⌛ Perdeu a alta de 13% da ProPicks em maio? Assine agora e receba mais cedo as ações de Junho.Desbloquear ações

Futuros dos EUA "flat" após DJIA superar os 38.000 pontos

Publicado 23.01.2024, 07:54
NDX
-
UK100
-
XAU/USD
-
US500
-
FCHI
-
DJI
-
US2000
-
AXJO
-
DE40
-
JP225
-
HK50
-
RIO
-
ANTO
-
LMT
-
JNJ
-
AGLJ
-
GC
-
CL
-
ZS
-
NFLX
-
IXIC
-
KS11
-
STOXX
-
CSI300
-
BTC/USD
-
ETH/USD
-
HLFFF
-

Bem-vindo à sua leitura matinal de cinco minutos de como os mercados estão reagindo ao redor do mundo nesta manhã.

ÁSIA: As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta terça-feira após sessão positiva em Wall Street.

O índice Hang Seng de Hong Kong saltou 2,63%, fechando em 15.353,98 pontos, com as ações de tecnologia liderando a alta. A Bloomberg informou que as autoridades chinesas estavam considerando um pacote de estímulo no valor de 2 biliões de yuans (278,53 mil milhões de dólares) para estabilizar os mercados de ações do país. Na China continental, o CSI 300, que agrupa as maiores empresas listadas em Shanghai e Shenzhen, subiu 0,4%, fechando em 3.231,93´pontos, após recuperar de uma mínima de quase cinco anos.

O Nikkei do Japão caiu 0,09% para fechar em 36.517,58, depois que o Banco do Japão manteve a sua política monetária ultra-frouxa inalterada na sua primeira reunião de política do ano, ao mesmo tempo que reduziu a sua previsão de inflação para o próximo ano fiscal. O Banco do Japão decidiu por unanimidade manter as taxas de juros em -0,1% e manteve sua política de controle da curva de rendimento que mantém o limite superior para o rendimento dos títulos do governo japonês de 10 anos em 1% como referência, de acordo com o comunicado divulgado nesta terça-feira, após uma reunião de dois dias. Na perspetiva trimestral sobre a economia japonesa, os membros do conselho do BOJ reduziram a sua previsão de crescimento para o núcleo dos preços ao consumidor, que exclui os preços dos alimentos, para 2,4% no ano fiscal de 2024 a partir de abril, em comparação com 2,8% estimados em outubro.

O Kospi da Coreia do Sul adicionou 0,58%, para 2.478,61 pontos.

Na Austrália, o S&P/ASX 200 marcou o terceiro dia consecutivo de ganhos, subindo 0,51% e terminando em 7.514,90 pontos. As mineradoras estavam entre os maiores avanços, lideradas pelas altas de 4,4% da South32 e 3,3% da IGO. Os pesos-pesados do índice BHP, Rio Tinto (LON:RIO) e Fortescue também avançaram junto com os quatro grandes bancos. As empresas de energia australianas fecharam em baixa, com Woodside perdendo 0,2% e Santos recuando 0,1%.

EUROPA: Os mercados europeus caem na terça-feira, perdendo o ar de positividade visto no início da semana.

O índice pan-europeu Stoxx 600 caiu 0,3% nas primeiras negociações, com a maioria dos setores negociando em território negativo. Os serviços públicos lideraram as perdas, enquanto as ações de mineração sobem.

A empresa suíça de computadores Logitech cai 6,6%, liderando a baixa do índice de referência, após reportar uma queda nas vendas, enquanto o Banco Comercial Português caiu 6,2%. A empresa alemã de entrega de refeições HelloFresh (OTC:HLFFF) salta 5,5%, recuperando-se da baixa, depois de ter sido multado por enviar spam a clientes com textos e e-mails.

O alemão DAX 30 cai 0,2% e o francês CAC 40 perde 0,3%.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,2%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American (JO:AGLJ) sobe 3,1%, Antofagasta (LON:ANTO) avança 0,7%. Entre as gigantes, BHP e Rio Tinto sobem 1,4% e 1,8%, respectivamente. A petrolífera BP sobe 0,8%.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA registram poucos movimentos na manhã de terça-feira, depois que o Dow Jones Industrial Average ultrapassou os 38.000 pontos pela primeira vez.

No pregão regular de segunda-feira, o Dow avançou 0,36% e fechou acima de 38 mil pela primeira vez, em 38.001,81 pontos, um novo recorde para o índice. O S&P 500 subiu 0,22%, em 4.850,43 pontos, também atingindo uma nova máxima histórica. O Nasdaq Composite ganhou 0,32%, em 15.360,29 pontos.

Esses movimentos se somam ao avanço do S&P 500 depois que o índice atingiu oficialmente o território do mercado altista na sexta-feira, renovando seu recorde intradiário anterior e superando as máximas históricas de janeiro de 2022.

Os investidores estão ponderando por quanto tempo os ganhos podem persistir, especialmente porque a recuperação deste ano vem sendo centrado em ações de tecnologia como a Nvidia. Só neste mês, a Nvidia subiu 20%. Em contraste, o Russell 2000, que concentra ações de "small caps", caiu 2%.

Os rendimentos dos Títulos do Tesouro dos EUA subiam ligeiramente na manhã de terça-feira, enquanto os participantes do mercado aguardam a divulgação dos principais dados econômicos no final da semana.

Os investidores estão tentando avaliar quando o Federal Reserve começará a cortar as taxas de juro, o que será um fator determinante da trajetória dos mercados e da economia este ano.

Dois dados econômicos significativos estão na agenda desta semana: o número preliminar do PIB do quarto trimestre será divulgado na quinta-feira, seguido pelo índice de preços de despesas de consumo pessoal para Dezembro. O índice do Departamento do Comércio é esperado para a sexta-feira.

Apesar da perspectiva incerta para as taxas, o sentimento por riscos permaneceu robusto na segunda-feira, uma vez que o Dow Jones Industrial Average e o S&P 500 atingiram recordes históricos.

Na agenda econômica de terça-feira, o índice de manufatura do Fed de Richmond será divulgado às 12h00.

A temporada de balanços corporativos continua esta semana. Na terça-feira, Johnson & Johnson (NYSE:JNJ), Procter & Gamble e Lockheed Martin (NYSE:LMT) estão configurados para reportar antes do sino de abertura. Netflix (NASDAQ:NFLX) divulgará os resultados após o sino de fechamento.

CRIPTOMOEDAS:
Bitcoin: -4,01% em US $ 39.073,90
Ethereum: -6,42% em US $ 2.234,47

ÍNDICES FUTUROS - 7h30:
Dow: -0,01%
S&P 500: +0,05%
NASDAQ: +0,01%

COMMODITIES:
MinFe: +1,42%
Bent: -0,54%
WTI: -0,58%
Soja: +0,31%
Ouro: +0,28%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.