Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Calendário Econômico - Fique por dentro de 5 assuntos relevantes da semana

Economia01.11.2020 10:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters

Por Noreen Burke e Leandro Manzoni

Investing.com - Os mercados estarão cheios de riscos para os investidores à medida que uma semana movimentada e aguardada se inicia, com uma eleição presidencial importante nos EUA, a última reunião do Federal Reserve e o relatório de empregos do governo para outubro.

O potencial de um resultado atrasado ou contestado para a eleição de terça-feira é a maior fonte de incerteza que os mercados enfrentam. A temporada de balanços também continuará com dezenas de empresas reportando e o Banco da Inglaterra pode liberar mais estímulos, para apoiar uma economia devastada pelo coronavírus e Brexit.

No Brasil, a semana terá divulgação de PMIs, ata do Copom e IPCA de outubro. Além da continuação da temporada de balanços das empresas listadas na B3, com xx empresas divulgando seus resultados do terceiro trimestre entre terça (3) e sexta-feira (6).

Aqui está o que você precisa saber para começar sua semana.

  1. Eleição presidencial dos EUA

O evento principal será o dia das eleições nos EUA na terça-feira. Está marcada para ser uma das eleições presidenciais mais significativas da história do país. A campanha eleitoral foi particularmente preocupante devido ao coronavírus e ao foco nas consequências imediatas em meio a temores de que um período sem uma imagem clara do resultado possa perturbar os mercados.

LEIA MAIS: Vitória de Trump sem tumultos é melhor resultado para mercado de ações, diz JPMorgan

O presidente Donald Trump, que está atrás do desafiante democrata Joe Biden nas pesquisas, reclamou de um sistema de votação "fraudado" e se recusou a se comprometer com uma transição pacífica de poder se perder.

O presidente minimizou o vírus, enquanto o país registrou mais de 9 milhões de casos, com cerca de 230.000 mortos.

Muita coisa dependerá também do resultado da votação dos deputados e senadores no Congresso. Se as pesquisas estiverem corretas e Biden vencer em uma "onda azul" com os democratas garantindo as duas Casas do Congresso, isso reforçaria a perspectiva de estímulo fiscal rápido e em grande escala.

VEJA TAMBÉM - Eleições nos EUA: entenda como diferentes cenários afetam o Brasil e o Ibovespa

  1. Volatilidade e temporada de balanços

Os três principais índices de Wall Street registraram sua pior semana desde março da semana passada, arrastados por uma queda nas ações de pesos pesados ​​da tecnologia após seus resultados trimestrais, com um aumento recorde nos casos de coronavírus e nervosismo sobre a eleição presidencial adicionando ao clima pessimista. Esta semana, o horário de negociações em Wall Street muda para os investidores brasileiros, com o fim do horário de verão nos EUA, com a abertura às 11h30 e fechamento às 18h00.

O índice de volatilidade VIX, o "medidor do medo" de Wall Street, encerrou a semana perto de uma máxima de fechamento de mais de 4 meses e a volatilidade do mercado parece provavelmente permanecer elevada na próxima semana.

Enquanto isso, a temporada de balanços do terceiro trimestre já passou da metade do caminho em Wall Street, e dezenas de outras empresas devem relatar durante a semana, incluindo Clorox (NYSE:CLX), PayPal (NASDAQ:PYPL) (SA:PYPL34), Mondelez International (NASDAQ:MDLZ) (SA:MDLZ34), Estee Lauder (NYSE:EL) (SA:ELCI34), Fox (NASDAQ:FOX), Bayer (OTC:BAYRY), Sysco (NYSE:SYY) (SA:S1YY34), Qualcomm (NASDAQ:QCOM) (SA:QCOM34), Expedia (NASDAQ:EXPE) (SA:EXGR34), Hilton Worldwide (NYSE:HLT) (SA:H1LT34), Bristol-Myers Squibb (NYSE:BMY) (SA:BMYB34) e AstraZeneca (NYSE:AZN).

No Brasil, a temporada de balanços corporativos do terceiro trimestre continua com força na semana que vem, mais curta por feriado na segunda-feira. Entre os nomes que devem publicar seus resultados estão IRB Brasil (SA:IRBR3), BB Seguridade (SA:BBSE3), Itaú Unibanco (SA:ITUB4), Tim, Gol (SA:GOLL4), Azul (SA:AZUL4), Banco do Brasil (SA:BBAS3), JHSF (SA:JHSF3) e Lojas Renner (SA:LREN3).

SAIBA MAIS: IRB Brasil, Itaú, Gol e Azul continuam temporada de balanços na semana que vem

  1. Reunião do Fed e ata do Copom

Os dirigentes do Fed começarão sua próxima reunião um dia depois do normal na quarta-feira (4) por causa da eleição. Eles vão entregar sua decisão política monetária na quinta-feira, às 16h00 (horário de Brasília), seguida pela conferência de imprensa do presidente do Fed, Jerome Powell, 30 minutos depois.

As autoridades devem adiar o anúncio de medidas de estímulo adicionais, mas podem manter aberta a possibilidade de ajustar o programa de compra de títulos em uma data posterior, possivelmente já em dezembro. Os dirigentes também devem reiterar que a política fiscal é uma ferramenta mais eficaz no momento, em meio a uma recuperação desigual da recessão induzida pelo coronavírus.

Antes do Fed, na terça-feira, o Banco Central do Brasil divulga a ata da última reunião do Copom, realizada na última semana. O Comitê de Política Monetária (Copom) manteve, por unanimidade, a taxa básica de juros em 2% ao ano.

O comunicado manteve a “prescrição futura”” (foward guidance), mantendo o trecho “o espaço remanescente para utilização da política monetária, se houver, deve ser pequeno", para indicar possibilidade de novo corte. No entanto, O BC "ressalta que, em seu cenário básico para a inflação, permanecem fatores de risco em ambas as direções".

VEJA TAMBÉM: Petróleo busca sustentação acima de US$30; perspectiva de alta do ouro com eleição

  1. Relatório de empregos nos EUA, IPCA e PMIs no Brasil

Espera-se que o relatórios de emprego de outubro, a ser divugado na sexta-feira, mostre outro pequeno declínio na taxa de desemprego e a folha de pagamento provavelmente mostre uma nova perda de ímpeto na criação de empregos no setor privado, enquanto o encerramento do Censo é definido para resultar em um entrave do emprego público.

Antes disso, o relatório de quinta-feira pedidos iniciais por seguro-desemprego também será observado de perto. Embora as reivindicações de benefícios tenham caído de um recorde de 6,867 milhões em março, elas permanecem acima do pico semanal de 665.000 visto durante a Grande Recessão de 2007-09.

Cerca de 22,7 milhões de americanos estavam recebendo seguro-desemprego no início de outubro, embora muitos tenham esgotado sua elegibilidade para auxílio estatal.

Já o índice oficial de inflação brasileiro de outubro, o IPCA, será divulgado na sexta-feira. Os economistas estão atentos com a aceleração de preços, especialmente o dos alimentos.

O sinal de alerta mais recente foi com o IPCA-15 de outubro, com alta de 0,94% em relação ao mês anterior e de 3,52% no acumulado de 12 meses, acima da expectativa de 0,81% e 3,40%, respectivamente. Enquanto o IGP-M, índice que reajusta os aluguéis, apresenta aceleração mais significativa em 2020, com o índice de outubro apresentando alta de 3,23% e de 20,93% nos últimos 12 meses.

Na avaliação do Banco Central, a inflação está vindo acima da expectativa devido “alta nos preços dos alimentos e de bens industriais, consequência da depreciação persistente do Real, da elevação de preço das commodities e dos programas de transferência de renda.”, de acordo com último comunicado. No entanto, a autoridade monetária “mantém o diagnóstico de que esse choque é temporário, mas monitora sua evolução com atenção”.

Também estão na prateleira de indicadores econômicos brasileiros nesta semana os PMIs e a produção industrial. Terça-feira será divulgado o PMI industrial, enquanto os PMIs de serviços e composto serão divulgados na quinta-feira. Já a produção industrial de setembro será divulgada na quarta-feira pelo IBGE, com expectativa de crescimento mensal de 3,4% e queda anual de 2,2%.

  1. Reunião do Banco da Inglaterra

Na quinta-feira, o BoE deve aumentar as compras de títulos em 100 bilhões de libras para apoiar a economia por meio de outra onda de coronavírus e Brexit. Isso elevaria a meta de compra de ativos do banco central para 845 bilhões de libras, quase o dobro do nível no início do ano.

Também se espera que os formuladores de políticas reduzam as previsões de crescimento para 2020 e 2021 e indiquem que a recuperação provavelmente demorará mais do que as previsões anteriores.

O banco central provavelmente evitará questões sobre se as taxas de juros poderiam ser reduzidas abaixo de zero, enquanto se aguarda uma revisão do impacto que as taxas negativas teriam na lucratividade do setor bancário.

- Com informações de Reuters

Calendário Econômico - Fique por dentro de 5 assuntos relevantes da semana
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (29)
Joao Batista Pinto de Souza
Joao Batista Pinto de Souza 02.11.2020 15:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Brasil virou estado consumidor dos EUA de Tramp sem nenhuma reciprocidade. Quem compra as empresas e tudo que quer no Brasil do Bozonero são os chinas, nadando de brassadas.
Ricardo Gomes
Ricardo Gomes 02.11.2020 14:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Trump eleito!!! Bolsonaro até 2027. Brasil !!!
Miro Scannia
Miro Scannia 02.11.2020 9:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
#fiqueemcasa e a China comprando tudo muito barato. Produtos e empresas a preços de Black Friday!
Luciano Bueno
Luciano Bueno 02.11.2020 9:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
mercado bem volatil, mas o problema vai ser a degeneracao do Bolsonarismo nos proximos meses com a vitoria do Biden!! que o Guedes se prepare bem, pq ate agora nao conseguiu nada!!
Matemática Patos
Matemática Patos 02.11.2020 9:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Verdade. O gado bozeirudo terraplenista pira nos 30 pela derrota do trumpetudo. Ou vão ter que aprender a mamar no  bidentudo ou vão ficar sem mamar.
Antonio Jose Costa Neto
Antonio Jose Costa Neto 02.11.2020 9:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
deve estar doido, todos falam de quedas acentuadas e futuros americanos e bolsas européias bombando!!!!hoje é bunda pra parede, tudo pode acontecer
Alexandre Camargo Fontes
Alexandre Camargo Fontes 02.11.2020 9:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
diante de todos estes acontecimentos conturbatorios espero sinceramente que o presidente seja reeleito .
Robson Trader
Rfcosta 02.11.2020 8:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Globalismo maldito!
Ricardo Gomes
Ricardo Gomes 02.11.2020 7:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Trump eleito!!! Sardinhas e robôs NÃO operam!!!
Vitor Polidori
Vitor Polidori 01.11.2020 17:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
pior semana desde março da semana passada? não entendi esta parte
Guillermo Lopes
Guillermo Lopes 01.11.2020 17:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Delícia de semana. Minhas put tao Bombando e vao bombar mais. Terça circuit break
Luiz Oliveira
Luiz Oliveira 01.11.2020 17:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quarta talvez
joao luis Gomes
joao luis Gomes 01.11.2020 17:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Papo de vendido, cai mas não força parcero.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail