📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Samsung vê recuperação da demanda em 2024 após perda recorde no setor de chips

Publicado 31.01.2024, 08:58
© Reuters. Estande da Samsung durante feira em Las Vegas
06/01/2023 REUTERS/Steve Marcus
MSFT
-
USD/KRW
-
GOOGL
-
AAPL
-
AMD
-
005930
-
GOOG
-

Por Joyce Lee e Heekyong Yang

SEUL (Reuters) - A Samsung (KS:005930) Electronics previu uma recuperação contínua na demanda de chips de memória e tecnologia em 2024, depois de reportar uma queda de 34% no lucro do quarto trimestre, apesar de uma recuperação no preço da memória, já que a demanda do consumidor permaneceu fraca para muitas empresas.

O maior fabricante mundial de chips de memória disse que espera que os fabricantes de celulares e PCs coloquem mais e melhores chips em dispositivos à medida que o uso da inteligência artificial se expande, enquanto a necessidade de substituir servidores mais antigos também ajudaria em uma recuperação gradual da demanda.

"Em 2024, o negócio de memória espera que o mercado continue a se recuperar, apesar de vários obstáculos potenciais, incluindo políticas de taxas de juros e questões geopolíticas", disse a Samsung em um comunicado.

A Samsung disse que o lucro operacional caiu para 2,8 trilhões de wons (2,11 bilhões de dólares) entre outubro e dezembro, contra 4,3 trilhões de wons no mesmo período do ano anterior.

Para o ano inteiro, seu negócio de chips oscilou para uma perda recorde de 14,9 trilhões de wons em 2023, de um lucro de 23,8 trilhões de wons no ano anterior, atingido por uma desaceleração sem precedentes causada pela fraca demanda por aparelhos que usam chips.

No entanto, as perdas do quarto trimestre diminuíram para 2,18 trilhões de wons, menor do que todas as outras perdas trimestrais em 2023 no negócio que tem sido historicamente a vaca leiteira da Samsung, já que os fabricantes chineses de PCs e celulares começaram a reabastecer os chips e os preços dos chips de memória se recuperaram.

A rival SK Hynix também disse na semana passada que os preços dos chips melhorariam este ano, já que os clientes precisariam reabastecer e os fabricantes continuariam a cortar a produção de chips antigos.

A Samsung disse que seu negócio de memória se concentraria em chips de ponta, incluindo memória de alta largura de banda (HBM) e produtos de servidor usados para inteligência artificial generativa este ano.

Buscando alcançar a SK Hynix em chips de memória usados para inteligência artificial generativa, a Samsung manteve seus gastos de capital para 2023 estáveis em relação ao ano anterior, em parte para expandir a capacidade de produção desses chips, enquanto a SK Hynix e a Micron cortaram investimentos.

A SK Hynix foi a primeira a desenvolver a versão mais recente, chamada HBM3, e tem como cliente a líder em chips de inteligência artificial Nvidia, mas a Samsung está trabalhando para aumentar os rendimentos de seus produtos HBM3 e futuros HBM3E, disseram os analistas.

"Como a empresa disse que está pronta para produzir esses chips avançados no primeiro semestre deste ano, o mercado estará atento à presença significativa que a Samsung pode garantir este ano", disse Ko Yeongmin, analista da Daol Investment & Securities.

RECUPERAÇÃO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS

O negócio de dispositivos móveis registrou um lucro operacional de 2,73 trilhões de wons no quarto trimestre, acima dos 1,7 trilhão de wons do ano anterior, devido à maior demanda por smartphones mais caros, mais remessas de tablets com lançamentos de novos produtos e demanda por dispositivos vestíveis durante a alta temporada de férias.

Em 2023, a Apple (NASDAQ:AAPL) encerrou a sequência de 12 anos da Samsung como a maior vendedora de smartphones do mundo, conquistando uma participação de mercado de 20%, já que a demanda por telefones premium superou a de modelos mais acessíveis, de acordo com um relatório da International Data Corp.

No entanto, a Samsung planeja aumentar as remessas anuais de smartphones emblemáticos a uma taxa de dois dígitos este ano, ajudada por seus mais recentes smartphones premium com funções de inteligência artificial em um esforço para desafiar a Apple.

A empresa também planeja solidificar sua liderança em telefones dobráveis, à medida que concorrentes como Google, da Alphabet (NASDAQ:GOOGL), Motorola e Honor e Oppo da China aumentam suas ofertas de dobráveis.

© Reuters. Estande da Samsung durante feira em Las Vegas
06/01/2023 REUTERS/Steve Marcus

Entre os negócios que permaneceram vulneráveis à fraca demanda do consumidor estiveram as unidades de fabricação de chips por contrato, TV e eletrodomésticos da Samsung.

O preço das ações da Samsung caiu 1,4% nas negociações da manhã, contra uma queda de 0,3% no índice de referência, depois que os resultados dos lucros de seus clientes Microsoft (NASDAQ:MSFT), Alphabet e AMD (NASDAQ:AMD) não atenderam às expectativas, segundo analistas.

As ações da empresa subiram 42% em 2023 com base nas expectativas de aumento da demanda por chips de memória, mas caíram cerca de 5% no acumulado do ano.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.