Libere dados premium: até 50% de desconto InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

Rotação de Carteira: Ações de Valor x Ações de Crescimento

Publicado 16.03.2021, 08:54
US500
-
DJI
-
US2000
-
MSFT
-
DIS
-
JPM
-
GOOGL
-
AAPL
-
AMZN
-
JNJ
-
CL
-
NFLX
-
BRKb
-
IXIC
-
US10YT=X
-
META
-
IWF
-
IWD
-
GOOG
-
AAPL34
-
AMZO34
-
BERK34
-
DISB34
-
JNJB34
-
JPMC34
-
MSFT34
-
M1TA34
-
NFLX34
-
GOGL34
-

Na coluna de hoje irei falar sobre o cenário para o investimento em ações nos Estados Unidos ao comparar o investimento em ações de tecnologia, caracterizada por serem empresas de crescimento (growth), com as empresas de valor (value).

Parece que, pela primeira vez em duas décadas, o retorno dos investimentos em ações de valor está superando por boa margem o desempenho dos investimentos em ações americanas de crescimento e de tecnologia.

A recente alta das taxas de juros de títulos americanos de dez anos (“Treasuries”) para o patamar de 1,6 por cento ao ano, devido às boas perspectivas de recuperação da economia, é o principal motivo do melhor desempenho das ações de valor em relação às empresas de crescimento.

Pretendo explicar nesta coluna essa dinâmica e dar a minha perspectiva sobre a principal economia do mundo em relação à possível da alta da taxa de juros por parte do Federal Reserve (Fed), o banco central dos EUA, que certamente tem grande impacto em economias emergentes com o Brasil.

Alta na taxa de juros dos EUA

A taxa de juros dos títulos do Tesouro dos EUA, as chamadas “Treasuries”, com vencimento em dez anos apresentou alta em 2021. Saiu de 1,0 por cento ao ano no começo de janeiro para 1,6 por cento ao ano em março de 2021, um aumento considerável de 60 pontos base.

Fonte: Bloomberg

Nos recentes leilões do Tesouro dos EUA os investidores exigiram maior retorno nos títulos de diversos vencimento para investir nas Treasuries. Apenas relembrando as aulas de renda fixa; quanto maior o retorno, menor o preço unitário (PU) dos títulos.

Dia da Independência

O pacote de estímulos a economia foi aprovado pelo Congresso dos EUA: 1,9 trilhão de dólares, com uma renda adicional de 1.400 dólares por cidadão americano.

O presidente americano, Joe Biden, anunciou na quinta-feira (11), em seu primeiro pronunciamento em cadeia nacional, que todos os americanos adultos poderão receber uma dose da vacina a partir do dia primeiro de maio. A meta, disse Biden, é que todos possam se reunir para comemorar o Dia da Independência, em 4 de julho.

Essa vacinação em massa permitirá que a vida volte ao normal nos EUA a partir do Dia da Independência, o que pode acelerar o crescimento da economia americana e causar uma pressão na taxa de juros, que está em nível excepcionalmente baixo.

Rotação de portfolio

Essa perspectiva de recuperação da economia fez com que os gestores de fundos de investimento fizessem uma mudança na carteira de ações e investissem em empresas de setores mais cíclicos (ex: bancos e energia) para se beneficiar da retomada da economia.

A alta da taxa de juros nos EUA imediatamente torna a renda fixa mais atrativa do que o investimento em ações, pois o custo de oportunidade do dinheiro (taxa de juros) sobe e a percepção de risco para o investimento em ações aumenta.

O risco de se investir em ações de crescimento/tecnologia é maior do que nas ações de valor, pois o fluxo de caixa das empresas de crescimento tem prazo (duration) mais longo e com o valor da empresa mais concentrado na perpetuidade.

Definição de ações de valor

Uma empresa de valor pode ser definida por: “uma ação negociada com múltiplos fundamentalistas mais baixos, como por exemplo múltiplo de preço/lucro ou abaixo do seu valor patrimonial.

Os múltiplos das empresas de crescimento/tecnologia são mais elevados do que as ações de valor: múltiplos de preço/lucro entre 50 e 100 vezes, comparado à faixa de 10 a 15 vezes nas ações de valor.

Desempenho ações de valor vs. crescimento

Desde a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais em nov/20, as ações de valor começaram a ter um desempenho melhor, com boas perspectivas de recuperação da economia dos EUA.

No acumulado de 2021, as ações de valor tiveram retorno muito superior ao das empresas de crescimento/tecnologia. O índice Russel 1000 Value acumula alta de 10,4 por cento desde o final de outubro do ano passado, comparado à valorização de 0,5 por cento no índice Russel 1000 Growth, uma diferença de quase 10 pontos percentuais, umas das maiores da série histórica.

Gráfico, Gráfico de linhas

Descrição gerada automaticamente

Fonte: ComDinheiro

Essa é a maior diferença de rendimento entre ações de valor e crescimento desde o estouro da bolha de tecnologia em 2001.

Entretanto, nos últimos dez anos (2010 a 2020) o índice de ações de crescimento/tecnologia multiplicou o seu valor por quatro vezes, enquanto o índice de ações de valor foi de duas vezes no período.

Exemplos de empresa de Valor e Crescimento/Tecnologia

As principais empresas de valor do índice Russell 1000 Value (NYSE:IWD) são: Berkshire Hathaway (NYSE:BRKb) (SA:BERK34), JPMorgan Chase (NYSE:JPM) (SA:JPMC34), Johnson & Johnson (NYSE:JNJ) (SA:JNJB34) e Walt Disney (NYSE:DIS) (SA:DISB34).

Fonte: ComDinheiro

As maiores participações de empresas de crescimento no índice Russell 1000 Growth (NYSE:IWF) são: Apple (NASDAQ:AAPL) (SA:AAPL34), Microsoft (NASDAQ:MSFT) (SA:MSFT34), Amazon (NASDAQ:AMZN) (SA:AMZO34) e Facebook (NASDAQ:FB) (SA:FBOK34).

Os últimos serão os primeiros

Os setores que tiveram o melhor desempenho em bolsa em 2020 foram as ações de crescimento mais ligadas à tecnologia como varejo eletrônico, entretenimento e serviços. Por outro lado, os setores industriais e mais voltados ao consumo, como bancos, turismo e serviços, ficaram para trás.

Os principais índices de ações dos EUA tiveram o seguinte desempenho em 2020: Nasdaq com alta de 43,9 por cento, S&P500 com valorização de 15,9 por cento e o Dow Jones Industrial com retorno de apenas 6,8 por cento.

Fonte: ComDinheiro

Em 2021 o desempenho dos principais índices de ações dos EUA se inverteu: o melhor retorno acumulado (até 11/mar) é do Dow Jones Industrial: 6,8 por cento, comparado à alta de 5,5 por cento no S&P500 e da valorização de apenas por 4,1 cento da Nasdaq.

O Nasdaq é um índice de ações de tecnologia com mais empresas de crescimento, enquanto o Dow Jones Industrial é um índice que tem empresas de valor em setores cíclicos.

Conclusão

Com a retomada da economia dos EUA, acredito que os setores que terão melhor desempenho são mais cíclicos e ligados às empresas de valor: bancos, saúde, energia (petróleo) e commodities.

Com a reabertura da economia deveremos ver um aumento no consumo de combustíveis, com carros e aviões circulando mais, o que deve elevar os preços do petróleo.

Com a possível alta das taxas de juros de curto prazo (Fed Funds), os resultados dos bancos serão beneficiados com melhora do spread bancário e com o crescimento dos lucros.

Diversificação de ativos

Por último, ressalto que a diversificação de ativos é o “último almoço de graça em investimentos”. Portanto, não é para zerar o investimento em ações de crescimento/tecnologia, tão bem representadas pelas FAANMG (Facebook, Apple, Amazon, Netflix (NASDAQ:NFLX) (SA:NFLX34), Microsoft e Google (NASDAQ:GOOGL)) (SA:GOGL34), mas também não é para ter uma carteira somente com ações de valor.

Acredito que os múltiplos de algumas empresas de crescimento/tecnologia atingiram níveis muito altos, mais de 100 vezes preço/lucro, enquanto empresas de valor tem múltiplos atrativos na faixa de 10 a 15 vezes preço/lucro.

Dessa forma, acredito que os índices de ações de valor deverão ter melhor desempenho dos que os índices de empresas de crescimento/tecnologia em 2021.

Margem de segurança, comprar um bom negócio num preço justo e retorno em dividendos, principais pilares do Value Investing, deverão estar mais na moda nas bolsas de valores pelo mundo, com ótimo retorno em 2021.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.