Junte-se a +750 mil investidores que copiaram as ações das carteiras dos bilionáriosAssine grátis

Ibovespa renova mínimas com alta nos rendimentos dos Treasuries; Petrobras sobe

Publicado 28.05.2024, 14:35
© Reuters. Painel de cotações na B3 n06/07/2023 nREUTERS/Amanda Perobelli
NDX
-
US500
-
DJI
-
DOW
-
PETR3
-
PETR4
-
BVSPUSD
-
VBBR3
-

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa recuava nesta terça-feira, revertendo o sinal mais positivo da primeira etapa da sessão, conforme os rendimentos dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos passaram a subir, enquanto Petrobras (BVMF:PETR4) ainda era um contrapeso positivo relevante.

Às 14h27, o Ibovespa cedia 0,19%, a 124.258,01 pontos, tendo batido 123.985,27 pontos na mínima e 125.392,39 pontos na máxima. O volume financeiro somava 12,1 bilhões de reais.

Nos Estados Unidos, os Treasuries reagiam a dados da economia norte-americana que reforçaram a incerteza em torno do ritmo e do momento do ciclo de flexibilização pelo Federal Reserve, esperado para começar este ano.

O título de dez anos marcava 4,5281% nesta tarde, de 4,473% na véspera e 4,445% na mínima do dia, mais cedo, com uma das divulgações da sessão mostrando uma melhora inesperada na confiança do consumidor norte-americano em maio.

No mercado acionário, o S&P 500 rondava a estabilidade, enquanto o Nasdaq trabalhava no azul e o Dow Jones, no vermelho.

Mais cedo, o presidente do Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, reforçou o tom cauteloso recente de membros da autoridades monetária dos EUA ao afirmar que o BC deve esperar um progresso significativo na inflação antes de cortar os juros.

O declínio no principal índice da bolsa paulista era atenuado pelo desempenho robusto das ações da Petrobras, com as preferenciais avançando 2,7% e as ordinárias valorizando-se 1,73%.

Além da alta do petróleo no mercado externo, também eram analisadas declarações da nova presidente-executiva da Petrobras, Magda Chambriard, que disse na véspera que a política de preços de combustíveis da estatal seguirá "abrasileirada".

A executiva, que tomou posse na sexta-feira passada, lembrou que a Petrobras é uma empresa de economia mista, que será "perfeitamente" capaz de dar retorno a acionistas privados ou à União, que é a controladora.

Ao ser questionada sobre a remuneração ao acionista, Chambriard disse que trabalhará para isso. "Se tem lucro, vai ter lucro, vamos ter dividendos; queremos ter lucro, queremos ter dividendos", afirmou.

Para analistas do BTG Pactual (BVMF:BPAC11), em muitos aspectos, ela sugeriu uma estratégia em que a coerência econômica prevalecerá e os investimentos em negócios que vão além do principal motor de valor da empresa (a montante) não sacrificarão a rentabilidade.

"Mas reconhecemos que a percepção de risco está maior do que há alguns meses, e que os investidores devem ficar atentos aos temas relativamente novos levantados por ela", ponderaram Pedro Soares e equipe em relatório a clientes.

Eles afirmaram que continuam "compradores" de Petrobras.

"Mesmo assumindo potenciais fusões e aquisições e sem dividendos extraordinários -- um cenário que parece improvável --, os rendimentos de dividendos de 11% em 2024 e 2025 continuam acomodando os riscos da tese de investimento."

A equipe do banco de investimentos disse estar ansiosa para ver os próximos passos de Chambriard em relação a possíveis mudanças na equipe de gestão.

"Mas até agora tempos poucas evidências de que seu mandato não seguirá a 'lógica econômica dos negócios da Petrobras' ou que será capaz de minar a evolução da governança corporativa nos anos recentes", acrescentaram.

© Reuters. Painel de cotações na B3 
06/07/2023 
REUTERS/Amanda Perobelli

(Por Paula Arend Laier)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.