⌛ Perdeu a alta de 13% da ProPicks em maio? Assine agora e receba mais cedo as ações de Junho.Desbloquear ações

Futuros dos EUA caem na volta do Feriado de Martin Luther King

Publicado 16.01.2024, 07:26
NDX
-
UK100
-
XAU/USD
-
US500
-
FCHI
-
AXJO
-
DE40
-
JP225
-
HK50
-
GS
-
JPM
-
RIO
-
ANTO
-
WFC
-
MS
-
AGLJ
-
GC
-
CL
-
ZS
-
IXIC
-
KS11
-
SSEC
-
STOXX
-
CSI300
-
BTC/USD
-
DCIOU4
-
ETH/USD
-

Bem-vindo à sua leitura matinal de cinco minutos de como os mercados estão reagindo ao redor do mundo nesta manhã.

ÁSIA: Os mercados da Ásia fecharam majoritariamente em baixa na terça-feira.

O índice Hang Seng de Hong Kong caiu 2,00%, em 15.883,00 pontos, liderando as quedas regionais, enquanto na China continental, o índice Shanghai Composite subiu 0,27%, em 2.893,99 pontos e o Shenzhen Component adicionou 0,31%, em 8.992,07 pontos, contrariando a tendência regional, com os investidores digerindo a decisão do banco central chinês de deixar a taxa básica de juros inalterada na segunda-feira, desafiando as expectativas de um corte.

O Nikkei caiu 0,79% para fechar em 35.619,18 pontos, quebrando uma seqüência de seis dias de altas consecutivas, quando o índice de referência renovou as máximas de várias décadas. O Nikkei atingiu marcas importantes de 34.000, 35.000 e 36.000 pontos, níveis que o índice não via desde 1990. O índice de preços de bens corporativos do Japão de dezembro ficou estável ano após ano, em comparação com uma queda de 0,30% esperada por economistas. O CGPI subiu 0,30% mês a mês, em comparação com as estimativas de que permaneceria estável.

Na Austrália, o S&P/ASX 200 caiu 0,96%, em 7.424,20 ontos, marcando o terceiro dia consecutivo de perdas, com as ações de commodities arrastando o índice. As mineradoras perderam terreno depois que os preços do minério de ferro caíram por conta de preocupações com o enfraquecimento da economia chinesa antes dos números do PIB do país, que serão divulgados amanhã e aumento das tensões no Estreito de Taiwan e no Mar Vermelho. South32 perdeu 4,2%, BHP e Rio Tinto (LON:RIO) perderam 1,4% cada, enquanto Fortescue caiu 2,2%. As empresas de energia também fecharam em queda, com os pesos-pesados do petróleo Woodside e Santos recuando 1,6% e 1,8%, respectivamente.

O Kospi da Coreia do Sul caiu 1,12% para terminar em 2.497,59 pontos, seu nível mais baixo desde 7 de dezembro.

EUROPA: As bolsas europeias abriram em queda na terça-feira, à medida que os mercados continuam a concentrar nas notícias e comentários do Fórum Económico Mundial em Davos, na Suíça.

O fórum anual ganha força na terça-feira com discursos especiais de Li Qiang, primeiro-ministro chinês, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, Jake Sullivan, conselheiro de Segurança Nacional dos EUA e do presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy. No fórum deste ano, intitulado “Reconstruindo a Confiança”, líderes empresariais e políticos globais estão reunidos na estância de esqui suíça para discutir questões econômicas e geopolíticas, que vão desde a inflação e cadeias de abastecimento até à inteligência artificial, guerras e desafios de segurança.

O índice regional Stoxx 600 caia 0,67% no início da sessão. Os setores operam no vermelho, com as ações de varejo lideraram as perdas.

O alemão DAX 30 cai 0,7% e o francês CAC 40 tomba 0,5%.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,6%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American (JO:AGLJ) sobe 0,5%, Antofagasta (LON:ANTO) cai 0,5%, enquanto entre as gigantes, BHP cai 0,6% e Rio Tinto sobe 0,3%. A etrolífera BP sobe 0,3%.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA caem na manhã de terça-feira, enquanto Wall Street aguarda mais dados econômicos e início da temporada de balanços, que fornecerão uma visão melhor da situação do consumidor americano.

Quatro grandes bancos, incluindo o JPMorgan (NYSE:JPM), Citigroup e Wells Fargo (NYSE:WFC) relataram resultados mistos na sexta-feira, mas registrou fortes lucros para o ano, em meio a um mercado de trabalho forte, um consumidor resiliente e altas taxas de juros.

Outro lote de balanços de empresas do setor financeiro será divulgadonesta semana encurtada pelo feriado de Martin Luther King nos Estados Unidos na segunda-feira, fornecendo mais pistas sobre a saúde do consumidor e dados sobre pagamentos com cartão de crédito e inadimplência. Goldman Sachs (NYSE:GS), Morgan Stanley (NYSE:MS) e PNC Financial Services, devem apresentar relatório na terça-feira. Charles Schwab e M&T Bank, bem como vários bancos regionais, também deverão divulgar os seus balanços nesta semana.

As ações vem de uma série de ganhos semanais, alcançando a décima semana de ganhos em 11 semanas, apesar de um relatório de inflação ao consumidor de dezembro mais quente do que o esperado. A leitura do índice de preços ao produtor mais fraco do que o esperado convenceu ainda mais os investidores de que a campanha de redução das taxas da Reserva Federal poderia começar em breve.

Na semana passada, as ações de tecnologia lideraram a alta do mercado, com o Nasdaq apresentando desempenho superior, subindo cerca de 3,1% até o fechamento de sexta-feira. O Dow ganhou cerca de 0,3%, enquanto o S&P 500 avançou 1,8%.

Os rendimentos do Tesouro sobem no inicio desta terça-feira. O rendimento do Tesouro dos EUA de 10 anos volta acima de 4%. Na manhã desta terça-feira, o rendimento da nota de 10 anos subia cerca de 3 pontos-base, para 4,0030%, depois de oscilar em torno da marca de 4% durante grande parte da semana passada. Os rendimentos e os preços movem-se em direções opostas e um ponto-base equivale a 0,01%.

Os investidores estão aguardando os dados de vendas a varejo de Dezembro que serão divulgados na quarta-feira, o que poderá alimentar receios de recessão e preocupações sobre o crescimento económico se os gastos dos consumidores nos EUA caso sofram arrefecimento. Economistas consultados pela FactSet antecipam um aumento de 0,2% para o mês, ligeiramente abaixo de um aumento de 0,3% em novembro.

A agenda econômica de hoje está esvaziada, mas Christopher J. Waller, membro do FOMC deve se pronunciar às 13h00.

CRIPTOMOEDAS:
Bitcoin: +0,45% em US $ 42.922,00
Ethereum: +0,34% em US $ 2.536,45

ÍNDICES FUTUROS - 7h20:
Dow: -0,50%
S&P 500: -0,59%
NASDAQ: -0,78%

COMMODITIES:
MinFe: -0,64%
Bent: +1,20%
WTI: +0,85%
Soja: +0,41%
Ouro: -0,34%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.