam possíveis, capazes de transmitir uma tranquilidade mínima para as coisas pararem de piorar e haver alguma melhora de preços de ativos, dado o caráter extremamente depreciado e algumas cotações em níveis de ruptura fiscal. Uma delas é construir uma boa justificativa técnica para os R$ 30 bilhões, combinada a alguma sinalização crível de que o estouro do teto é este e somente este, criando algum outro tipo de âncora fiscal tácita e efetiva. Fundamental também não haver qualquer outro recuo da equipe econômica. Em sendo o caso, talvez seja possível defender a narrativa de que a surpresa de arrecadação é bastante grande e que a despesa do governo central antes de juros caminhava para 18,2% do PIB, contra 19,3% do governo Temer.

Se conseguirmos algo nessa direção, as coisas podem se acalmar. Por ora, atenção redobrada sobre a necessidade de diversificação e algumas proteções para a carteira.

Auxílio Brasil: Quem Não Tem Teto de Vidro?
 

Artigos Relacionados

Wesley Atanasio
Sexta-feira em Alta Por Wesley Atanasio - 03.12.2021

Apesar da abertura do índice futuro do IBOVESPA em baixa o cenário se reverteu com a abertura do mercado de ações tendo grandes destaques em ações que caíram forte durante a semana...

Auxílio Brasil: Quem Não Tem Teto de Vidro?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (33)
Savio Osorio
Savio Osorio 22.10.2021 17:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
volta petralhas!!!!
ELCIO ROBERTO
ELCIO ROBERTO 22.10.2021 17:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"O CÍRCULO NEGRO" - Reduzir o salário de 80% dos servidores federais do executivo, legislativo e judiciário e reformar o IR diminuindo as alíquotas. Uma conta de somar de resultado zero.
RONALDO DE CASTRO
RONALDO DE CASTRO 21.10.2021 22:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eu gostei da alternativa so que infelismente politicamente inviavel mas gostei do alerta de protecao as carteiras , muito bom , parabens
Fabio Silva
Fabio Silva 21.10.2021 18:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Como dizia o economista Milton Friedman: “Se colocarem o governo federal para administrar o deserto do Saara, em cinco anos faltará areia”. Daqui a pouco, ninguem investe em mais nada, pq tudo esta dando prejuizo, e vai virar uma bola de neve, veremos apenas mais desemprego e pobreza! Não sou a favor do PT, nem do atual presidente (sem partido), sou a favor do Brasil coisa que os politicos não estão! Concordo com o Henrique, essa noticia “falou, falou e não disse nada!!”
Henrique Scarpa
Henrique Scarpa 21.10.2021 8:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Falou, falou e não disse nada!!
Henrique Scarpa
Henrique Scarpa 21.10.2021 8:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Falou, falou e não disse nada!!
Zé Colméia
Zé Colméia 21.10.2021 3:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fique em casa até ter falta de ar que a economia a gente vê depois. Esse é o preço do legado esquerdalha de 30 anos somado ao efeito mandeta/moro que deixaram para os brasileiros. A única solução será a redução de 80% de cargos dos funcionários públicos através da Reforma da Administrativa.
Clarence Abdala
Clarence Abdala 21.10.2021 3:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Perfeito. Bolsonaro 2022.
Milton Heyde de Macedo
Milton Heyde de Macedo 21.10.2021 3:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito boa análise. Mas sem âncora fiscal os fundamentos vão se deteriorar. Não fa diferença se a âncora está a 3m ou a 30m do fundo ela não funciona e isto que importa!
ELCIO ROBERTO
ELCIO ROBERTO 20.10.2021 19:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"O CÍRCULO NEGRO" - Compre ao som dos canhões e venda ao som dos violinos.
Eduardo Serpa Coelho
Eduardo Serpa Coelho 20.10.2021 19:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É só continuar a fazer o que todos os governos anteriores não fizeram, NÃO ROUBAR, os lucros das estatais e fundos de pensão darão suporte. O maior causador de todas essas mazelas são dois: Legislativo e Judiciário. São deles que vocês tem que cobrar um país melhor. Por que vc só vem fazer comentários quando há problemas???  Quero ver comentar tudo de excepcional que está sendo feito para o Norte e Nordeste, dando água, luz, saneamento e infraestrutura, ou seja dando de volta a dignidade do ser-humano, SEM ORÇAMENTO e SEM ROUBAR.
Daniel Botelho
Daniel Botelho 20.10.2021 19:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cade a votaçao da pec? Reforma IR? Isso ninguem cobra aqui
Douglas Souza
Douglas Souza 20.10.2021 19:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tudo de Excepcional ?? Tem certeza que falamos do Brasil?? Pq participo de Uma ONG Sediada em SP que faz capitação de Alimentos em Grandes Redes de Supermercados e quando Viajamos ao Interior do Ceará... a última vez há 30 dias atrás. A População de Grande parte do Nordeste  não tem àgua, sem Água não Planta, se não Planta não Come... Concordo que esse Problema não ocorre apenas Neste Governo... Mas pela Sua Afirmativa o Nordeste Virou o Paraíso na Terra... Mas com os Olhos de quem percorreu a região nos Últimos 30 dias ... Sua Informação não Procede.
gilson rosa
gilson rosa 20.10.2021 19:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Os contratados do inexpresivel vem aqui dar aula de economia para o especialista tentando defender o que não há defesa...acabo com a economia mas ganho alguns votos..
Daniel Botelho
Daniel Botelho 20.10.2021 19:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bão mesmo é o lula voltar ai sim petro nos 4,00 elet nos 6,00 tudo quebrado
Julio De Oliveira E Melo
Julio De Oliveira E Melo 20.10.2021 18:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Resumindo... Viraram torcedores, tudo que dizem para os investidores não serem...
Daniel Botelho
Daniel Botelho 20.10.2021 18:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
60 bilhoes de lucro da petrobras
Mant Neuman
BombeiroAristide 20.10.2021 18:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não tem roubo pq a lei foi alterada para permitir roubar. Não tem furo de teto pois a lei vai ser alterada para furar o teto. Nào tem calote pois a lei vai permitir calote...
Marlon Fonseca
Marlon Fonseca 20.10.2021 18:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
pior casa de analise do Universo
Braulino Goudinho
Braulino Goudinho 20.10.2021 18:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Uma análise mais rápida: Bolsonaro quer comprar reeleição com dinheiro público e as custas de endividamento do estado. Seria melhor cortar privilégios e beneces.
Paulo Araujo
Paulo Araujo 20.10.2021 17:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Daqui a pouco o gado chega pra chamar o analista de comunista e esquerdopata. Afinal, não se pode falar mal do minto.
Luciano macedo
Luciano macedo 20.10.2021 17:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A expeculacao de terra aradada feito, projetando tudo que é de ruim para o brasil, deswuslificar o governo estao fazendo. Quem aposta na terra arassada, vao perder!
Wanderson Silva
Wanderson Silva 20.10.2021 17:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pq nao pega esse dinheiro todo do fundo eleitoral de bilhoes de reais, e completa o bolsa familia, o povo agradece!
Nathan Silva
Nathan Silva 20.10.2021 17:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Todos são iguais. Futuro do Brasil é negro pois Dilma, Lula, Bolsonaro. Todos são uns belíssimos filhos da ... que não ligam para o futuro do país. Único que fez algo realmente de bom foi o Temer que jamais será eleito.
Edivaldo Pereira
Edivaldo Pereira 20.10.2021 17:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
bla bla bla.
Altair Sanches Espanha Junior
Altair Sanches Espanha Junior 20.10.2021 17:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
já escreveram colocando a culpa no Bolsonaro??????
Mant Neuman
BombeiroAristide 20.10.2021 17:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lula, Bozo e Altair tem razão, a culpa é da Globo!!!!
Jose Mario Cardoso
Jose Mario Cardoso 20.10.2021 17:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente reflexão Felipe. Estamos a deriva...o eterno país do futuro afunda um pouco a cada dia.
Daniel Carvalho
Daniel Carvalho 20.10.2021 17:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Volta Persio Arida!Volta André Lara Resende!Volta Francisco Lopes!Volta Gustavo Franco!Volta Pedro Malan!Volta Edmar Bacha!Volta Winston Fritsch!
Múcio Paixão de Araújo
Múcio Paixão de Araújo 20.10.2021 16:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Por um lado... Mas por outro lado!.…
Carlos Honorato
Carlos Honorato 20.10.2021 16:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E os juizes, funcionarios fantasmas e politicos que embolsam uma nota e ninguem fala sobre isso. Esse consenso de mercado é para garantir a vida boa do mercado
Mant Neuman
BombeiroAristide 20.10.2021 16:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Exato, quer dar auxilio, corta os cargos comissionados e de confiança, corta o cartão corporativa, corta as mordomias, corta os supersalários, ... O que acontece é o oposto, o próprio presidente dando aumento para ele acima do teto constitucional em plena pandemia....
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail