📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

MME: Brasil fecha acordo sobre aumento de produção em Jirau em 750 MW

Publicado 09.07.2024, 19:09
Atualizado 09.07.2024, 22:40
© Reuters.  MME: Brasil fecha acordo sobre aumento de produção em Jirau em 750 MW
NG
-
PETR4
-
EGIE3
-

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, assinou nesta terça-feira, 9, memorandos de entendimento com a Bolívia, incluindo a interconexão dos "sistemas de transmissão e distribuição" de energia elétrica e a modificação da operação da Usina Hidrelétrica da UHE Jirau na "quota 90".

Pela previsão, a adoção dessa quota no Rio Madeira permitirá elevar a produção de energia na hidrelétrica Jirau em 750 megawatts (MW). A usina hidrelétrica Jirau tem entre seus acionistas a Engie (BVMF:EGIE3) (40%), a Eletrobrás (40%) e a Mizha Participações S.A. (20%), subsidiária da Mitsui & CO.

A assinatura dos acordos ocorreram em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, com a presença do presidente Lula.

Um terceiro acordo foi um aditivo a um memorando de 2027, assinado entre o Ministério de Minas e Energia (MME) e o Ministério de Hidrocarbonetos da Bolívia, assinado em 2007, sobre a "integração energética" entre os dois países por meio da utilização da infraestrutura de dutos já existente no transporte de gás natural.

Essa interligação atende atendo o mercado brasileiro, segundo o MME. Ficaram previstos a avaliação e execução de projetos de exploração por meio de novos operadores na região.

A interligação se dará entre as subestações Guajará-Mirim (RO/Brasil) e Guayaramerin (Bolívia), e entre as subestações Epitaciolândia (AC/Brasil) e Cobija (Bolívia). "O objetivo do plano de conexão via sistema de distribuição é o de fornecer energia elétrica a localidades no norte da Bolívia, cujas redes elétricas atualmente operam de forma isolada", diz o MME, em nota.

Nesta última segunda-feira, Silveira esteve reunido com representantes do governo da Bolívia para tratar da possibilidade de compra direta de gás natural produzido no país vizinho. Ou seja, sem intermédio da Petrobras (BVMF:PETR4). Representantes do setor industrial brasileiro também estiveram presentes na reunião.

Jirau

O MME também informou que a geração de energia da Usina Hidrelétrica (UHE) de Jirau será otimizada, com flexibilização de regras operativas. Com isso, será permitido a continuidade da operação na quota 90 "constante ou ampliada durante o período de estiagem com ganhos energéticos" ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

A usina é a quarta maior geradora de energia do Brasil em capacidade instalada. Segundo o balanço apresentada, com 50 unidades geradoras, a potência da usina é de 75 MW, com 3.750 MW de capacidade instalada.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.