Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

Moedas: dólar tem baixa ante rivais, com fala do presidente do Fed e PIB dos EUA

Moedas 30.11.2022 19:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Moedas: dólar tem baixa ante rivais, com fala do presidente do Fed e PIB dos EUA
 
GBP/USD
-0,84%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
JPY/USD
+0,19%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/BRL
-1,38%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
EUR/USD
-0,75%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
DXY
+0,34%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

O dólar operou em baixa nesta quarta-feira, 30, ante moedas rivais, em sessão marcada por comentários do presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, pela revisão para cima do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA e pela divulgação do Livro Bege.

O índice DXY caiu 0,93%, aos 105,950 pontos e registrou queda mensal de 5%, a maior para um mês desde 2010, segundo análise da Convera. Ao fim da tarde, o dólar recuava a 137,82 ienes, o euro subia a US$ 1,0417 e a libra avançava a US$ 1,2072.

Hoje, o presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, afirmou que a autoridade monetária americana não pretende apertar demais as condições financeiras dos Estados Unidos, visto que não há previsão de um corte de juros em breve. Powell ainda sinalizou um ritmo mais moderado nas altas nas taxas de juros.

Já o Livro Bege, publicado hoje pelo Fed, indicou que os juros e a inflação continuam pesando sobre a atividade econômica dos Estado Unidos, o que vem aumentando a incerteza e o pessimismo em relação às perspectivas. Apesar desse diagnóstico, mais cedo, o Departamento do Comércio dos EUA indicou que o PIB dos EUA cresceu 2,9% no terceiro trimestre de 2022, número melhor que o esperado, o que pode ajudar a desvalorizar a moeda americana.

No caso do euro, a Conversa destaca que, mesmo com a inflação da zona do euro mais baixa, a moeda conseguiu permanecer mais forte. A expectativa é que, com a taxa inflacionária ainda acima da meta de 2%, o Banco Central Europeu (BCE) siga aumentando juros, mas a um ritmo menor, o que, segundo análise, limitaria a moeda da União Europeia.

Já a libra esterlina teve seu maior ganho mensal desde 2020, segundo a Convera, principalmente em meio à desvalorização do dólar e com o aumento de juros pelo Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês).

Moedas: dólar tem baixa ante rivais, com fala do presidente do Fed e PIB dos EUA
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail