Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

Últimas Notícias

Camil cancela 10 milhões de ações ordinárias

Powell antecipa aumento mais lento dos juros em dezembro, mas que pico está longe

Dados Econômicos 30.11.2022 16:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters
 
EUR/USD
-0,49%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
GBP/USD
-0,67%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/JPY
-0,42%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/BRL
-1,54%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
DX
+0,28%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
DXY
+0,02%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Yasin Ebrahim

Investing.com -- O presidente da Federal Reserve, Jerome Powell, disse na quarta-feira que o ritmo de aumento das taxas de juros provavelmente irá diminuir, mas o nível de pico das taxas será mais alto do que o esperado anteriormente, pois há um longo caminho a ser percorrido para conter a inflação acima da tendência.

AO VIVO: O que Powell do Fed vai falar no Brookings Institution?

"Moderar o ritmo de aumento das taxas pode vir assim que a reunião de dezembro", disse Powell em discurso na quarta-feira no evento do Brookings Institution em Washington. Ele acrescentou que a política monetária do Fed estava se aproximando "do nível de contenção que será suficiente para reduzir a inflação".

O presidente do Fed, entretanto, recuou contra as apostas do mercado para uma pausa mais cedo em vez de mais tarde no aumento de juros, dizendo que o nível máximo das taxas, ou a taxa terminal, precisará ser "um pouco mais alto do que se pensava por ocasião da reunião de setembro e do Resumo das Projeções Econômicas".

Cerca de 70% dos investidores esperam que o Fed diminua a taxa de subida para 50 pontos-base em dezembro, em comparação aos 75 pontos-base observados nas quatro reuniões anteriores do Fed.

"Continuamos esperando que o FOMC diminua o ritmo das subidas de taxas para 50bp em dezembro e para 25bp em fevereiro, março e maio, elevando a taxa de fundos para um pico de 5-5,25%". afirma o Goldman Sachs em relatório antes do discurso de Powell

O mais recente índice de preços de consumo pessoal, o indicador de inflação preferido do Fed, de 5%, permanece bem acima dos 2% do Fed.

O Fed tem se voltado para o mercado de trabalho em sua luta contra a inflação, esperando que medidas mais rígidas de política monetária ajudem a esfriar a demanda o suficiente para manter uma tampa no crescimento dos salários e, finalmente, a inflação.

Powell assinalou os serviços principais, que excluem a habitação e cobrem uma ampla gama de serviços desde a saúde, educação e hospitalidade como uma categoria importante da inflação principal, e enfatizou que o aumento dos salários foi um fator chave para a pressão ascendente.

"Como os salários constituem o maior custo na prestação desses serviços, o mercado de trabalho detém a chave para entender a inflação nesta categoria", disse Powell.

Espera-se que o novo relatório do mercado de trabalho, na sexta-feira, mostre que a taxa de desemprego aumentou em novembro à medida que mais pessoas entraram no mercado de trabalho.

"Esperamos que a folha de pagamento dos trabalhadores não agrícolas tenha aumentado em 180.000 em novembro com um aumento na participação de 62,25% para 62,34%, o que eleva a taxa de desemprego de 3,7% para 3,8%", disse o Morgan Stanley em nota.

Powell antecipa aumento mais lento dos juros em dezembro, mas que pico está longe
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (9)
Rodrigo Matos
Rodrigo Matos 30.11.2022 18:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
2023 será terrível
Roberto Barros
Roberto Barros 30.11.2022 17:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
espera-se: Taxa de desemprego aumente em Nov. à medida que mais pessoas entrem no mercado de trabalho. Coisas de mercado financeiro. Hiramm
Manuel Netto
Manuel Netto 30.11.2022 17:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aumentos menores mas o juros mais alto que o previsto: trocou o seis por meia dúzia.
Mathew Newmann
Mathew Newmann 30.11.2022 16:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Enquanto isso, no Brasil da Rachadinha. O maior juro real do mundo para segurar o risco do populismo corrupto de Bozo e Lula.
Reynaldo Schumann
Reynaldo Schumann 30.11.2022 16:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
calma que vem por aí a força do metal
Claudio Abe
Claudio Abe 30.11.2022 16:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nossa esse M N so fala m…
José Artur Medina
José Artur Medina 30.11.2022 16:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só so viciados continuam no IBOV diante de um governo declaradamente perdulário. Qdo a irresponsabilidade fiscal graça, o governo gasta mais do que arrecada, e sem $, imprimem moeda para honrar seus compromissos. Isso leva a inflação e por consequência aumento da txa base de juros, que inviabiliza as compras e vendas a prazo. Produzindo desemprego (catástrofe) que aumenta a mortalidade pelas mais diferentes causas, não adianta nada aumentar bolsas ou auxílios o $ se desvaloriza nos bolso das pessoas. Levando a morte principalmente crianças pobres, malditos sejam os socialitas e esta estupidez satanista e cruel. O demônio lhes aguarda.
Roger Realista
Tudoémanipulação 30.11.2022 16:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Esse coroa tá caducando, não sabe o que faz, necessita urgente de uma camisa de força.
Fábio Santos
Fábio Santos 30.11.2022 16:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Papo de Powell, ninguém acredita mais, vai aumentar 50pb, depois mais 50pb e fica nisso, não vai cair pra 25pb nunca. Como que a taxa de desemprego aumenta com mais gente no mercado de trabalho? Ele quer é manter o dólar forte pq sabe que tá perdendo força no DXY, até aqui no BR tá sendo pressionado, vai manter os salários altos com uma política doméstica de acumulação e pra quem é de fora vai ser mais caro, commodity nenhuma segura um dólar com inflação alta
Cesar Reis
Cesar Reis 30.11.2022 16:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
dá-lhe Selic :(
Nelson Sousa
Nelson Sousa 30.11.2022 16:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Como vao quebrar a America sem aumentar os juros para o cidadao americano pagar? Aumentar juros para "baixar" inflação, é a segunda maior mentira contada, a primeira todo mundo ja sabe!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail