Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Mercados seguem em stand-by, aguardando dados de inflação previstos para amanhã

Publicado 28.02.2024, 08:00
Atualizado 11.10.2023, 23:02

Bem-vindo à sua leitura matinal de cinco minutos de como os mercados estão reagindo ao redor do mundo nesta manhã.

ÁSIA: Os mercados de ações da Ásia fecharam majoritariamente em baixa na quarta-feira.

O índice Hang Seng de Hong Kong caiu 1,51%, em 16.536,85 pontos, enquanto o índice Hang Seng Property ficou negativo depois de saltar quase 2% no início da sessão. Hong Kong disse que iria acabar com as restrições imobiliárias num esforço para impulsionar o seu setor imobiliário. O secretário financeiro, Paul Chan, disse esperar que a economia cresça entre 2,5% e 3,5% este ano.

Na China continental, o índice CSI 300, que agrupa as maiores empresas listadas em Shanghai e Shenzhen, caiu 1,3%, fechando em 3.450,26 pontos.

O S&P/ASX 200 da Austrália terminou praticamente estável em baixa de 0,03%, em 7.660,40 pontos. As empresas de lítio estiveram entre os maiores avanços no índice, com a IGO e a Pilbara Minerals disparando mais de 7% cada, impulsionando o setor de mineração, que terminou o dia estável. Mineral Resources subiu 4,8%, Lynas Rare Earths subiu 5,3% e mineradores de carvão Yancoal e Whitehaven avançaram 3% e 2,6%. Entre as gigantes do setor, Fortescue Metals (ASX:FMG) caiu 5,5%, BHP caiu 0,3% e a rival Rio Tinto (LON:RIO) fechou estável.

O Banco Central da Nova Zelândia manteve a sua taxa monetária oficial em 5,50%, mantendo-a na máxima dos últimos 15 anos, ao mesmo tempo que alertou que a inflação permaneceu bem acima do seu intervalo-alvo. O índice de referência S&P/NZX 50 da Nova Zelândia fechou 0,6% mais alto em 11.763,32 pontos após a decisão do RBNZ.

O Nikkei do Japão terminou 0,08% mais baixo em 39.208,03 pontos. O benchmark atingiu um recorde no início da semana.

Em sentido contrário, o Kospi da Coreia do Sul encerrou ganhos de 1%, em 2.652,29 pontos, subindo após dois dias consecutivos de quedas.

EUROPA: As bolsas europeias operam sem direção na manhã de quarta-feira, dando continuidade ao sentimento global cauteloso visto esta semana.

O índice regional Stoxx 600 cai 0,15% na sessão matinal, com o setor mineração caindo, enquanto as ações de telecomunicações ganham.

Ações da Vodafone (LON:VOD) sobe 2,5% depois que a empresa confirmou negociações com a Swisscom sobre a venda de seus negócios italianos por 8 bilhões de euros (US$ 8,7 bilhões). As ações da Swisscom caiam 0,1%.

O alemão DAX 30 sobe 0,2% e o francês CAC 40 recua 0,1%.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,6%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American (JO:AGLJ) cai 2,1%, Antofagasta (LON:ANTO) perde 1%, enquanto as gigantes BHP e Rio Tinto recuam 0,9% e 0,7%, respectivamente. A petrolífera BP cai 0,5%.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA caem na quarta-feira, com os investidores aguardando um importante relatório de inflação, previsto para o final desta semana.

Na sessão regular de terça-feira, o S&P 500 e o Nasdaq Composite encerrou o dia com pequenos ganhos, com alta de 0,17% e 0,37%, respectivamente. O Dow caiu pelo segundo dia consecutivo, com queda de 0,25%.

O S&P 500 e o Dow recuam das máximas atingindas no final da semana passada.

O índice de preços de despesas de consumo pessoal será divulgado na quinta-feira e os investidores esperam que ele sinalize que a inflação está diminuindo. O PCE é um indicador de inflação fundamental para a Reserva Federal e as autoridades políticas do banco central afirmaram que procuram mais provas de que as pressões dos preços elevados estão a arrefecer antes de tomarem decisões sobre cortes nas taxas de juro.

Os índices de preços ao consumidor e ao produtor de Janeiro ficaram ambos acima das expectativas, levando os investidores a diminuir as expectativas sobre quando ocorrerá o primeiro corte nas taxas de juro. O primeiro corte nas taxas está sendo precificado para junho, vários meses depois de março, prazo que os investidores esperavam no início de janeiro..

Dados divulgados na terça-feira sugeriram que a confiança do consumidor está a diminuir à medida que se consolidam as preocupações com o arrefecimento do mercado de trabalho e um cenário político instável. Entretanto, o último relatório de encomendas de bens duradouros refletiu uma queda de 6,1%, resultado mais do que o esperado.

Na quarta-feira, os investidores estarão atentos aos resultados dos lucros da varejista TJX Cos e a empresa farmacêutica Viatris pela manhã. Salesforce publicará seus números trimestrais após o fechamento do mercado.

Na frente econômica, os investidores aguardam os números do PIB, estoques do atacado, bem como a balança comercial, às 10h30.

A leitura das despesas de consumo pessoal para janeiro será o principal evento na quinta-feira, uma vez que é a medida de inflação preferida do Federal Reserve.

Várias autoridades do Fed devem falar nesta quarta-feira. Raphael Bostic discursará às 14h00. John Williams falará às 14h45.

CRIPTOMOEDAS:
Bitcoin: +4,63% em US $ 59.242,80
Ethereum: +2,66% em US $ 3.347,53

ÍNDICES FUTUROS - 7h30:
Dow: -0,31%
S&P 500: -0,30%
NASDAQ: -0,41%

COMMODITIES:
MinFe: +1,08%
Bent: -1,06%
WTI: -1,14%
Soja: -0,03%
Ouro: -0,41%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

Últimos comentários

ótimo trabalho , muito útil pra nós Traders . parabéns !!!
show, ótimo trabalho
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.