Garanta 40% de desconto
🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira

Publicado 05.08.2022, 07:58
Atualizado 05.08.2022, 08:17
© Reuters.
EUR/USD
-
US500
-
DJI
-
DHLn
-
WBD
-
LSEG
-
FLR
-
EOG
-
LCO
-
ESM24
-
CL
-
1YMM24
-
NQM24
-
IXIC
-
PETR4
-
WAB
-
CGC
-
UBER
-
DKNG
-

Por Geoffrey Smith e Ana Beatriz Bartolo

Investing.com - Espera-se que os EUA tenham adicionado 250.000 novos empregos não agrícolas em julho – o menor número desde novembro, mas ainda um número decente por medidas históricas. Os democratas enfraquecem seus planos tributários sob a influência do senador Kyrsten Sinema. Warner Bros Discovery despenca depois de anunciar uma possível mudança para streaming gratuito e suportado por anúncios. A Petrobras (BVMF:PETR4) se rende a pressão e reduz o preço do diesel.

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na sexta-feira, 5 de agosto.

CONFIRA: Calendário Econômico completo do Investing.com

1. Dados de empregos dos EUA

Uma semana de dados rastreando os pontos fortes e as dificuldades do mercado de trabalho dos EUA culmina com a divulgação do relatório de emprego de julho às 09h30.

Analistas esperam que o payroll tenha aumentado em 250.000 até o meio do mês, o que seria o nível mais lento de contratação desde novembro e representaria um resfriamento adicional - ainda que relativamente suave - dos ânimos do início deste ano.

A dinâmica da inflação atual garantirá que o aumento sequencial em ganhos por hora médios chame a atenção, bem como a taxa de participação. O balanço da Uber (NYSE:UBER) (BVMF:U1BE34) no início desta semana deu uma forte indicação de que o arrefecimento da economia e o fim das economias da era da pandemia estão forçando as pessoas a voltarem ao mercado de trabalho.

LEIA MAIS: Criação de vagas de trabalho nos EUA deve ter desacelerado em julho, mas longe de níveis da recessão

2. Sinema supostamente deve apoiar o lei de redução da inflação

A senadora democrata Kyrsten Sinema extraiu concessões significativas de seu partido sobre a chamada “Lei de Redução da Inflação”, que deve ser a peça mais importante da legislação econômica dos EUA entre agora e as eleições de meio de mandato em novembro.

De acordo com o The Wall Street Journal, os democratas reduzirão elementos de um imposto mínimo de 15% sobre corporações grandes e lucrativas e eliminarão um aumento de imposto proposto sobre a renda de juros transportados, sinalizando mais uma vitória para o setor de private equity que mais lucra com isso.

Para substituir as receitas perdidas por isso, o partido adicionará um imposto de 1% sobre recompras de ações à legislação, com o objetivo de reduzir o déficit orçamentário federal em US$ 300 bilhões, disse o Journal.

O IRA destina-se a financiar muitos dos projetos favoritos dos democratas sobre clima e saúde.

3. Mercado de ações americanas

Os mercados de ações dos EUA devem abrir em um padrão de espera antes do relatório de emprego, que deve ter uma enorme influência no tamanho do próximo aumento da taxa de juros do Federal Reserve.

Às 08h080, os futuros da Dow Jones subiam 0,04%, enquanto os da S&P 500 e da Nasdaq 100 caíam 0,09% e 0,20%, respectivamente.

As ações que provavelmente estarão em foco mais tarde incluem a Warner Bros Discovery (NASDAQ:WBD) (BVMF:W1BD34), que caiu 10% no pré-mercado depois que o presidente-executivo David Zaslav disse que está analisando a introdução de uma versão gratuita e suportada por anúncios de seu serviço de streaming. Os mercados não gostaram da implicação de receita e lucro no novo spin-off.

Em outros lugares, a temporada de resultados está começando a diminuir, mas ainda há os balanços da Canopy Growth (NASDAQ:CGC), DraftKings (NASDAQ:DKNG), Fluor (NYSE:FLR) ) e Wabtec (NYSE:WAB). Também pode ser interessante a EOG Resources (NYSE:EOG), que subiu 3% no pré-mercado, apesar das previsões de lucro perdidas em sua atualização de ganhos na quinta-feira. Pernoite, Deutsche Post (ETR:DPWGn) e London Stock Exchange Group (LON:LSEG) ambos subiram acentuadamente após ganhos melhores do que o esperado.

CONFIRA: Cotações das ações americanas

4. Petrobras reduz preço do diesel

A Petrobras anunciou ontem, 04, a redução de R$ 0,20 no preço médio de venda do diesel nas refinarias às distribuidoras, uma queda de 3,56%. A partir de hoje, o litro do diesel passa a ser vendido, em média, por R$ 5,41.

Segundo a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis), a redução deve corresponder a uma queda de R$ 0,18 no valor final ao consumidor.

A Associação Brasileira dos Importadores dos Combustíveis (Abicom) aponta, porém, que a redução não elimina a diferença entre os preços praticados pela Petrobras e o mercado internacional. Antes do anúncio da estatal, a diferença entre a paridade era de R$ 0,46. Ainda assim, não eliminar completamente a diferença evita desgastes futuros, caso o preço internacional volte a subir, explica a Abicom.

Além disso, a redução não deve impactar a inflação para este ano, segundo analistas consultados pelo Valor Econômico. Para André Braz, do Ibre FGV, o impacto direto do corte no diesel é de 0,01 ponto porcentual no IPCA em 30 dias.

5. Petróleo atinge novo mínimo de sete meses em momento de risco

Os preços do petróleo bruto atingiram uma nova baixa de sete meses durante a noite antes de se recuperarem ligeiramente, mas ainda foram negociados abaixo de US$ 90 o barril pela manhã em Nova York.

A mensagem apocalíptica do Banco da Inglaterra desencadeou um momento mais amplo de risco nos mercados globais, levando especificamente à aparente capitulação de vários touros do petróleo. Os dados da CFTC posteriores (que vão até terça-feira) podem esclarecer como o posicionamento estava entrando nessa liquidação.

Em outros lugares, as negociações devem ser retomadas sobre a retomada do acordo nuclear com o Irã, que pode levar ao levantamento de sanções à República Islâmica. O progresso real – em oposição a apenas uma conversa feliz – permanece difícil de definir, no entanto.

Às 08h14, os futuros de petróleo nos EUA recuavam 0,73%, a US$ 87,89, enquanto os de Brent caíam 0,53%, a US$ 93,62.

CONFIRA: Cotações das commodities

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.