Junte-se a +750 mil investidores que copiaram as ações das carteiras dos bilionáriosAssine grátis

Haddad e BoJ Confundem Mercados. Agenda Cheia; Inflação no Foco. Abertura Positiva

Publicado 18.01.2023, 08:11
UK100
-
XAU/USD
-
FCHI
-
DJI
-
AXJO
-
DE40
-
JP225
-
HK50
-
GS
-
USD/BRL
-
MS
-
GC
-
KC
-
LCO
-
CL
-
SB
-
ZS
-
ZC
-
IXIC
-
BVSP
-
VIX
-
DCIOU4
-

O mercado financeiro no Brasil e seus ativos continuam a navegar sob fundamentos frágeis e notícias pontuais, especialmente aquelas ligadas à política e sinais emitidos da equipe econômica.

Ontem em Davos, Haddad emitiu sinais difusos, como a zeragem do déficit público em 2 anos com o atual plano econômico (?!?), âncora fiscal e reformas, especialmente a tributária, quando ao mesmo tempo, reiterou que a decisão sobre o salário-mínimo, com forte impacto nas contas públicas, é de cunho político.

Além da incompatibilidade dos atuais pretensos planos econômicos, dos quais ainda não se sabe qual será a tal âncora fiscal, com o aumento acima da inflação do salário-mínimo, pouco tem se comentado sobre a reforma administrativa, esta sim conectada aos gastos do governo e que traria a maior confiança aos investidores.

Por enquanto, o mercado continua a se pautar na perspectiva de que o crescimento chines seja tanto um direcionador dos investimentos para países emergentes, quanto um ‘anulador’ de parte dos efeitos negativos de uma possível recessão no hemisfério norte este ano, daí o benefício ao mercado brasileiro e às commodities.

No Japão, a grande expectativa girava em torno de uma ampliação da banda de negociação dos títulos do governo japonês por parte do BoJ ou um possível sinal de alteração da política monetária, tendo ambos não ocorrido.

Com isso, elevou-se o prêmio de maior risco, puxando o Nikkei e outros ativos na região, porém tudo em detrimento ao Yen, a moeda de pior performance durante a madrugada e esta manhã, após Kuroda reiterar o sinal de política dovish.

O retorno das bolsas americanas foi marcado pela decepção com os resultados da Goldman Sachs (NYSE:GS), ainda que o Morgan Stanley (NYSE:MS) tenha superado as expectativas e seguido a linha dos grandes bancos americanos na largada da temporada de balanços corporativos, fechando 2022.

Na sessão de hoje, a agenda pesada conta com vendas ao varejo, produção industrial e inflação ao atacado nos EUA, o PPI e na Europa, o CPI no Reino Unido superou as expectativas aos 0,4%, anual 10,5% e o núcleo se mantem aos 6,3%.

Já na Zona do Euro, o CPI registrou o segundo mês consecutivo de queda e o dado final foi revisado para uma queda mais forte de -0,4%, anual 9,2% e núcleo 5,2% e assim como na Alemanha ontem, alimentos em alta e combustíveis em queda.

ABERTURA DE MERCADOS
A abertura na Europa é positiva e os futuros NY abrem em alta, com a agenda macroeconômica cheia nos EUA e resultados da Alcoa.

Em Ásia-Pacífico, mercados positivos, capitaneados pelo Yen, após Kuroda sinalizar mais estímulos à economia, caso necessário.

O dólar opera em queda contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam no negativos em todos os vencimentos.

Entre as commodities metálicas, altas, destaque ao cobre e ao minério de ferro.

O petróleo sobe em Londres e  em Nova York, com os dados na China criando expectativa de melhora no consumo.

O índice VIX de volatilidade abre em baixa de -0,31%.

CÂMBIO
Dólar à vista : R$ 5,1042 / -0,93 %
Euro / Dólar : US$ 1,09 / 0,714%
Dólar / Yen : ¥ 129,28 / 0,937%
Libra / Dólar : US$ 1,23 / 0,570%
Dólar Fut. (1 m) : 5122,26 / -0,82 %
 
JUROS FUTUROS (DI)
DI - Janeiro 24: 13,49 % aa (-0,46%)
DI - Janeiro 25: 12,52 % aa (-1,14%)
DI - Janeiro 26: 12,37 % aa (-1,14%)
DI - Janeiro 27: 12,36 % aa (-0,99%)
 
BOLSAS DE VALORES
FECHAMENTO
Ibovespa: 2,0386% /  111.439 pontos
Dow Jones: -1,1421% /  33.911 pontos
Nasdaq: 0,1440% /  11.095 pontos
 
Nikkei: 2,50% /  26.791 pontos
Hang Seng: 0,47%  /  21.678 pontos
ASX 200: 0,10% /  7.393 pontos
 
ABERTURA
DAX: -0,157% / 15163,23 pontos
CAC 40: 0,131% / 7086,43 pontos
FTSE: 0,128% / 7861,07 pontos
 
Ibov. Fut.: 2,17% / 112438,00 pontos
S&P Fut.: 0,09% / 4013,25 pontos
Nasdaq Fut.: -0,004% / 11632,00 pontos
 
COMMODITIES
Índice Bloomberg: 0,80% / 112,91 ptos

Petróleo WTI: 1,68% /  $81,53
Petróleo Brent: 1,34% /  $87,07
 
Ouro: 0,34% /  $1.912,81
Minério de Ferro: 1,04% /‎‎ $121,85
 
Soja: 0,47% / $1.546,50
Milho: 0,18% /  $686,50
Café: 1,79% /  $152,50
Açúcar: 0,20% /  $20,19
 
 
 
 
 



 
 
 
 
 
 

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.