Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

TCU aprova privatização da Eletrobras; oferta pode sair até 15/06, diz fonte

Ações 18.05.2022 19:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Logo da Eletrobras em unidade do Rio de Janeiro 04/02/2022 REUTERS/Pilar Olivares

Por Letícia Fucuchima

(Reuters) - Por sete votos a um, o Tribunal de Contas da União deu aval nesta quarta-feira à privatização da Eletrobras (SA:ELET3), em análise que tratou da modelagem e de parâmetros para o preço mínimo da oferta de ações, que poderia levantar ao menos cerca de 25 bilhões de reais, segundo avaliação preliminar do governo.

O sinal verde da Corte de Contas, apesar de forte oposição manifestada por um dos ministros, o revisor do processo, Vital do Rêgo, é um importante passo para que a Eletrobras possa concretizar sua oferta de capitalização em bolsa, prevista para ocorrer em junho.

Vital do Rêgo, que havia pedido vista do processo no mês passado, propôs paralisar novamente o processo antes da votação de mérito nesta quarta-feira, devido a uma auditoria em curso pelo TCU, mas a sugestão foi rejeitada pelos demais ministros.

"Mesmo sendo derrotado em termos de votos deste plenário, entendo e aceito a decisão da maioria... Mesmo não entendendo o posicionamento dela", disse Vital.

Algumas das irregularidades vistas por Vital nos estudos da privatização da Eletrobras foram rebatidas pelos ministros em suas manifestações.

Em plenário, mostraram-se favoráveis ao prosseguimento da operação da Eletrobras os ministros Aroldo Cedraz (relator do processo), Antonio Anastasia, Augusto Nardes, Benjamin Zymler, Bruno Dantas, Jorge Oliveira e Walton Alencar.

Sobre a suposta subvalorização da fatia brasileira em Itaipu Binacional, Zymler e Cedraz apontaram que a Eletrobras faz a gestão da energia da usina, mas não tem disponibilidade sobre seus ativos.

"A Eletrobras não é e nem nunca foi proprietária ou controladora (de Itaipu), ela foi incumbida da gestão e comercialização da energia no país, sendo remunerada pela prestação desse serviço", explicou Cedraz.

Dantas destacou que a decisão política de desestatizar a maior elétrica da América Latina foi tomada no "foro apropriado" --o Congresso--, e que o TCU fez uma análise dos aspectos técnicos que "assegura a isonomia no processo de compra das ações".

Se contrapondo à tese de Vital de que o governo estaria abrindo mão do controle da Eletrobras "a preço de banana", Jorge Oliveira disse que a operação não significa "entregar de bandeja", uma vez que envolve um aumento de capital da elétrica, que terá maior capacidade de investimento, e ainda deixará a União com um percentual relevante do capital social, de 45%.

Próximos passos

A Eletrobras ainda fará uma análise da íntegra do acórdão do TCU para avaliar se as deliberações do tribunal impõem ajustes nos termos que já haviam sido aprovados pelo governo e seus acionistas, disse na terça-feira o presidente da estatal, Rodrigo Limp.

Ele evitou comentar datas específicas para as próximas etapas da oferta, como "road show" com investidores e publicação do prospecto, mas disse que a intenção é realizar a oferta "o quanto antes", ainda que a data limite para fazer a operação com base nos resultados financeiros do primeiro trimestre seja em meados de agosto.

Uma fonte próxima do processo, que falou sob condição de anonimato, revelou que o cronograma da oferta deverá ser definido até o começo da próxima semana.

"Vamos realizar (a oferta) até 15 de junho e a ideia é detalhar o cronograma até segunda-feira", adicionou.

 

(Por Letícia Fucuchima, com reportagem adicional de Rodrigo Viga Gaier)

TCU aprova privatização da Eletrobras; oferta pode sair até 15/06, diz fonte
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (63)
Paulo Braga
Paulo Braga 19.05.2022 11:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
a esquerda gosta de dizer que a "riqueza" e o "patrimonio" são do povo...mas essas riquezas são exploradas há décadas e só os politicos, parentes dos politicos tipo a Janja, funcionarios, sindicalistas e empresarios da lava-jato ficaram ricos ou mamam delas. Ate que enfim o "pobre" ta se revoltando e pedindo a privatização, pq além de nao receber "riqueza" nenhuma, ele ainda "paga a conta" do monopólio em tudo.
Chris Zoli
Chris Zoli 19.05.2022 10:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro 7 x 1 Esquerdalhas
Pedro Pontes
Pedro Pontes 19.05.2022 8:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro 7 x 1 left
Emerson Camargo Andrade
Emerson Camargo Andrade 19.05.2022 8:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tomara que o futuro comprador não seja uma estatal estrangeira.
Luiz Duque
Luiz Duque 19.05.2022 8:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
privatizar e lindo mesmo,a refinaria da Bahia privatizada gasolina mais cara do Brasil, a energia toca tudo no país inclusive as empresas, energia mais caras menos empregos, e menos renda e Brasil ladeira abaixo, aumento o custo energia elétrica combustível tá sugando todo cidadão, na fonte e tem trouxa comemorando, as telas dos políticos numca vai acabar nesse país ignorante ,só vão mudar agora é pra saúde, e Brasil casa vez mais ,lembrando somos 15 economia do mundo,daqui a 10 anos nesse ritmo 20 pra mais,vendem a casa pra pagar aluguel, Guedes e um geniokkkk
Marcelo Apetz
Marcelo Apetz 19.05.2022 8:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Já fomos a 8º economia do mundo. Hoje a 15º. Então todo esse protecionismo não resolveu nada. Aumento de combustível e energia é no mundo todo. Não é um privilégio do Brasil. Petróleo a $110,00 o barril impacta diretamente nos custos da base da indústria, onde temos o maior volume de empregos. Então é preciso fazer alguma coisa. Se pública não resolveu o caminho é privatizar.
Chris Zoli
Chris Zoli 19.05.2022 8:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fake, Brasil 10°.
Fabio Souza
Fabio Souza 19.05.2022 8:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só de Lula não poder colocar a sua esposa agora em um novo cargo na Estatal já valeu a privatização. Ela ia visitar o presidiário em horário de trabalho. Vergonhoso!!
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara 19.05.2022 5:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tem gente com mil ações da elet comemorando kkk. mas na realidade vai pagar caro na conta de luz. se em sp a enel ja faz cagada e varias coisas... imagina quem fornece...serao reajustes atras de reajustes. povo so pensa no cabide emprego. governo vai vender tudo antes de acabar governo...
Bruno Ben
Bruno Ben 19.05.2022 5:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
isso, vai ser o caos, como foi na epoca da telefonia.
Rodrigo Matos
Rodrigo Matos 19.05.2022 1:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
só isso que ele conseguiu ķkkk coitado ainda bem que está de saída
Rogerio Soares
Rogerio Soares 19.05.2022 0:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A parte mais engraçada é ver pobre comemorando privatização. Noiz si diverti ! kkkkk
Marcelo Moreira
Macknroe 19.05.2022 0:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Como se fizesse sentido comemorar estatização de qualquer coisa. Divertido é ver gente como vc que acha que o mundo e a realidade é extensão da sua bolha.
Paulo Braga
Paulo Braga 19.05.2022 0:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
ue, voces não dizem que a "riqueza" e o "patrimonio" são do povo? então porque essas riquezas são exploradas há décadas e só vocês politicos, funcionarios, sindicalistas e empresarios da lava-jato ficaram ricos ou mamam delas??? Ate que enfim o "pobre" ta se revoltando e pedindo a privatização, pq além de nao receber "riqueza" nenhuma, ele ainda "paga a conta" do monopólio em tudo.
Afonso Henrique Pinto
Afonso Henrique Pinto 19.05.2022 0:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Condição de anonimato…papo furado.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail