Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira

Ações09.06.2021 09:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Peter Nurse e Ana Carolina Siedschlag

Investing.com - Investidores brasileiros seguem o exterior calmo, ainda de olho no setor financeiro após o aporte milionário de Buffett no Nubank. Lá fora, a cúpula do G-7 pode ser ofuscada pela briga entre União Europeia e Reino Unido. Fastly explica a recente interrupção global de sites na Internet e a inflação chinesa define o cenário para o lançamento dos preços ao consumidor dos EUA na quinta-feira.

Já a inflação oficial do Brasil, IPCA, veio acima do esperado.

Aqui está o que está movimentando os mercados na quarta-feira, 9 de junho.

CONFIRA: Calendário Econômico completo do Investing.com

1. Banco e vacinas

O foco corporativo no Brasil deve se manter no setor financeiro após o aporte de US$ 500 milhões do megainvestidor bilionário Warren Buffett no banco digital Nubank, tornando-o o mais valioso do mundo na categoria.

“A nova rodada é fruto do crescimento hiper-acelerado e sustentável do Nubank. A empresa é o maior banco digital do mundo em número de clientes”, disse o banco em nota.

Enquanto isso, os EUA devem enviar um primeiro lote de 3 milhões de doses de vacina contra Covid-19 da Janssen, da multinacional Johnson&Johnson, com data de validade de 27 de junho, disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em depoimento à CPI da Covid do Senado nesta terça-feira (8).

Já o IPCA de maio foi divulgado às 09h00, com avanço de 0,83% na base mensal e de 8,06% no acumulado em 12 meses. Os dados vieram acima da previsão dos economistas de 0,71% e 7,93%, respectivamente.

O Ibovespa Futuro e o dólar abriram estável, ambos com leve baixa. O índice futuro recuava 0,06% e o dólar caía 0,01% a R$ 5,0318.

2. Briga UE vs. Reino Unido precede o encontro do G-7

O presidente dos EUA, Joe Biden, parte para o Reino Unido nesta quarta-feira (9) na primeira viagem ao exterior desde que assumiu o cargo, em direção a St. Ives, na Cornualha, para uma reunião do G-7.

A reunião provavelmente será dominada por discussões sobre a disponibilidade de vacinas contra o coronavírus, em meio a diferenças sobre como disponibilizar mais doses para países de baixa renda, bem como os direitos de propriedade intelectual para os fabricantes de medicamentos.

Dito isso, antes da reunião de quinta-feira, autoridades britânicas e da União Europeia devem se reunir para tentar neutralizar uma disputa sobre a Irlanda do Norte que ameaça se transformar em uma ação legal.

Em causa está o funcionamento do Protocolo da Irlanda do Norte, parte do acordo Brexit que criou uma fronteira comercial no mar da Irlanda, a fim de impedir o controle de mercadorias ao longo da fronteira terrestre irlandesa.

Como consequência, as mercadorias que chegam à Irlanda do Norte vindas do Reino Unido agora precisam cumprir um conjunto diferente de verificações de saúde e segurança estipuladas pela UE, e o fornecimento de alimentos e medicamentos para a província foi afetado.

3. Ações dos EUA mistas; inflação em destaque

As ações americanas devem abrir praticamente inalteradas nesta quarta, com os investidores evitando assumir posições antes de uma leitura importante da inflação dos EUA no final desta semana.

Às 9h27, os futuros de Dow Jones caíam 0,02%, enquanto os futuros do S&P 500 e do Nasdaq avançavam respectivamente 0,1% e 0,25%.

A cautela antes da divulgação dos últimos números da inflação dos EUA na quinta-feira está limitando a atividade, já que os investidores temem que um número forte possa aumentar a pressão sobre o Federal Reserve para começar a conter a postura de política monetária muito acomodativa.

Os economistas esperam que o IPC de maio suba 4,7% em relação ao ano anterior, um salto dos 4,2% de abril, que foi o aumento mais rápido desde 2008. Se o cenário inflacionário da China servir de guia, o mercado está prendendo a respiração por uma causa justa.

Os preços de fábrica chineses subiram no ritmo anual mais rápido em mais de 12 anos em maio, impulsionados pela alta nos preços das commodities, destacando as crescentes pressões inflacionárias globais.

O IPP da China subiu 9% no ano, um salto acentuado em relação ao aumento de 6,8% em abril, impulsionado por aumentos significativos nos preços do petróleo bruto, minério de ferro e metais não ferrosos.

4. Bug de software interrompe sites

Foi um bug de software que causou a maior interrupção global da internet na terça-feira, disse a Fastly, a empresa por trás do incidente, e foi acionado quando um de seus clientes alterou suas configurações.

"Esta interrupção foi ampla e severa, e realmente lamentamos o impacto para nossos clientes e todos que dependem deles", disse a empresa em um blog de autoria de Nick Rockwell, o executivo sênior de engenharia e infraestrutura.

O problema foi detectado, diagnosticado e corrigido em pouco tempo, ajudando as ações da Fastly a se recuperarem de perdas de cerca de 4% na manhã de terça-feira, para fechar quase 11% a mais. O papel também está quase 2% acima do preço de mercado de quarta-feira.

"Incidentes como este sublinham a fragilidade da Internet e sua dependência de uma colcha de retalhos de tecnologia fragmentada. Ironicamente, isso também destaca a força inerente e a rapidez com que pode se recuperar", disse Ben Wood, analista-chefe da CCS Insight, em uma entrevista à Reuters.

A Fastly opera um grupo de servidores estrategicamente localizados em todo o mundo para ajudar os clientes a mover e armazenar conteúdo perto de seus usuários finais com rapidez e segurança, incluindo os jornais The Guardian e New York Times, bem como os sites do governo britânico, do Reddit e da Amazon (NASDAQ:AMZN) (SA:AMZO34).

5. Petróleo sobe

Os preços do petróleo bruto subiam nesta quarta, ajudados pela confiança crescente sobre as perspectivas da demanda de combustíveis à medida que a economia global se recupera, especialmente os EUA, o maior consumidor do mundo.

Às 9h29, o petróleo WTI subia 0,61% a US$ 70,47 o barril, após fechar na terça acima da marca de US$ 70 pela primeira vez desde outubro de 2018. O Brent subia 0,71% a US$ 72,72, depois de chegar anteriormente a US$ 72,83, o maior patamar desde maio de 2019.

Na terça-feira, o American Petroleum Institute informou que os estoques de petróleo dos EUA caíram 2,1 milhões de barris na semana encerrada em 4 de junho. Se confirmado pela Administração de Informação de Energia dos EUA no final do dia, esta seria a terceira queda semanal consecutiva nos estoques americanos.

Além disso, o EIA elevou sua previsão de consumo de combustível neste ano no país para 1,49 milhão de barris por dia, ante uma previsão anterior de 1,39 milhão de barris por dia.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
César Ferreira
César Ferreira 09.06.2021 10:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Concerteeza o biden vai conseguir afugentar o investir americano e os emergentes Brasil estarão aqui para os receber de braços abertos. Go Biden!
Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues 09.06.2021 9:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
primeira viagem da dilma de calças ao Reino Unido
Albuquerque Tomaz
Albuquerque Tomaz 09.06.2021 9:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
realmente a terra é plana
Luiz Polido
Luiz Polido 09.06.2021 9:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
o bêbado ficou no Brasil.... roubando os id....i....o...tas
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail