Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

"Selloff" nas Bolsas Mundiais Continua, com Ata do FOMC no Holofote do Investidor

Por Haramoto Resumo do Mercado06.01.2022 08:09
br.investing.com/analysis/selloff-nas-bolsas-mundiais-continua-com-ata-do-fomc-no-holofote-do-investidor-200446936
"Selloff" nas Bolsas Mundiais Continua, com Ata do FOMC no Holofote do Investidor
Por Haramoto   |  06.01.2022 08:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

ÁSIA

 As principais bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta quinta-feira, após o Dow Jones Industrial Average registrar seu primeiro declínio em 2022

No Japão, o Nikkei caiu 2,88% para fechar em 28.487,87 pontos.

Na Austrália, o S & P / ASX 200 caiu 2,74% no dia, para 7.358,30 pontos, arrastados predominantemente por ações de tecnologia da informação, bem como os setores imobiliário, saúde e consumo. As ações da Afterpay despencaram quase 11%. A produtora de urânio Paladin Energy viu suas ações subirem 1,63% e a gigante de mineração Rio Tinto (LON:RIO) subiu 0,73%. BHP(ASX:BHP) subiu 0,12% e Fortescue Metals (ASX:FMG) caiu 0,8%. Entre as produtoras de petróleo, Santos Ltd (ASX:STO) caiu 2,8% e Woodside Petroleum (ASX:WPL) caiu 2,6%.

O índice Hang Seng de Hong Kong caiu 0,72%, em 23.072,86 pontos. As ações da incorporadora chinesa Evergrande (OTC:EGRNY) subiram quase 2%, reflexo do anúncio de que a empresa buscará um adiamento de seis meses no pagamento dos títulos onshore.

Na China continental, o composto de Xangai na China fechou 0,25% menor, em 3,586,08 pontos, enquanto o Shenzhen Component caiu 0,67% para 14.429,51 pontos.

O Kospi da Coreia do Sul caiu 1,13%, fechando em 2.920,53 pontos.

O índice MSCI para Ásia-Pacífico exceto Japão foi negociado em baixa de 1,32%.

EUROPA

 As bolsas europeias operam com perdas substanciais nesta quinta-feira, com os investidores europeus tendo a oportunidade de reagir à ata da última reunião do FOMC realizada em dezembro.

O pan-europeu Stoxx Europe 600 opera em baixa de 1,04%, com ações de tecnologia liderando as perdas, em meio à crescente preocupação com os próximos aumentos das taxas de juros nos Estados Unidos.

O alemão DAX 30 cai 0,83%, o francês CAC 40 recua 0,93%, o FTSE MIB da Itália cai 0,89%.

Na Península Ibérica, o IBEX 35 da Espanha cai 0,56% e o português PSI 20 recua 0,70%.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,40%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American (LON:AAL) e BHP caem 0,1% cada, Antofagasta (LON:ANTO) cai 2,7% e Rio Tinto PLC (LON:RIO) sobe 0,6%. As produtoras de petróleo BP PLC (LON:BP) e Royal Dutch Shell (NYSE:RDSa) caem 0,3% e 0,1%, respectivamente.

EUA

Os futuros dos índices de ações negociam em leve baixa na manhã desta quinta-feira, depois que os principais índices dos EUA fecharam em baixa após a divulgação da ATA do FOMC.

O destaque da minuta da reunião de dezembro do Federal Reserve revelou que o banco central retirou o termo "transitório" assumindo que a inflação está acima do esperado e que as condições para a alta do juros podem ser alcançadas em breve.

Além disso, o Fed também indicou que além da redução do ritmo de compra de ativos (tapering) e subsequentemente alta dos juros, também deve começar a reduzir o tamanho do seu balanço patrimonial acumulado durante a era pandêmica com o programa de compras mensais de ativos como títulos do Tesouro e de títulos lastreados em hipoteca. Quase todos os participantes concordaram que provavelmente seria apropriado iniciar o escoamento do balanço em algum momento após o primeiro aumento da taxa de juros.

As bolsas caíram após o lançamento da ata na terça-feira. O Dow Jones Industrial Average fechou 1,07% menor, fechando em 36.407,11 pontos, depois de bater outro recorde intradiário no início da sessão. O S&P 500 caiu 1,94%, para 4.700,58 pontos, com todos os seus 11 setores fechando em baixa. O Nasdaq caiu 3,34%, sua maior perda diária desde fevereiro, fechando em 15.100,20 pontos.

Segundo alguns analistas, todos sabiam que em 2022 seria um ano de transição entre a politica monetária fiscal ultra facilitada para uma política menos agressiva e que isso deve resultar em um impacto sobre os ativos de riscos, como ações.

Nesta quinta-feira, os investidores aguardam o relatório semanal de pedidos de seguro-desemprego que está programado para ser lançado às 10h30, juntamente com a balança comercial americana, enquanto às 12h00 será divulgado o PMI de serviços do ISM e os pedidos às fábricas americanas.

Coinbase (NASDAQ:COIN), Marathon Digital e outras ações relacionadas às criptomoedas estendem as perdas no "pré-market" desta quinta-feira depois da queda do Bitcoin.

CRIPTOMOEDAS

 Nesta quinta-feira, o Bitcoin chegou a cair para US $ 42.500 durante o horário asiático depois de ser negociado acima de US $ 47.000 na quarta-feira. O declínio da maior criptomoeda do mundo coincidiu com uma forte queda nas ações de tecnologia depois que autoridades do Fed indicaram que as leituras de inflação e as condições de trabalho poderiam justificar um aumento da taxa de juros "mais cedo ou em um ritmo mais rápido do que as autoridades haviam antecipado anteriormente.

O "selloff" do Bitcoin pode ser outro sinal de que a criptomoeda está agindo mais como uma ação de tecnologia do que um ativo de valor de reserva, como o ouro. Goldman Sachs (NYSE:GS) argumentou que o Bitcoin pode valer US $ 100.000 se os investidores aceitarem ele no mercado de reservas de valor ao lado do ouro.

Somando a isso, protestos sociais no Cazaquistão afetou a mineração e ajudou a derrubar o preço do Bitcoin. O país vive uma ditadura com forte censura aos meios de comunicação, mas o que se sabe é que milhares de pessoas estão ocupando as ruas e os protestos começaram em oposição ao aumento no preço dos combustíveis, mais especificamente com o GLP, combustível muito utilizado em automóveis, mas se espalharam e passaram a refletir outras insatisfações da população com a política e o governo. Apesar de membros do governo terem renunciado em reação aos protestos e ao anúncio de que os preços do GLP voltariam a baixar, os manifestantes não dão sinais de que vão sair das ruas.

Após a China banir as atividades cripto, o Cazaquistão passou a ser protagonista, tornando-se o segundo no mundo em produção de Bitcoin, atrás dos Estados Unidos, sendo responsável por 18,1% do hashrate global. A ex-república soviética possui um dos preços mais baixos do mundo, cerca de metade das taxas cobradas nos EUA, ideal para a mineração de Bitcoin que consome muita energia. O governo estima que a mineração compõe cerca de 8% da capacidade elétrica do país e que 2/3 são consumidos por mineradores não regulados.

Em novembro do ano passado, o ministro de Energia no Cazaquistão garantiu que mineradores não seriam removidos da rede nacional, porém, os chamados mineradores sombrios, que não estão registrados no governo, deveriam decidir se oficializa suas atividades ou saia do país. Em julho de 2021, foi anunciado que as empresas de mineração de cripto do Cazaquistão terão que pagar uma taxa extra para usar energia elétrica a partir do ano que vem, quando entrarão em vigor novas leis sobre impostos federais aprovadas por parlamentares no início daquele mês.

Bitcoin: -8,33%, em US $ 42.917,40
Ethereum: -12,08%, em US $ 3.364,44
Cardano: -9,84%
Solana: -13,06%
Dogecoin: -7,72%
Shiba Inu: -9,31%
XRP: -9,25%
Litecoin: -9,32%

ÍNDICES FUTUROS - 7h30:
Dow Jones Futuros: +0,24%
S&P 500 Futuros: +0,13%
Nasdaq 100 Futuros: -0,17%

COMMODITIES:
MinFe Dailan: +4,14%
Brent: +1,30%
Petróleo WTI: +1,46%
Soja: -1,18%
Ouro Futuros: -1,25%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

"Selloff" nas Bolsas Mundiais Continua, com Ata do FOMC no Holofote do Investidor
 

Artigos Relacionados

"Selloff" nas Bolsas Mundiais Continua, com Ata do FOMC no Holofote do Investidor

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Askanio Pincowsky
Askanio Pincowsky 06.01.2022 14:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Obrigado
Rodrigo Sena Sousa
Rodrigo Sena Sousa 06.01.2022 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
ótimo artigo. parabéns
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail