🔮 Melhor do que Buffett? Nosso Preço-Justo achou essa joia com +42% 5 meses antes deleLibere o preço-justo

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira

Publicado 22.05.2024, 08:04
© Reuters
US500
-
MSFT
-
EWZ
-
AAPL
-
NVDA
-
ADI
-
TGT
-
TJX
-
AMD
-
LCO
-
CL
-
1YMM24
-
NQM24
-
URBN
-
IXIC
-
SMCI
-
RJF
-
TOL
-
XP
-
PLTR
-
US500
-
XPBR31
-
ARM
-

Por Peter Nurse e Jessica Bahia Melo

Investing.com – Os resultados da Nvidia estão no centro das atenções do mercado nesta quarta-feira, 22, com os investidores atentos para saber se os números da gigante da tecnologia justificam os níveis elevados do mercado acionário.

No calendário de hoje, as atenções também estarão voltadas para ata da última reunião do Federal Reserve (Fed, banco central americano), enquanto, no Reino Unido, a inflação caiu menos do que o esperado em abril.

Aqui no Brasil, o destaque fica para os resultados da XP Investimentos (BVMF:XPBR31).

Confira agora mais detalhes sobre os assuntos mais importantes hoje no mercado financeiro.

Como saber onde investir para continuar ganhando dinheiro em mercados voláteis? Experimente o InvestingPro e descubra! Clique AQUI, escolha o plano que deseja por 1 ou 2 anos e aproveite seus DESCONTOS. Obtenha até cerca de 50% aplicando o código OFERTAPRO. Não espere mais!

1. Resultados da Nvidia em destaque

O destaque do dia é o aguardado relatório de resultados da Nvidia (NASDAQ:NVDA), líder no setor de semicondutores, previsto para ser divulgado após o encerramento do mercado nesta quarta-feira. Esses resultados são amplamente vistos como um indicador-chave para o avanço do setor de inteligência artificial (IA).

O interesse dos investidores por temas relacionados à IA contribuiu para a valorização do índice Nasdaq Composto, focado em tecnologia, que se aproximou do seu pico histórico, registrando um aumento de mais de 12% este ano.

Os resultados da Nvidia poderão influenciar significativamente os preços das ações de outras empresas ligadas à IA, como Super Micro Computer (NASDAQ:SMCI), Advanced Micro Devices (NASDAQ:AMD), Arm Holdings (NASDAQ:ARM) e Palantir Technologies (NYSE:PLTR). Além disso, esses resultados têm um peso considerável nos mercados mais amplos, uma vez que a Nvidia agora ocupa a terceira posição entre as maiores empresas dos EUA por valor de mercado, superada apenas pela Microsoft (NASDAQ:MSFT) e pela Apple (NASDAQ:AAPL).

A expectativa é que os resultados da Nvidia possam justificar o elevado patamar do mercado de ações, que ganhou força nos últimos meses. "Antecipamos que a Nvidia apresente lucros superiores e aumente seus resultados no trimestre de abril, embora sem alcançar os níveis do trimestre de janeiro, devido à melhoria na oferta e à desaceleração prevista ano a ano, em razão de comparações mais desafiadoras", informaram analistas da Rosenblatt em nota datada de 20 de maio.

"Esperamos volatilidade após a divulgação desta semana, mas permanecemos otimistas com uma narrativa que está cada vez mais alinhada com a principal tendência de longo prazo em toda a tecnologia."

2. Ata do Fed pode fornecer pistas sobre juros

A ata da reunião mais recente do Comitê Federal de Mercados Abertos (Fomc, na sigla em inglês) será divulgada mais tarde na sessão, e os investidores buscarão indícios sobre o timing e a magnitude dos ajustes na política monetária deste ano.

A divulgação recente do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) dos EUA, que veio abaixo do esperado, acalmou as preocupações de que o Federal Reserve mantivesse as taxas de juros elevadas por um período prolongado, embora essa divulgação tenha ocorrido após a reunião do Fed.

Os dirigentes do banco central americano continuam alertando sobre os riscos inflacionários, o que adiciona uma camada de incerteza sobre quando serão iniciados os cortes nas taxas de juros este ano.

Christopher Waller, dirigente do Fed, afirmou na terça-feira que os dados econômicos recentes sugerem que a política restritiva está sendo eficaz, enquanto Raphael Bostic, presidente do Fed de Atlanta, destacou que a instituição deve proceder com cautela antes de realizar o primeiro corte na taxa de juros, para evitar impactos abruptos na inflação.

Os futuros das ações nos EUA negociaram praticamente estáveis na quarta-feira, em um clima de cautela antes da divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve e dos resultados da Nvidia.

Às 7h57 (horário de Brasília), os contratos futuros do Dow estavam ligeiramente em baixa de 0,08%, os do S&P 500 recuaram 0,13%, enquanto os do Nasdaq 100 avançaram 0,08%.

Os principais índices de Wall Street fecharam em alta na terça-feira, com o S&P 500 e o Nasdaq Composto atingindo novos recordes de fechamento.

No setor corporativo, os resultados da Nvidia serão o grande destaque, e outros lucros também serão anunciados por empresas como Target (NYSE:TGT), Analog Devices (NASDAQ:ADI), TJX (NYSE:TJX) e Raymond James (NYSE:RJF).

Adicionalmente, as ações da Urban Outfitters (NASDAQ:URBN) registraram uma alta superior a 6% após a varejista de roupas superar as expectativas com seus resultados financeiros do último trimestre. Por outro lado, a construtora Toll Brothers (NYSE:TOL) viu suas ações valorizarem 1% após revisar para cima suas previsões de entregas para o ano inteiro.

ACOMPANHE: Cotações das ações americanas

3. Queda na inflação do Reino Unido frustra expectativas

A inflação no Reino Unido diminuiu em abril, porém em um ritmo menor do que o esperado, frustrando os investidores que antecipavam uma redução das taxas de juros pelo Banco da Inglaterra no próximo mês. Esse resultado sugere que as pressões inflacionárias globais podem ser persistentes e difíceis de mitigar.

Os preços ao consumidor registraram um aumento anual de 2,3%, uma redução significativa em relação ao aumento de 3,2% observado em março e o menor índice desde julho de 2021, quando alcançou 2,0%, conforme divulgado pelo Escritório de Estatísticas Nacionais. No entanto, esse índice ainda superou a previsão de 2,1%.

A inflação de serviços, um indicador crucial da pressão interna sobre os preços, apresentou-se bem acima das expectativas, atingindo 5,9%, contra 6,0% em março, superando a projeção de 5,5%.

Economistas esperavam uma redução mais substancial na inflação, influenciada por uma queda de 12% nas tarifas reguladas de energia doméstica implementadas no mês anterior.

Com os dados de inflação de abril divulgados na quarta-feira, serão acompanhados por informações oficiais sobre o mercado de trabalho e a inflação de maio antes do próximo anúncio de política monetária do Banco da Inglaterra, agendado para 20 de junho. É amplamente esperado que o Banco da Inglaterra promova cortes nas taxas de juros neste verão, mas agosto é visto como mais provável para o início deste ciclo de reduções, em vez de junho.

4. Recuo nos preços do petróleo após aumento dos estoques nos EUA

Os preços do petróleo recuavam na quarta-feira, marcando a terceira sessão consecutiva de queda, influenciados pelo nervosismo relacionado às taxas de juros dos EUA e um aumento surpresa nos estoques americanos.

Às 7h59, os futuros do petróleo dos EUA eram negociados com uma queda de 0,48%, a US$ 78,28 por barril, enquanto o contrato do Brent cedia 0,48%, cotado a US$ 82,48 por barril.

Dados divulgados na terça-feira pelo Instituto Americano do Petróleo indicaram um aumento inesperado de 2,5 milhões de barris nos estoques de petróleo dos EUA na semana anterior, aumentando as preocupações com a demanda lenta por petróleo no país, especialmente com a aproximação do feriado do Memorial Day, que tradicionalmente marca o início da movimentada temporada de verão.

A divulgação oficial dos dados de estoques pela Agência de Informações sobre Energia ocorrerá mais tarde nesta sessão.

Comentários cautelosos de autoridades do Federal Reserve ao longo desta semana também impactaram negativamente o sentimento do mercado, com temores de que taxas de juros mais elevadas e prolongadas nos EUA possam afetar a demanda ao longo deste ano.

CONFIRA: Cotação das principais commodities

5. Lucro líquido da XP atinge R$1,03 bilhão no primeiro trimestre

A XP reportou um lucro líquido de R$1,03 bilhão no primeiro trimestre de 2024, um ganho anual de 29%. O número também é recorde para os primeiros três meses do ano.

O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) anualizado chegou a 20,7%, ante 18,7% em igual intervalo do ano passado. 2023. Os ativos sob custódia somaram R$1,14 trilhão, alta de 20% na mesma análise.

A receita líquida subiu 29%, atingindo R$4,05 bilhões. Analistas esperavam uma receita de R$4,03 bilhões, de acordo com dados da LSEG. No InvestingPro, a projeção era de R$4,004 bilhões.

As receitas teriam sido alavancadas pelo segmento de varejo, com destaque para a renda fixa, tendência que deve continuar em meio a juros elevados, segundo a administração.

De acordo com a diretoria financeira da empresa, os resultados foram sólidos devido à diversificação de receitas, diante de um cenário macroeconômico ainda desafiador para investimentos.

Às 7h59 (de Brasília), as ações da XP Inc (NASDAQ:XP) perdiam 4,34% no pré-mercado.

O ETF EWZ (NYSE:EWZ) recuava 0,16% no pré-mercado.

*

Precisa de ajuda para navegar nos mercados? InvestingPro é para você!

Seja você busca conquistar orientações sobre investimentos ou procura por ferramentas que permitam escolher as ações corretas do Ibovespa ou dos mercados globais por conta própria, o InvestingPro tem algo a oferecer.

Você encontrará estratégias de IA, indicadores exclusivos, dados financeiros históricos, notícias profissionais e muitos outros serviços para sempre manter uma vantagem nos mercados e saber quais ações comprar e quais evitar.

E os leitores de nossos artigos têm por tempo limitado um desconto especial nas assinaturas.

Inscreva-se agora! E não esqueça o código promocional "OFERTAPRO", válido para assinaturas Pro e Pro+ de 1 e 2 anos!

Recursos do InvestingPro - Use o cupom INVESTIR para um desconto adicional





Veja como aplicar o cupom no vídeo abaixo:

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.