Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Vale registra lucro de US$ 2,418 bilhões no 4º trimestre, queda de 35%

Publicado 22.02.2024, 18:09
Atualizado 22.02.2024, 21:40
© Reuters.  Correção: Vale registra lucro de US$ 2,418 bilhões no 4º trimestre, queda de 35%

A Vale (BVMF:VALE3) apresentou lucro líquido de US$ 2,418 bilhões no quatro trimestre de 2023, queda de 35% ante igual período de 2022 e 14,7% a menos na comparação trimestral. No total de 2023, a mineradora somou US$ 7,983 bilhões em lucro, queda de 52,2% em relação a 2022, informou a empresa em seu balanço de resultados, divulgado na noite desta quinta-feira, 22.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado ficou em US$ 6,334 bilhões no quarto trimestre, resultado 37% acima do registrado no último período de 2022 e 51,6% maior na comparação com os três meses imediatamente anteriores. Considerando todo o ano de 2023, o Ebitda somou US$ 17,961 bilhões, 9,1% abaixo do registrado em 2022.

As receitas no 4tri23 somaram US$ 13,054 bilhões, variação de 9,3% na comparação com o 4tri22. Em relação ao trimestre anterior, quando a cifra foi de US$ 10,623 bilhões, houve avanço de 22,8%. No acumulado, o indicador foi de US$ 41,784 bilhões, valor 4,6% abaixo ante 2022.

Investimentos do 4º trimestre são de US$ 2,118 bilhões, alta de 18,5%

A mineradora realizou, no quarto trimestre do ano passado, investimentos de US$ 2,118 bilhões, avanço de 18,5% ante igual período de 2022. Ao longo de 2023, os investimentos somaram US$ 5,920 bilhões, volume 8,7% a mais que no ano anterior, informou a mineradora em sua divulgação de resultados nesta quinta-feira, 22.

De acordo com a Vale, o avanço de 18,5% na comparação anual para os investimentos aconteceram em função, principalmente, de maiores investimentos nos projetos de Soluções de minério de ferro, especialmente Capanema e Estrada de Ferro Carajás, e aos maiores investimentos para melhorar as operações de mina de Metais para Transição Energética.

A dívida líquida terminou o quarto trimestre de 2023 em US$ 9,56 bilhões, aumento de 20% ante o mesmo intervalo de 2022.

Já os custos e despesas totais - excluindo Brumadinho e descaracterização de barragens - foram de US$ 7,278 bilhões no quarto trimestre, retração de 7,8% em relação a igual período de 2022.

De outubro a dezembro do ano passado, as despesas relacionadas a Brumadinho e à descaracterização de barragens somaram US$ 396 milhões, valor 5,6% maior que o registrado no último trimestre de 2022.

As provisões relativas a Brumadinho e à descaracterização de barragens atingiram US$ 3,060 bilhões, cifra 7,6% menor que no quarto trimestre de 2022.

A dívida líquida expandida, que inclui provisões relativas a Brumadinho e Samarco/Fundação Renova (BVMF:RNEW11), atingiu US$ 16,164 bilhões, crescimento de 14,3% na comparação com o último trimestre de 2022. A cifra foi influenciada por um incremento na provisão de US$ 1,2 bilhão realizado no quarto trimestre de 2023, relacionada ao rompimento da barragem da Samarco e a um potencial acordo global com as autoridades brasileiras.

Últimos comentários

Alguem estava vendido e plantou essa materia kkkkk
dividendos na casa de 4% no trimestre, programa de recompra de 10% das ações. só trouxa não entra de cabeça nessa empresa.
Nesse valor é muito arriscado! O auge ja foi, os resultados estao mostrando isso. A empresa esta dando esses incentivos justamente pra que a desvalorização nao aconteça de forma muito rapida, espero que de certo.
tem dividendos,vem recompra, mas o crescimento chinês vai diminuí, junto com os preços do ferro. Fora isso, como disse o Igor, o auge já foi. Vou manter , mas eu não compro agora
Adrs subindo…” raspa a trave direita do goleiro Gatito!”
Persona non Grata
vamos ficar espertos por que a XP está reiterando compra da vale, e no pré market os gringos estão montando posição de compra nas ADR's . Será mesmo que ela está tão ruim assim?...🤔
Aceita o Manteguinha que melhora 🤣🤣🤣
2,74 por ação num trimestre , p mim tá otimo....
Fraquíssimo o resultado!
resultados ruins trimestrais não fazem preço para longo prazo. abrem oportunidades.
Aí vc tem um ponto... Numa queda de uns 3% vale uma compra
Tá maluco , o resultado foi excelente. Vc tá olhando apenas o lucro líquido
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.