Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Primeiro sinais de bolha já começam a aparecer devido ao Fed, diz estrategista

Publicado 02.04.2024, 18:31
Atualizado 02.04.2024, 18:31

Investing.com – Apesar da alta das ações, muitos especialistas estão preocupados com a formação de uma possível “bolha” financeira prestes a estourar.

Albert Edwards, estrategista global do Société Générale, acredita que o mercado de ações pode estar inflado como em crises do passado. Ele aponta para o aumento significativo das bolsas desde o começo do ano como um sinal de que a política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central americano) pode estar muito frouxa.

Edwards destaca as reduções no balanço do Fed e a expectativa de cortes nas taxas de juros ainda este ano, que podem estar tornando as condições financeiras mais relaxadas.

Para ele, isso pode ser a razão pela qual o índice S&P 500 atingiu vários recordes este ano e por que a oferta de dinheiro na economia - um indicador de liquidez - aumentou 10% no último ano, segundo dados do Federal Reserve.

“O foco atual está nas expectativas de que o aumento nos lucros das empresas, impulsionado pela Inteligência Artificial (IA), justifique as altas avaliações de mercado atuais. Quem viveu a bolha da tecnologia, mídia e telecomunicações (TMT) no final dos anos 90 já viu esse filme antes”, comentou Edwards recentemente.

Ele também mencionou que há sinais de que o otimismo dos analistas e as expectativas de lucro das empresas estão diminuindo, apontando especificamente para a queda para menos de 50% na proporção de recomendações de analistas que melhoram as avaliações no índice composto do S&P.

“O otimismo dos analistas do S&P 500 só chegou a 50% antes de cair drasticamente, o que não é típico de recuperações de mercado normais, e muito menos de uma ‘nova era’ de IA”, alertou Edwards, questionando se “este cenário de lucros baixos” é “compatível com um aumento de um terço no índice S&P em um ano”.

Quer ter sucesso nas suas estratégias com ações do S&P 500 em qualquer cenário?

Então acesse o mesmo nível de informações e dados financeiros dos profissionais com os insights e recursos de inteligência artificial disponíveis no InvestingPro.

Use o cupom INVESTIR e tenha um desconto especial nas assinaturas de 1 e 2 anos do Pro e Pro+!

Veja como aplicar o cupom no vídeo abaixo:

caption credit

Últimos comentários

Na minha opinião ainda sobe 20% antes do caos.. Não chegamos ao ponto de bolha.. Não podemos deixar de lembrar que quando uma bolha está prestes a estourar normalmente não haverão artigos apocalípticos como esse.. Praticamente não se fala em crise.. E normalmente quando lemos esse tipo de coisa vem alta pela frente. Claro.. Crises podem vir a qualquer momento sempre.. Mas não é o que está me parecendo por momento.
Disparada do OURO é sinal claro de crise.
Mais um profeta do caos, sigam suas estratégias
Não é por outra razão que o ouro voltou a brilhar, que o petróleo está nas máximas, que a curva de juros está apontando pra cima, que criptomoedas estão sendo procuradas com muita volúpia.
ninguém sabe nada. cassino. a maioria perde. não se iluda.
O lucro das empresas e a economia aquecida, vão sustentar a alta bolsa por ainda muito tempo. As bolhas demora muito mais tempo para estourar
Esquece isso.
Ah tá...entendi...foi o Cavaleiro do Apocalipse que falou! Aliás, ele tem falado há alguns anos repetidamente e nada acontece... S&P500 cresceu em média 10% ao ano nos últimos 10 anos e isso não parece uma bolha... Fica a dica: Bitcoin...
Pouco embasamento tecnico apresentado para tão grande e suposto problema!
Cada um que cuide da sua bolha.
Será que no Brasil vai ser marolinha?
oq tem a ver uma coisa com a outra ??? a bolha é no sp500
Marolinha de Nazaré....
Se estourar a bolha lá, vai virar efeito dominó e chegar aqui.
Tem ações esticadas realmente, como a Nvida por exemplo, msm assim acho que tá longe de ser bolha. De outro lado tem algumas que ainda não se recuperaram,tesla é um caso... no mais acho que tá dentro da realidade. Tem muito "especialista" que queraparecer...
E X A T O !
ah sim claro... ouço isso tem alguns anos ja
Microsoft, Google, Oracle e etc já foram chamadas de bolhas nos anos 90. Quem perde a eleição dúvida da Urna Eletrônica. Quem nunca ganhou na loteria dúvida da sorte e assim caminha a humanidade...
muito bem colocado.
É questão de tempo até não conseguirem mais encobrir a gravíssima crise em que estão!! As bolsas de valores vão quebrar e as pirâmides financeiras vão desabar!!
Vai ser Lojas Americanas Geral...
Relação preço/lucro está chegando no limite (20x) , por isso acredito que isso acontece
Piada né. Ibovespa falido. 90% das ações afundadadas na lama. Cambada de safado
Falido na onde animal? vc é burro ou só está fingindo?
A impressão de 3 PIBs em 4
em 4 anos não conta, FED fez só lambança com Trump e Bide
Então a dívida americana em APENAS 4 anos saiu do ZERO pra 300% na relação dívida/PIB???🤣🤣🤣🤣. E os americanos estão emitindo 1 trilhão de dólares a cada 20 dias???🤣🤣🤣 Prestou realmente atenção no que escreveu??? Chega a ser divertido ler essas pérolas
o investing valoriza muito os pregadores do apocalipse vira e mexe eles publicam esse tipo de conteúdo.
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.