Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Liquidação global de títulos levanta preocupações sobre preços deprimidos nos mercados

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quinta-feira

Economia14.01.2021 08:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Por Geoffrey Smith

Investing.com - O presidente eleito Joe Biden apresentará detalhes do plano econômico durante a pandemia, enquanto o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, pode dar sinais sobre a condução da política monetária do país. Espera-se que os pedidos de seguro-desemprego semanais tenham leve alta. A economia da Alemanha encolheu menos do que o esperado e o superávit comercial da China encerrou a presidência de Trump em recorde. A Câmara votou pela segunda vez o impeachment de Trump na terça-feira, mas não haverá julgamento no Senado tão cedo. A Opep divulga seu relatório mensal sobre o mercado de petróleo. Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros na quinta-feira, 14 de janeiro.

1. Biden detalha planos de estímulo; Powell no radar

O presidente eleito Joe Biden anunciará detalhes dos planos de estímulo extra para apoiar a economia durante a pandemia. Biden prometeu um pacote “na casa dos trilhões de dólares”, um número que impulsionou ações e outros ativos de risco na semana passada.

De acordo com vários relatórios, a proposta deve conter um aumento nos pagamentos diretos de US$ 600 recentemente autorizados para a maioria dos americanos, uma extensão do aumento do seguro-desemprego e apoio aos governos estaduais e locais. Sugestões de que Biden buscará apoio bipartidário implicam que alguns elementos do plano podem ser modificados para apaziguar os legisladores republicanos.

Um aumento nos planos de estímulo implicará em maior endividamento federal e manterá o ônus sobre o Federal Reserve de se tornar o maior comprador dos novos títulos. O presidente do Fed, Jerome Powell, deve falar às 14h30, horário do leste dos EUA.

2. Pedidos de seguro-desemprego no radar, PIB alemão encolhe 5%, recorde de superávit comercial chinês

O anúncio de Biden virá após o que provavelmente será uma nova evidência de um enfraquecimento ainda maior no mercado de trabalho americano devido à pandemia.

Espera-se que os dados semanais às 10h30 mostrem um aumento para 795.000 em pedidos de seguro-desemprego iniciais.

Durante a noite, dados mostraram que a economia da Alemanha encolheu um pouco menos do que o esperado no ano passado, embora ainda tenha sido a maior contração desde a 2ª Guerra Mundial. O produto interno bruto caiu 5% em relação a 2019, melhor do que os 5,2% esperados. Todos os dados alemães recentes tendem a ser revisados ​​para cima, então o resultado final para a maior economia da Europa pode ser melhor do que o relatado hoje.

Já os números comerciais finais da China na presidência de Trump não deram nenhuma indicação de que quatro anos de guerras comerciais tiveram qualquer impacto sobre o país. As exportações cresceram 18% no ano, enquanto o superávit comercial chinês atingiu o recorde histórico de US$ 78,2 bilhões.

3. Índices devem abrir mistos; de olho na volta da Tesla, Blackrock

Os mercados de ações dos EUA devem abrir em leve alta, mas provavelmente permanecerão de lado enquanto se aguarda o anúncio de Biden (e qualquer reação do presidente do Fed, Powell).

Durante a noite, rendimentos do Tesouro dos EUA de 10 anos subiram para 1,11%, com 1,10% marcado para ser o novo nível de suporte, em vez de um nível de resistência.

Às 8h30, os futuros do Dow Jones subiam 0,2%, enquanto os S&P 500 futuros estavam estáveis ​​e os futuros do Nasdaq caíam 0,3%.

As ações que provavelmente estarão em foco mais tarde incluem as da Tesla (NASDAQ:TSLA); (SA:TSLA34), que está sendo instada pelos reguladores a fazer o que seria um de seus maiores recalls de segurança de todos os tempos. A gestora de ativos Blackrock (NYSE:BLK); (SA:BLAK34) e a Delta Airlines (NYSE:DAL); (SA:DEAI34) devem relatar os lucros do quarto trimestre.

4. Trump impeachmado de novo; sem julgamento antes da posse de Biden

A Câmara dos Representantes votou pela segunda vez pelo impeachment do presidente Donald Trump (que agora responde por metade de todos os votos de impeachment desde que a constituição foi elaborada).

Dez legisladores republicanos votaram a favor, enquanto outros quatro se abstiveram. A grande maioria dos legisladores republicanos se opôs, sublinhando a influência que a base eleitoral de Trump ainda exerce sobre o partido.

O líder da maioria de saída no Senado, Mitch McConnell, disse que Trump não será levado a julgamento pela câmara alta até depois da posse de Joe Biden.

5. Entrega do relatório mensal da Opep; petróleo se consolida

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo divulgará seu relatório mensal sobre as perspectivas do mercado global de petróleo bruto por volta das 9h20.

O relatório trará a primeira avaliação da Opep das tendências da demanda para este ano desde a decisão surpresa da Arábia Saudita na semana passada de cortar a produção unilateralmente em 1 milhão de barris por dia durante os próximos dois meses.

Os preços do petróleo atingiram uma sucessão de altas pós-pandemia desde então, ajudados por dois relatórios desta semana mostrando uma queda acentuada nos estoques brutos dos EUA e estavam se consolidando perto das máximas durante a noite. Os futuros do petróleo WTI caíram 0,1%, a US$ 52,84 o barril, enquanto os futuros do Brent caíram 0,3%, a US$ 55,91 o barril.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quinta-feira
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (8)
Jorge Hallyson
Jorge Hallyson 14.01.2021 10:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
um Impeachment a 6 dias do fim do mandato, por que será?
Mostrar respostas anteriores (1)
Renato Matos
Renato Matos 14.01.2021 10:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O mundo agradece....
Celso Camellini
Framelis 14.01.2021 10:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Renato Matos  Infelizmente quem agradece são os que mandam nos EUA - Illuminatis.
Celso Camellini
Framelis 14.01.2021 10:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Trump abandonou a causa principal dos Illuminatis que é a NWO - Nova Ordem Mundial. Biden entrou para rearranjar isso e colocar nos trilhos novamente aparecendo como salvador da pátria e tendo apoio do FED com injeção de bilhões de Dólares novamente nos EUA e mantendo a atual política monetária. Biden deve endurecer com o Brasil também pois apesar de ter recuperado o atraso no processo da Nova Ordem bateu de frente com Bolsonaro que também não apoia a Nova Ordem. Os Illuminatis não dão ponto sem nó e algo será feito para retomar essas diretrizes básicas, principalmente acabar com o papel moeda e colocar os chips nos seres humanos.
Jorge Hallyson
Jorge Hallyson 14.01.2021 10:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Luciane exatamente e não sei o por quê dessa preocupação afinal ele perdeu a eleição "democraticamente" certo?! ou será que não?
Jorge Hallyson
Jorge Hallyson 14.01.2021 10:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Renato a Elite que agradece assim como os generais que vão mandar mais soldados pra morrer.
elton szweryda santos
elton szweryda santos 14.01.2021 10:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
de tao boa gente que o biden é, que mortos e vivos votaram nele, o homem é demais...
Marcos Severiano
Marcos Severiano 14.01.2021 10:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Enquanto não souber diferenciar fake news de fato, dificilmente ganhará dinheiro no mercado financeiro...
Rafael Dantas
Rafael Dantas 14.01.2021 10:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tem uma parte dos brasileiros que parecem patriotas, patriotas americanos. Azuis e vermelhos se alternam no poder nos EUA há séculos, sem novidade no front. A próxima eleição o Biden se reelege, mas se for muito ruim aí um republicano leva. Se ficar os dois mandatos, um republicando vai crescendo neste período pode chegar lá. Simples.
Júnior Alves
Júnior Alves 14.01.2021 10:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Começou a jumentice. kkkkk
Henry Jesus
Henry Jesus 14.01.2021 10:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sorte do Biden que os brasileiros, cidadãos de bem, não puderam votar para as eleições dos EUA, né!? Kkkkkkk
Raulito Castro Rivera
Raulito Castro Rivera 14.01.2021 9:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Notícia podre. Ok não teve impacto na China porém olha os Cofres americanos como estão. Hajudaram para que os países não precisassem se endividar com BM, FMI, outros que estão espalhando terror. E ate agora Estão sentados aguardando .
Neto Bodas
Neto Bodas 14.01.2021 9:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Agronegocio
Daniel Freiberger
Daniel Freiberger 14.01.2021 9:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
BBAS3 com desconto de 5%. Promoção !
daniel daniel
daniel daniel 14.01.2021 9:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pelo visto o medo do Trump está maior a cada dia.
Josias Alves
Josias Alves 14.01.2021 9:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tudo cartas marcadas, tiram o lourao pois ele estava atrapalhando os grandes.
Che Guevara
Che Guevara 14.01.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Que o Trump não apronte mais nada.
Rafael Silva
Rafael Silva 14.01.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
oq ele aprontou? deixa de ser o tario
Adson Moraes
Adson Moraes 14.01.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Rafael Silva assista o documentario “Na rota do dinheiro sujo” o episódio que conta a vida do Trump.
Celso Camellini
Framelis 14.01.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Rafael Silva   Não gerou divisas que impulsiona os EUA - A Guerra e o incentivo à fabricação de armas.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail