Junte-se a +750 mil investidores que copiaram as ações das carteiras dos bilionáriosAssine grátis

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta segunda-feira

Publicado 22.11.2021, 08:44
© Reuters.
EUR/USD
-
US500
-
DJI
-
TLIT
-
EWZ
-
USD/BRL
-
USD/CNY
-
LCO
-
CL
-
IXIC
-
ERICAs
-
VG
-
ZM
-
Z1OM34
-

Por Geoffrey Smith e Ana Beatriz Bartolo

Investing.com - O banco central da China sugere uma possível flexibilização da política, à medida que a crise imobiliária desacelera a economia. A Europa protesta violentamente contra a reintrodução de bloqueios por causa da pandemia e a imposição de vacinas. A PEC dos Precatórios não será suficiente para bancar todas as promessas do governo brasileiro.

Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros na segunda-feira, 22 de novembro.

CONFIRA: Calendário Econômico completo do Investing.com

1. China sugere flexibilização monetária

O banco central da China deu a entender que vai flexibilizar a política monetária do país, à medida que enfrenta uma desaceleração causada pelos problemas do setor imobiliário.

O Banco Popular da China deixou sua taxa básica de juros inalterada em 3,85% na sua última reunião sobre a política monetária, mas retirou alguns de seus comentários mais agressivos do comunicado que acompanha a decisão. Ele havia falado anteriormente da necessidade de controlar rigidamente a oferta monetária e não sobrecarregar a economia com estímulos.

O iuan, que tem sido uma das moedas mais fortes dos mercados emergentes durante todo o ano, subiu para 6,3794 em relação ao dólar, continuando a testar o que seria uma máxima de 3 anos e meio, enquanto os índices de ações de referência subiram até 1,4%.

CONFIRA: Cotação das principais moedas globais

2. As limitações da PEC dos Precatórios

Apesar da PEC dos Precatórios abrir um espaço de R$ 89,6 bilhões no Orçamento em 2022, é improvável que o Governo consiga cumprir todas as promessas feitas, como o reajuste salarial para funcionários públicos.

De acordo com cálculos feitos pela economista da Tendências Consultoria e pesquisadora da FGV-Ibre, Juliana Damasceno, e apresentados ao Valor Econômico, as despesas prometidas como Auxílio Brasil, correção de mínimos constitucionais e emendas impositivas, vale-gás, Auxílio diesel, expansão do fundo eleitoral e revisão de gastos indexados ao INPC, já alcançam os R$ 102,7 bilhões.

Isso faria com que ainda faltassem R$ 13,1 bilhões no Orçamento, além do total que seria liberado pela PEC dos Precatórios.

LEIA MAIS: Bolsonaro sanciona lei que cria Auxílio Gás

3. Mercado americano de ações

As ações dos EUA devem começar a semana claramente em alta, após fechar a semana passada de forma mista, dividida entre uma perspectiva econômica geralmente positiva e o medo de um aperto acelerado da política monetária. O vice-presidente do Federal Reserve, Richard Clarida, reconheceu que os formuladores de políticas do Fed podem discutir uma eliminação mais rápida de suas compras de títulos do que o planejado atualmente quando se reunirem novamente no mês que vem.

Às 08h57, os futuros da S&P 500 subiam 0,41%, enquanto os da Nasdaq 100 e do Dow Jones avançavam 0,38% e 0,48%, respectivamente. O EWZ, ETF que mede o desempenho das ações brasileiras em Wall Street, tinha alta de 0,14% no pré-mercado.

O dia está desprovido de indicadores econômicos importantes. A Zoom Video (NASDAQ:resultados trimestrais, mas somente após o fechamento. Outras ações em foco incluem a Vonage (NASDAQ:VG), que a Ericsson (BS:ERICAs) quer comprar por US$ 6,2 bilhões, e a KKR, que acendeu um incêndio nas ações europeias de telecomunicações com uma oferta pela Telecom Italia (MI:TLIT).

CONFIRA: Cotação dos principais ativos mundiais

4. A Europa se revolta contra as medidas da Covid-19

A taxa de inflação da Alemanha atingirá 6% este mês, enquanto a economia desacelerará, alertou o Deutsche Bundesbank em um relatório mensal que coloca o recente aumento nos casos de Covid-19 em toda a Europa em um contexto ainda mais sombrio.

Houve motins contra a reintrodução de restrições de mobilidade na Holanda e na Bélgica no fim de semana, e protestos em menor escala na Itália, Croácia e Áustria, o último dos quais impôs um bloqueio total em todo o país no final da semana passada.

Karl Lauterbach, um importante especialista em saúde do SPD de centro-esquerda que provavelmente chefiará o próximo governo de coalizão, disse no fim de semana que o país não podia mais descartar a obrigatoriedade de vacinação para todos. O euro continuou a lutar abaixo de US $ 1,1300, enquanto isso.

LEIA MAIS: Peso chileno salta após candidato de extrema direita liderar 1° turno eleitoral

5. O petróleo enfrenta dificuldades após o Japão se aquecer com os planos de liberação de reservas

As notícias da Europa também enfraqueceram o petróleo, o que gerou expectativas de restrições generalizadas à mobilidade nos próximos meses. Instituições como a IEA e a Opep já alertaram que o mercado pode passar de escassez a superávit em função dessa e de outras tendências.

Às 08h58, os futuros de petróleo nos EUA recuavam 0,74%, a US$ 75,38 o barril, enquanto os de Brent caíam 0,71%, a US$ 78,33.

CONFIRA: Cotação das principais commodities globais

Na sexta-feira, os dados da CFTC mostraram que as posições compradas especulativas caíram novamente na semana até terça-feira, sugerindo que os players perderam a fé no ímpeto do petróleo em meio a conversas crescentes sobre uma liberação coordenada de reservas estratégicas por grandes consumidores. O novo primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, indicou anteriormente que o Japão estaria aberto a tal movimento.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.