📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Petróleo recua, sob peso da desaceleração da demanda chinesa

Publicado 22.04.2022, 10:32
© Reuters.
LCO
-
CL
-
GPR
-

Por Peter Nurse   

Investing.com -- Os preços do petróleo se enfraqueceram na sexta-feira, na sequência de novos indícios de que os lockdowns prolongados contra a Covid-19 estão prejudicando a demanda por petróleo bruto na China, o maior importador mundial da commodity.

Por volta das 13h02, os contratos futuros do petróleo WTI, cotado em Nova York e referência de preço nos EUA, eram negociados com baixa de 1,51%, a US$ 102,22 por barril, enquanto os contratos do Brent, cotado em Londres e referência mundial de preço, apresentavam queda de 1,62% a US$ 106,57. Os contratos de referência seguem rumo a uma queda semanal superior a 4%.

Os futuros da gasolina RBOB dos EUA apresentavam recuo de 1,52%, a US$ 3,2887 por galão.

As preocupações com a demanda da China continuam a pesar sobre o mercado do petróleo, após a notícia de que Xangai havia anunciado uma nova rodada de medidas contra a Covid, incluindo testagem diária para o coronavírus a partir de sexta-feira, numa tentativa de conter os mais recentes surtos.

A Bloomberg divulgou que a procura de petróleo do país registrou queda de cerca de 1,2 milhão de barris por dia em abril, com a procura por diesel, combustível de aviação e gasolina diminuindo cerca de 20% em relação aos níveis de um ano antes. 

A demanda por gasolina no leste da China, que abrange Xangai, o centro financeiro do país, caiu cerca de 40% este mês, afirmou a agência de notícias, citando dirigentes setoriais anônimos.

No início desta semana, o Fundo Monetário Internacional reduziu a sua previsão de crescimento para a China este ano para 4,4%, bem abaixo da meta de Pequim, sendo que os lockdowns generalizados contra a Covid foram um dos principais motivos citados.

No momento, os temores quanto ao crescimento da China, junto com preocupações de que o aperto agressivo do Federal Reserve irá limitar o crescimento dos EUA, parecem estar ganhando terreno sobre os receios de que a Europa ampliará em breve suas sanções às importações de energia da Rússia.

As tropas da Rússia continuaram com seu ataque ao sul e ao leste da Ucrânia, com relatos que sugerem que Moscou pretende conquistar todo o sul do país, negando a Kiev o controle sobre qualquer um dos seus portos, cortando, assim, o acesso aos mercados do mundo para as suas principais exportações agrícolas e industriais.

Embora a União Europeia ainda não tenha formalmente incentivado a proibição do petróleo russo, um avanço desse porte aumentaria a pressão sobre os líderes do bloco para atuarem. 

A UE, em parceria com a Agência Internacional da Energia, publicou no início desta semana uma série de medidas que seus cidadãos podem tomar a fim de tentarem reduzir a dependência do continente em relação à energia russa, incluindo diminuir a temperatura dos reduzir a velocidade de automóveis e o uso do trabalho remoto.

"Continuo esperando que o Brent permaneça numa faixa irregular entre US$ 100 e US$ 120, com o WTI num intervalo entre US$ 95 a US$ 115. O Brent crude tem mais um suporte a US$ 96, e o WTI a US$ 93 por barril", afirmou Jeffrey Halley, analista da corretora OANDA, em relatório. "Um possível embargo europeu sobre o petróleo da Rússia na próxima semana, após as eleições francesas deste fim de semana, podem lançar a movimentação para o topo do intervalo".

A contagem de plataformas da Baker Hughes e os dados de posicionamento do CFTC fecham a semana mais tarde no pregão, como de costume.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.