Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira

Publicado 06.10.2023 06:18 Atualizado 06.10.2023 08:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters
 
EWZ
+0,59%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Scott Kanowsky e Jessica Bahia Melo

Investing.com -- Os futuros das ações dos EUA se mantêm firmes, com os investidores se preparando para um relatório mensal crucial sobre empregos, que poderá esclarecer as perspectivas das decisões de política do Federal Reserve para o restante de 2023. Em outro lugar, a presidente do Fed de São Francisco, Mary Daly, sugere que um recente aumento nos rendimentos dos títulos pode diminuir a necessidade de o banco central aumentar ainda mais os custos dos empréstimos este ano, enquanto a ExxonMobil está supostamente em negociações sobre uma aquisição de grande sucesso do grupo de xisto do Texas, a Pioneer. No Brasil, postos de combustíveis começam a receber diesel mais barato diante de corte em tributos federais.

InvestingPro

1. Futuros estáveis antes do relatório de empregos

Os futuros das ações dos E.U.A. mantiveram-se estáveis em torno da linha plana na sexta-feira, antes da divulgação do importantíssimo relatório de empregos de setembro.

Às 8h (de Brasília), o contrato Dow futuros ganhava 0,22%, S&P 500 futuros estava em alta de 0,25% e Nasdaq 100 futuros subia 0,31%.

Os principais índices de Wall Street encerraram a sessão anterior no vermelho, com o índice de 30 ações Dow Jones Industrial Average perdendo 10 pontos, ou 0,03%, o índice de referência S&P 500 caindo 6 pontos, ou 0,1%, e o índice de alta tecnologia Nasdaq Composite caindo 16 pontos, ou 0,1%. No entanto, as ações fecharam bem longe de seus níveis mais baixos do dia, impulsionadas, em parte, por uma diminuição do recente aumento nos rendimentos do Tesouro dos EUA.

Os investidores também estavam digerindo os dados do pedidos de auxílio-desemprego pela primeira vez na quinta-feira, que sugeriam uma resistência persistente nas condições do mercado de trabalho dos EUA - uma perspectiva que poderia reforçar o argumento para o Federal Reserve aumentar as taxas de juros novamente em 2023 e manter os custos dos empréstimos mais altos por um período mais longo.

Os investidores esperam que o quadro do mercado de trabalho fique mais claro com a publicação do sempre crucial relatório do Departamento do Trabalho com as folhas de pagamento não agrícolas, o payroll, às 9h30 sexta-feira.

Os economistas esperam que a economia dos EUA tenha criado 170.000 postos de trabalho em setembro, abaixo dos 187.000 do mês anterior, enquanto o crescimento em ganhos médios por hora é visto como um aumento de 0,3% em relação aos 0,2% do mês anterior. A taxa de desemprego deverá cair de 3,8% para 3,7%.

Um desfile de dados nesta semana apresentou uma narrativa incipiente de um mercado de trabalho restrito, mas possivelmente esfriando gradualmente. Além de um salto mais fraco do que o previsto nos pedidos semanais de auxílio-desemprego, as folhas de pagamento privadas aumentaram menos do que o previsto no mês passado e as vagas de emprego subiram inesperadamente em agosto.

Tanto os mercados quanto os formuladores de políticas estarão atentos a qualquer sinal de força no mercado de trabalho. Um princípio central da recente campanha agressiva do Fed de aumento das taxas de juros tem sido a redução da demanda de mão de obra, o que, em teoria, poderia contribuir para a desaceleração dos aumentos salariais e ajudar a diminuir as pressões inflacionárias.

2. Postos combustíveis brasileiros com diesel mais barato

Ainda que o prazo para repasse ao consumidor possa variar, postos de combustíveis brasileiros já começaram a receber diesel mais barato diante do corte nos impostos federais. A velocidade dos repasses pelas distribuidoras, como Vibra e Raízen (BVMF:RAIZ4), tem sido alvo de críticas dos sindicatos relacionados aos empresários do setor comércio varejista de derivados do petróleo.

As alíquotas de PIS e Cofins para diesel e biodiesel, que foram zeradas nesta quarta, representavam R$ 0,11 por litro considerando o preço final. O corte ocorre pela perda de validade da medida provisória que definiu pela retomada parcial do encargo no mês de agosto. Dessa forma, os tributos sobre o combustível voltam a zero até o final de dezembro deste ano. A expectativa do setor é de redução nos preços nas bombas em breve.

Às 8h, o ETF (NYSE:EWZ) recuava 0,27% no pré-mercado.

3. Daly, do Fed, sugere uma necessidade "reduzida" de novos aumentos das taxas

O esfriamento do mercado de trabalho e o contínuo aperto das condições financeiras podem significar que há menos necessidade de o Fed aumentar as taxas de juros novamente este ano, de acordo com Mary Daly, presidente da filial do banco central em São Francisco.

Nas semanas desde que o Fed apresentou uma previsão de política hawkish em sua reunião de setembro, os rendimentos do Tesouro dos EUA subiram para seus níveis mais altos em mais de uma década. Os dados de emprego desta semana aumentaram ainda mais a venda, já que os investidores apostam que as taxas de fato permanecerão elevadas por mais tempo. Os rendimentos se movem de forma inversa aos preços.

Porém, em discurso no Economic Club of New York na quinta-feira, Daly sugeriu que o aumento dos rendimentos dos títulos de longo prazo - uma tendência que poderia encarecer os custos dos empréstimos para as empresas e, em última instância, desacelerar a economia - "diminuiu" a necessidade de o Fed tomar novas medidas.

"Os mercados financeiros já estão se movendo nessa direção e já fizeram o trabalho. Não precisamos fazer mais nada", disse Daly. Ela acrescentou que, embora o aumento dos rendimentos tenha sido acentuado, não foi desordenado, concluindo que "até agora, tudo bem".

De acordo com a Ferramenta de monitoramento da taxa do Fed do Investing.com, a chance de um aumento de 25 pontos-base na taxa de juros na reunião de novembro do Fed está atualmente em pouco mais de 20%. Enquanto isso, a probabilidade de que o Fed mantenha a política inalterada é de cerca de 78%.

4. A ExxonMobil está em negociações para comprar a perfuradora de xisto Pioneer - relatos da mídia

A ExxonMobil (NYSE:XOM) está em negociações para comprar a Pioneer Natural Resources (NYSE:PXD), no que poderia ser uma das maiores aquisições do grupo petrolífero em mais de 20 anos, de acordo com os meios de comunicação.

Citando pessoas familiarizadas com o assunto, as notícias dizem que o negócio de grande sucesso valeria cerca de US$ 60 bilhões, com um acordo possivelmente chegando nos próximos dias.

O Wall Street Journal foi o primeiro a revelar um relatório sobre as negociações.

A medida ocorre no momento em que a Exxon pretende usar os lucros recordes registrados em 2022 para aumentar sua presença na extensa e lucrativa Bacia do Permiano, no Texas e no Novo México. A Pioneer, que tem uma capitalização de mercado de aproximadamente US$ 50 bilhões, é a maior produtora de petróleo bruto do Texas.

Se concluída, essa seria a maior aquisição da Exxon desde que ela se fundiu com a Mobil em 1999 e praticamente cristalizaria sua posição como a principal empresa petrolífera do Oeste.

5. Preços do petróleo em ritmo de queda semanal acentuada

Os preços do petróleo subiram na sexta-feira, mas estavam a caminho de sua maior queda semanal em meses, devido a preocupações sobre uma possível desaceleração econômica global e o impacto associado à demanda de combustível.

Dados oficiais dos EUA desta semana mostraram um aumento acentuado nos estoques de gasolina, apontando para um possível declínio na demanda no maior consumidor de petróleo do mundo. As atenções agora se voltam para a divulgação do relatório mensal de empregos dos EUA, com os investidores buscando indicações de resistência na economia em geral.

Às 8h, os futuros do petróleo dos EUA estavam 0,21% mais altos, a US$82,48 por barril, enquanto o contrato do Brent subiu 0,21%, para US$84,25.

A referência do petróleo bruto dos EUA caiu 9% esta semana, caminhando para sua maior perda semanal desde abril, enquanto o contrato do Brent caiu mais de 11%, no ritmo de sua maior perda semanal desde março.

China desacelera: “Bomba-relógio” e fim do “crescimento heroico”? Veja no vídeo abaixo:

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Sandro Costa
Sandro Costa 06.10.2023 11:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E a GADAIADA ainda não entendeu porque a ARRECADAÇÃO cai e o PIB cresce... Rsrsrsrs
Mat Newman
Mat Newman 06.10.2023 10:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Gado ouriçado hoje. Tão idiotas que não aprendem que BOZO = LULA = LADRÃO POPULISTA
Rafael De Pereira
Rafael De Pereira 06.10.2023 9:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Faz o L.
Li Viegas
Li Viegas 06.10.2023 8:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tiram quase 4 bilhões da Petrobras para fazer propaganda na glo....lixo e pensam que este país pode dar certo, o que esperar deste desgoverno, o pior. Fracasso, caos total.
wanderson souza
wanderson souza 06.10.2023 8:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Com 4 bilhões vc compra a globo amigo 🤣🤣🤣
Gilberto Carmo
Gilberto Carmo 06.10.2023 8:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fonte: minhocas do teu cérebro
Li Viegas
Li Viegas 06.10.2023 8:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Gilberto Carmo  errei é quase 4 milhões.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail