Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira

Ações 29.07.2022 08:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.
 
LCO
+0,81%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ROKU
-2,84%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
AZN
-2,86%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
IXIC
-0,60%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
PG
+0,10%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
NQZ2
+0,73%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Peter Nurse e Ana Beatriz Bartolo

Investing.com - Espera-se que atualizações positivas das gigantes da tecnologia Amazon e Apple ajudem as ações dos EUA a abrirem em alta, enquanto o crescimento do PIB do segundo trimestre mais forte do que o esperado na zona do euro também ajudou o sentimento de risco. OA reunião da Opep+ da próxima semana é grande nos mercados de petróleo, enquanto a Petrobras (BVMF:PETR4) divulga resultados fortes no 2T22.

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na sexta-feira, 29 de julho.

CONFIRA: Calendário econômico completo do Investing.com

1. Petrobras divulga balanço do 2T22 e distribuição recorde de dividendos

A Petrobras divulgou na noite desta quinta-feira, 28, o seu balanço do segundo trimestre de 2022, com um lucro de R$ 54,3 bilhões, 26,8% a mais do que há um ano, e 21,9% maior do que o registrado no 1T22.

A receita de vendas no período subiu 54,4%, para R$ 170,9 bilhões, frente ao 2T21 e 20,7% em relação ao 1T22. O Ebitda recorrente foi de R$ 99,3 bilhões, alta de 27% comparado 1T22e do fluxo de caixa livre foi de R$ 63,4 bilhões.

Além disso, a Petrobras também anunciou a distribuição recorde de R$ 87,8 bilhões em dividendos referentes ao resultado do 2T22, o que equivale a R$ 6,732003 por ação. Desse total, R$ 32,1 bilhões ficarão com a União, que é a maior acionista da estatal. Com os R$ 17,7 bilhões distribuídos ao governo no 1T22, a União receberá R$ 49,8 bilhões em dividendos referentes aos seis primeiros meses de 2022.

Às 08h15, as ADRs da Petrobras (NYSE:PBR) avançavam 6,42% no pré-mercado americano, enquanto o iShares MSCI Brazil ETF (NYSE:EWZ) subia 0,59%.

LEIA MAIS: Petrobras atinge lucro líquido de R$ 54,3 bilhões no trimestre

2. Amazon e Apple continuam com os balanços de tecnologia

Os ganhos do influente setor de Big Tech continuam a dominar o sentimento, com Amazon (NASDAQ:AMZN) (BVMF:AMZO34) e Apple (NASDAQ:AAPL) (BVMF:AAPL34) superando as expectativas com seus resultados trimestrais divulgados após o fechamento da quinta-feira.

O segundo trimestre foi complicado para a Amazon, com o maior varejista online do mundo vendo as vendas líquidas na América do Norte, o maior mercado da empresa, subindo 10% no trimestre recém-encerrado, em comparação com um ganho de 22% no mesmo período do ano passado. Sua unidade internacional, na verdade, viu um declínio total de 12%.

No entanto, é a perspectiva que impressionou, com a Amazon esperando um salto na receita do terceiro trimestre, por causa da cobrança de taxas maiores das assinaturas de fidelidade Prime em meio à demanda resiliente do consumidor.

Isso após o grande rival Walmart (NYSE:WMT) (BVMF:WALM34) no início desta semana dizer que ganharia muito menos este ano do que o esperado, uma vez que os preços crescentes pesaram nos gastos discricionários dos consumidores dos EUA.

A Apple também previu uma forte demanda por seu principal produto iPhone, apesar dos consumidores reduzirem outros gastos à medida que o crescimento econômico desacelera.

As vendas de telefones da gigante de tecnologia no terceiro trimestre fiscal aumentaram 3%, para US$ 40,7 bilhões, antes do declínio esperado de 3%, superando o mercado global de smartphones, que caiu 9% no último trimestre, segundo dados da Canalys.

Também observou que a demanda se recuperou em meados de junho em seu principal mercado da China, após os bloqueios do Covid-19 prejudicaram as vendas. Dito isso, a receita trimestral na Grande China caiu 1%, quebrando uma série de trimestres fortes na região.

A Apple se recusou a fornecer orientações específicas de receita, citando a incerteza econômica, mas disse que as vendas anuais devem aumentar mais rapidamente no trimestre atual do que o crescimento de 2% registrado no trimestre recém-encerrado - algo que não deve ser desprezado no clima atual.

CONFIRA: Cotações das ações americanas

3. Ações americanas com abertura em alta

Os mercados de ações dos EUA devem abrir em alta na sexta-feira, encerrando a semana com uma nota positiva, devido aos fortes ganhos das gigantes da tecnologia Amazon e Apple.

Às 08h04, os futuros da Nasdaq 100 subiam 1,21%, enquanto os da S&P 500 e da Dow Jones ganhavam 0,83% e 0,40%, respectivamente.

Os principais índices estão em curso pela segunda semana positiva consecutiva, com ganhos corporativos geralmente fortes mantendo a influência mesmo após o Federal Reserve ter aumentado taxas de juros em 75 pontos base e PIB ter contraído pelo segundo trimestre consecutivo.

O blue-chip Dow Jones Industrial Average está 2% maior até agora esta semana, enquanto o S&P 500 de base ampla e o Nasdaq Composite ganharam 2,8 %.

Dito isto, os resultados não foram todos fortes, com a fabricante de chips Intel (NASDAQ:INTC) (BVMF:ITLC34) ficando aquém das expectativas enquanto a fabricante de dispositivos de streaming Roku (NASDAQ:ROKU) alertou para uma desaceleração na publicidade, atingindo fortemente a sua ação.

Os principais balanços de sexta-feira vêm de empresas como Chevron (NYSE:CVX) (BVMF:CHVX34), Exxon Mobil (NYSE:XOM) (BVMF:EXXO34), AstraZeneca (NASDAQ:AZN) (BVMF:A1ZN34) e Procter & Gamble (NYSE:PG) (BVMF:PGCO34), enquanto o índice de despesas de consumo pessoal, a medida de inflação preferida do Fed, bem como renda pessoal e gastos pessoais devem ser liberados.

4. PIB da zona do euro surpreende positivamente

A zona do euro cresceu surpreendentemente forte no segundo trimestre, desafiando as expectativas de desaceleração e a fraca divulgação nos EUA do dia anterior, graças a desempenhos saudáveis ​​na Espanha, França e Itália.

O produto interno bruto da zona do euro subiu 0,7% em relação ao trimestre anterior no período de abril a junho e 4,0% ano a ano, muito melhor do que o esperado de alta trimestral de 0,2% e ganho de 3,4% ano a ano.

Esse crescimento foi amplamente baseado na França, superando as expectativas com um crescimento trimestral de 0,5%, na Itália, com um crescimento muito mais forte de 1,0%, e na Espanha com um aumento igualmente surpreendente de 1,1%.

Todas boas notícias, mas essas são estimativas preliminares que podem ser revisadas posteriormente, e o crescimento preocupante da maior economia da região, Alemanha, estagnou oficialmente no segundo trimestre.

O J.P. Morgan previu no início desta semana uma recessão técnica na zona do euro no início do próximo ano, estimando que o crescimento do PIB na região contrairia 0,5% no quarto trimestre deste ano e no primeiro trimestre do próximo ano.

Inflação: Estamos em uma crise de preços ou crise de oferta?

5. Ganhos do petróleo com OPEP+ em foco

Os preços do petróleo bruto foram negociados em alta na sexta-feira, ajudados por preocupações com a oferta antes da reunião da próxima semana de um grupo de grandes produtores, mesmo em meio a temores de uma recessão global.

A notícia de que a economia dos EUA, a maior do mundo, encolheu pelo segundo trimestre consecutivo pesou no mercado de petróleo na quinta-feira, pois apontou para uma demanda reduzida do maior consumidor do mundo.

Dito isso, o tom fraco não durou muito, pois as atenções se voltam para a próxima reunião entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, um grupo conhecido como OPEP+.

Os membros agora desfizeram o corte recorde de 9,7 milhões de barris por dia acordados em abril de 2020, quando a pandemia do Covid-19 atingiu a demanda.

O presidente dos EUA, Joe Biden, visitou a Arábia Saudita no mês passado na esperança de chegar a um acordo para aumentar a produção, mas pode ser difícil para a maioria do grupo aumentar significativamente a oferta, já que estão lutando para cumprir suas atuais cotas de produção devido à falta de investimento quando os preços eram mais baixos.

Às 08h14, os futuros de petróleo nos Estados Unidos avançavam 2,14%, a US$ 98,48 o barril, enquanto os de Brent subiam 2,01%, a US$ 103,88.

CONFIRA: Cotações das commodities de energia

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira
 

Artigos Relacionados

CVM confirma possibilidade de assembleias no metaverso
CVM confirma possibilidade de assembleias no metaverso Por Estadão Conteúdo - 26.09.2022 1

As companhias abertas no Brasil poderão realizar as suas assembleias no metaverso, espaço virtual que recria espaços e permite a interação entre usuários conectados. Em resposta a...

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (24)
OLMAR CARDOSO
OLMAR CARDOSO 30.07.2022 6:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro tem razão, o lucro da petrobras é gigantesco e não havia justificarica para uma reuniao de diretoria em pleno feriado para aumentar os combustíveis….Muitas empresas e instituições brasileiras estão com um câncer que precisa ser extirpado para o bem de todos…Em nenhum outro momento da historia o investidor da Petrobras esteve tão bem quanto no governo do Bolsonaro, então o Brasil, o governo e os investidores tem um inimigo em comum…
Carlos Colnaghi
Carlos Colnaghi 30.07.2022 2:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eu vejo um monte de cegos!!!
JOCA CUNHA
JOCA CUNHA 29.07.2022 20:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Para todos que defendem a esquerda, peço encarecidamente que façam aplicações nas bolsas de valores de Cuba, da Venezuela ou Coréia do norte.  KKKKKK
Mant Newmann
Mant Newmann 29.07.2022 12:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bozo reclama do lucro da PBR e diz que isso é estupro, Lula tb. Bozo é a favor da compra de votos com Bolsa Esmola, o PT tb. Bozo é contra a independencia da PBR, Lula tb. Bozo rouba e faz armação com o Centrão, o PT tb. Bozo votou contra o Plano Real, o PT tb. Bozo votou contra as privatizações da Telebras e Vale, o PT tb. Bozo votou contra o fim do monopolio da PBR, o PT tb. Bozo culpa a GROBO por tudo, o PT tb. Bozo diz que a justiça brasileira é injusta, o PT tb. Bozo é ladrão, Lula tb. Bozo tem suspeita de ligação com milicia, Lula com PCC. Bozo tem uma horda de militantes idiotas para defender sua roubalheira, o PT tb. O bombeiro tem razão!!! BOZO = LULA = LADRÃO POPULSITA
José Artur Medina
José Artur Medina 29.07.2022 12:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Chora mais! Mimimi mimimi mimimi! O desemprego não pára de cair o v a g a b u n d a!
Guilherme zz
Guilherme zz 29.07.2022 10:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Brasil está crescendo, apesar da torcida contra kkk.
Guilherme zz
Guilherme zz 29.07.2022 10:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Desemprego em queda, os vermelhos ficam em desespero.
Ozeas Souza
Ozeas Souza 29.07.2022 10:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
79% dos brasileiros ganham de 3 salário para baixo. Essas pessoas que estão sofrendo pesado com inflação real de mais de 100% em 2 anos. Atualmente, não compram a metade do que compravam. Para Bolsonaro ser reeleger vai ter que combinar com essa maioria que não o quer.
José Artur Medina
José Artur Medina 29.07.2022 10:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem sofreu foram os 3 milhões de desempregados criados pelo socialismo do PT. Lula até respeito, brigou com os miolo moles do partido e fez o óbvio: reduziu a fome, mas criou o PSOL (dissidência)
Ederaldo Semioni
Ederaldo Semioni 29.07.2022 10:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A verdade é que o eleitor não está acreditando na mudança do bozo,, vide o passado,, os militares nem tão pouco ,,seres pensantes tbm não compraram a ideia de fraude em eleição,, a campanha não vai reagir,, o eleitor quer mudança,,,, bozo não irá se reeleger,,,fato,,,
JR Alonso
JR Alonso 29.07.2022 10:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️
Gilberto Carmo
Gilberto Carmo 29.07.2022 10:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Assinem a carta às brasileiras e brasileiros em defesa do Estado Democrático de direito
JR Alonso
JR Alonso 29.07.2022 10:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
So se for pra botar freio no.STF, que hj é o maior ofensor da democracia brasileira... O resto, é mimimi da turminha que perdeu a mamata... bancos artistas e sindicatos...🤦🏻‍♂️🤷🏻‍♂️
wader leite
wader leite 29.07.2022 9:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Luladrão não !!!!
Ademar Adams
Ademar Adams 29.07.2022 9:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ver ter de engulir o sapo barbudo, bolsonóia!
Ademar Adams
Ademar Adams 29.07.2022 9:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eleitor do Bozo é o puor tipo de brasileiro: só se prrocupa consigo, explora os trabalhadores, é cristão de fancaria, racista, homofóbico e nazi-fascista!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail