Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Petróleo atinge níveis mais baixos do ano devido a temores de recessão

Commodities 23.09.2022 11:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.
 
USD/BRL
+0,00%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
DX
+0,20%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
LCO
+2,61%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
CL
+2,65%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Peter Nurse

Investing.com – Os preços do petróleo registravam firme queda nesta sexta-feira, atingindo seu menor patamar desde o início do ano, devido à alta do dólar e ao aumento dos temores de uma recessão, o que poderia prejudicar a demanda global.

Às 11h10 (horário de Brasília), o petróleo norte-americano cedia 5,37%, a US$ 79,05 por barril, enquanto o petróleo Brent se desvalorizava 4,76%, a US$ 86,19 por barril, no mercado futuro.

As duas referências do petróleo acumulam perdas de 5,1% e 3,7% respectivamente na semana, podendo registrar a quarta desvalorização semanal seguida.

O mercado foi duramente impactado pelo agressivo aperto monetário de vários bancos centrais, com destaque para o Federal Reserve dos EUA, na tentativa de controlar a inflação em níveis históricos.

As autoridades do Fed deixaram claro que estavam preparadas para tolerar uma recessão nos EUA, a fim de conter a disparada dos preços, e essa visão também parece ser compartilhada pelo Banco Central Europeu e o Banco da Inglaterra.

O que estava aumentando as dificuldades do mercado petrolífero era a valorização da moeda americana, com o índice dólar alcançando seu maior patamar em duas décadas, o que torna a commodity mais cara para detentores de outras divisas.

“Diante da expectativa de um aperto maior da política monetária nos próximos meses, os mercados de commodities devem enfrentar ventos contrários mais intensos”, disseram em nota analistas do ING. “A dominância do dólar neste momento só aumenta os obstáculos”.

Esses fatores ofuscaram as preocupações com a escalada da guerra na Ucrânia pela Rússia, que anunciou a maior mobilização de forças desde a Segunda Guerra mundial, o que poderia limitar ainda mais a oferta de um grande país exportador de petróleo.

A expectativa é que os estados membros da UE se reúnam no fim de semana para discutir o tabelamento do petróleo da Rússia, na tentativa de chegar a um acordo preliminar no início de outubro, antes da reunião dos líderes da UE.

“Fazer com que todos os membros entrem em um acordo em torno do teto de preços pode ser difícil, assim como ocorreu na proibição ao petróleo russo pela UE, a qual incluiu apenas o comércio marítimo”, acrescentou o ING. “Os membros da UE devem chegar a uma decisão final até 5 de dezembro, que é quando a proibição ao petróleo da Rússia por vias marítimas entra em vigor na região”.

Além disso, a ameaça de que a Opep e seus aliados podem cortar a produção quando se reunirem no início de outubro, após realizarem um corte simbólico em sua meta de produção petrolífera de 100.000 barris por dia na reunião anterior, está tendo pouco impacto.

O bloco já está produzindo mais de 3,5 milhões de barris por dia abaixo das suas cotas oficiais.

O número de sondas da Baker Hughes e os dados de posicionamento da CFTC encerram a semana.

 

Petróleo atinge níveis mais baixos do ano devido a temores de recessão
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Gilson Luiz de Oliveira
Gilson Luiz de Oliveira 24.09.2022 7:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
PETROBRAS QUERIDA BAIXA O PREÇO DA GASOLINA, VIU!
waney amorim
waney amorim 23.09.2022 16:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Escreve ai: com lula no primeiro turno a bolsa vai explodir com o mundo retornando a investir no Brasil. Leia-se: China, Índia, Eua..,., etc
Ruy Novaes
Ruy Novaes 23.09.2022 11:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E agora, recessão, não diga…2️⃣2️⃣ Bolsonaro Presidente para desespero dos larápios, sanguesssugas, parasitas… @jairbolsonaro… 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🗽🗽🗽🙏🏻🙏🏻🙏🏻
Sergio OSORIO DOS SANTOS
Sergio OSORIO DOS SANTOS 23.09.2022 11:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
que doença que essas pessoas tem pelo bolsonaro, o pais esta indo no automatico. graças aos profissionais e empresario estão se virando nos 30.
Sergio OSORIO DOS SANTOS
Sergio OSORIO DOS SANTOS 23.09.2022 11:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
que doença que essas pessoas tem pelo bolsonaro, o pais esta indo no automatico. graças aos profissionais e empresario estão se virando nos 30.
Julimar Pieri
Julimar Pieri 23.09.2022 11:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
caiu. culpa do Bolsonaro
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail