Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Tesla fecha escritório satélite na Califórnia e demite cerca de 200 funcionários

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado nesta segunda-feira

Economia 04.11.2019 09:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Investing.com - Arábia Saudita inicia o IPO da Aramco, a empresa mais lucrativa do mundo, e 0 McDonald's vai demitir seu CEO. O secretário de Comércio dos EUA Wilbur Ross diminui as tensões comerciais com Europa e Japão ao prometer que vai fazer boas tarifas de automóveis, fazendo os mercados asiáticos e europeus voarem. Além disso, Christine Lagarde dirige-se à cova dos leões (Berlim) para fazer seu primeiro discurso como chefe do Banco Central Europeu. Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros nesta segunda-feira, 4 de novembro.

1. Arábia Saudita inicia IPO da Aramco; detalhes ainda são nebulosos

A Arábia Saudita finalmente começou a comercializar o IPO da Saudi Aramco, a empresa mais lucrativa do mundo - apesar de suas vulnerabilidades de segurança terem sido expostas nos últimos meses por ataques a instalações importantes de infraestrutura.

O Reino saudita espera arrecadar até US$ 60 bilhões com uma avaliação de US$ 2 trilhões. Os banqueiros a frente do negócio têm sido citados rotineiramente dizendo que uma avaliação entre US$ 1,2 e US$ 1,5 trilhão é a mais realista. Ainda não está claro se os vendedores aceitarão um preço mais baixo para arrecadar mais dinheiro ou se eles irão podar o tamanho do IPO para defender sua avaliação.

Em comparação, os US$ 60 bilhões que estão sendo solicitados são apenas um pouco a menos do que os US$ 62,8 bilhões em entradas líquidas para fundos de ações dos EUA em todo o ano de 2018 (números da Morningstar), por isso é uma aposta justa que os gerentes liquidem ativos de algumas outras posições para liberar dinheiro para a Aramco.

2. Ross inflama mercados asiáticos e europeus com conversa sobre comércio

Os mercados europeu e asiático subiam mais nas negociações durante a noite, depois que o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, aumentava as esperanças de que Washington reduziria as suas ameaças de tarifas de importação de carros estrangeiros.

Em uma entrevista à Bloomberg TV, Ross, que anteriormente adotou uma linha dura na redução do déficit de automóveis dos EUA, se referiu a “conversas muito boas com nossos amigos europeus, japoneses, coreanos e esses são os principais países produtores de automóveis ”.

"Nossa esperança é que as negociações que estamos tendo produzam frutos suficientes para que não seja necessário colocar plenamente em vigor a 232 [Seção 232 de uma lei comercial de 1962], nem que seja necessário colocá-la parcialmente em vigor - acrescentou Ross.

Os comentários elevaram os futuros Nikkei em 1,2% (o mercado está fechado devido a um feriado nacional), enquanto o KOSPI da Coréia subia 1,4%, o Stoxx 600 da Europa e o DAX da Alemanha atingiam altas de 22 meses.

3. McDonald's pune Easterbrook por relacionamento

O McDonald's (NYSE:MCD afirmou que seu conselho votou na demissão do executivo-chefe Steve Easterbrook por um romance - que ele descreveu como consensual - com uma funcionária.

As ações do McDonald's (NYSE:MCD) caíam mais de 10% nas últimas duas semanas desde que a empresa registrou vendas estagnadas e uma queda nos lucros que refletiam pesados ​​investimentos visando acompanhar as mudanças no setor de restaurantes, à medida que os clientes optam cada vez mais por itens saudáveis e delivery. Algumas das mudanças de Easterbrook foram impopulares entre os franqueados e a empresa perdeu participação de mercado nos últimos anos para rivais como a Chipotle Mexican Grill (NYSE:CMG).

Mesmo após o desempenho das duas últimas semanas, as ações dobraram desde que Easterbrook assumiu o controle em março de 2015, superando outras empresas do setor, como a Yum! Brands (NYSE:YUM) e Restaurant Brands International (NYSE:QSR).

4. Ações devem abrir com novos recordes

Os futuros dos EUA devem registrar novos recordes na abertura, conforme os comentários do secretário de Comércio Ross aumentam as recentes notícias positivas sobre comércio.

Às 7h00, os futuros da Dow subiam 129 pontos ou 0,5%, enquanto os futuros do S&P 500 subiam 0,5% e os da Nasdaq 100 subiam 0,6%.

O líder da lista de ganhos de hoje é o Uber (NYSE:UBER) Uber, que vai divulgar o balanço após o encerramento. Espera-se que seja anunciada uma perda de 70 centavos por ação com US$ 3,63 bilhões em receita, em um momento em que há um foco severo sobre estreantes de mercado de alto perfil após o fiasco do IPO do WeWork e a forte queda de Beyond Meat (NASDAQ:BYND) e Pinterest (NYSE:PINS) na semana passada após a expiração do período de lock-up dos investidores.

Serão reportados hoje também Marriott International, Ferrari, Occidental Petroleum, Sprint and Under Armour, o último dos quais relatado no final de semana como objeto de investigações federais sobre suas práticas contábeis.

5. Lagarde faz sua estreia no BCE - em Berlim

Christine Lagarde fará seu discurso de estreia como presidente do Banco Central Europeu (BCE) às 15h30 (horário de Brasília).

A localização e o evento são particularmente importantes: ela estará falando em Berlim em um evento para homenagear Wolfgang Schaeuble, cuja linha dura nas repetidas crises de resgate da Zona do Euro no início da década expôs a falha mais perigosa na arquitetura institucional da zona do euro .

Como diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Lagarde argumentou repetidamente tanto por uma política fiscal mais integrada no nível da Zona do Euro quanto pela Alemanha em particular para estimular o crescimento com sua própria política fiscal. Esses alertas caíram em ouvidos moucos a maior parte do tempo, mas obtiveram mais apoio porque a economia da Zona do Euro parou este ano, principalmente devido a uma provável recessão na Alemanha.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado nesta segunda-feira
 

Artigos Relacionados

TCU analisa contas do governo federal de 2021
TCU analisa contas do governo federal de 2021 Por Agência Brasil - 29.06.2022

Agência Brasil - O Tribunal de Contas da União (TCU) aprecia hoje (29) as contas do presidente da República, Jair Bolsonaro, relativas ao ano de 2021. O relator do processo,...

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail