Libere dados premium: até 50% de desconto InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quinta-feira

Publicado 03.01.2019, 08:56
© Reuters.
USD/JPY
-
DJI
-
STOXX50
-
JP225
-
JPY/AUD
-
AAPL
-
LCO
-
ESU24
-
CL
-
1YMU24
-
NQU24
-
JPY/TRY
-

Investing.com - Confira as cinco principais notícias desta quinta-feira, 3 de janeiro, sobre os mercados financeiros:

1. Apple despenca após reduzir previsão de receita

As ações da Apple (NASDAQ:AAPL) despencaram quase 8% no pregão de pré-mercado nesta quinta-feira, depois que a fabricante do iPhone reduziu sua previsão de receita trimestral, já que as tensões entre os Estados Unidos e os China atingiram as vendas no país asiático.

O executivo-chefe da companhia, Tim Cook, disse que a empresa espera vendas de cerca de 84 bilhões de dólares no trimestre encerrado em 29 de dezembro, abaixo das estimativas anteriores que estavam entre US$ 89 bilhões e US$ 93 bilhões.

"Embora tenhamos antecipado alguns desafios nos principais mercados emergentes, não previmos a magnitude da desaceleração econômica, particularmente na Grande China", disse Cook em uma carta aos investidores.

"Está claro que a economia começou a desacelerar por lá (na China) no segundo semestre e o que acredito ser a questão é que as tensões comerciais entre os Estados Unidos e a China pressionam ainda mais sua economia", explicou Cook em entrevista CNBC.

Os analistas de Wall Street reagiram às notícias de metas cortando os preços da Apple em mais de 15%.

2. Iene sofre 'flash crash' durante a noite nos mercados de moedas

O susto da Apple fez com que os investidores lutassem pelo refúgio seguro do iene que subiu contra todos os principais rivais no comércio overnight.

Os investidores, referindo-se ao evento como o primeiro flash crash de 2019, explicaram que a falta de liquidez durante as horas da madrugada foi exacerbada pelo fato de que os mercados em Tóquio estavam fechados para o último dia de seu feriado de ano novo e pela negociação por robôs.

Em questão de minutos, o iene subiu em todos os níveis, reservando alguns de seus maiores ganhos contra as tradicionais moedas de alto rendimento favorecidas pelos investidores domésticos de varejo, como o dólar australiano e o lira turca.

O par USD/JPY caiu para 105,00 antes de reduzir as perdas e finalizou em 1,1% para 107,63 às 8h53.

3. Bolsas recuam enquanto as preocupações da Apple amortecem o ânimo

Embora as bolsas de valores tenham iniciado 2019 com uma pequena recuperação após o pior mês de dezembro desde a Grande Depressão, o anúncio surpresa da Apple foi suficiente para devolver o sentimento de baixa aos mercados acionários globais. O mercado futuro dos EUA indica uma abertura negativa em Wall Street com o Dow no caminho para uma queda de três dígitos. Às 8h54 o blue chip futuros do Dow caía 352 pontos, ou 1,51%, os futuros do S&P 500 recuavam 42 pontos, ou 1,65%, enquanto o índice futuro de tecnologia Nasdaq 100 tinha queda de 172 pontos, ou 2,70%.

Na Europa, as ações sentiram o baque com o setor de tecnologia levando a perdas profundas enquanto os fornecedores de chips do iPhone diminuiu drasticamente. O índice pan-europeu Euro Stoxx 50 recuava mais de 1%.

Mais cedo, bolsas asiáticas também fecharam em baixa já aviso da Apple aumentou as preocupações anteriores sobre a desaceleração da economia chinesa. O Nikkei do Japão permaneceu fechado para o feriado de Ano Novo.

4. Democratas tentam parar o fechamento do governo, mas existe pouca esperança de acordo com Trump

Com a a paralisação parcial do governo dos EUA segue pelo 13º dia, os democratas que tomaram o controle da Câmara dos Deputados planejavam tentar aprovar um projeto de lei na quinta-feira que proporcionaria o financiamento temporário para os serviços federais se reativarem.

O projeto de lei, no entanto, não incluiria o financiamento para o muro da fronteira mexicana, uma condição necessária para que o Presidente Donald Trump aceite o plano.

O líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, disse na quarta-feira que os republicanos do Senado não aprovariam uma proposta que Trump não apoia.

As expectativas mudaram para sexta-feira, quando os líderes do Congresso estarão prontos para retomar as negociações com Trump.

5. Preços do petróleo caem enquanto atenção se volta para os estoques americanos

Os preços do petróleo caíram na quinta-feira com a turbulência no mercado de ações e o crescimento global preocupa, diminuído o apetite por ativos de risco fazendo os investidores voltarem sua atenção para as últimas leituras semanais sobre os estoques americanos.

Os contratos futuros de petróleo dos EUA perdiam 34 centavos, ou 0,73%, para US$ 46,20 às 8h55, enquanto o petróleo Brent caía 2 centavos, ou 0,04%, para US$ 54,89.

O Instituto Americano de Petróleo irá divulgar seus dados semanais sobre os estoques às 7h30, ao passo que os dados oficiais do governo norte-americano serão divulgados na sexta-feira em meio a expectativas de um empate de 2,3 milhões de barris.

Ambos os relatórios serão divulgados mais tarde do que o normal devido ao feriado de Ano Novo.

- Reuters contribuiu com esta reportagem.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.