Últimas Notícias
Investing Pro 0
O setor da IA está pegando 🔥 Desbloqueie as principais ações em InvestingPro Começar teste grátis

Investidores mundiais seguem de olho no impasse da dívida dos EUA

Por Haramoto Resumo do Mercado25.05.2023 07:50
br.investing.com/analysis/investidores-mundiais-seguem-de-olho-no-impasse-da-divida-dos-eua-200457402
Investidores mundiais seguem de olho no impasse da dívida dos EUA
Por Haramoto   |  25.05.2023 07:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
LCO
-1,21%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
SHIB/USD
-6,95%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
DOGE/USD
+1,44%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
MATIC/USD
-11,03%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ADA/USD
-11,43%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ETH/USD
-0,28%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
Bem-vindo à sua leitura matinal de cinco minutos de como os mercados estão reagindo ao redor do mundo nesta manhã.

ÁSIA: As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta quinta-feira, em meio à preocupações persistentes sobre as negociações do teto da dívida dos EUA.

O índice Hang Seng de Hong Kong liderou as perdas na Ásia caindo 1,82%, fechando em 18.729,50 pontos, o nível mais baixo neste ano.

Os mercados da China continental também caíram, com o Shanghai Composite cedendo 0,11% para terminar em 3.201,26 pontos, seu fechamento mais baixo em mais de quatro meses. O Shenzhen Component fechou em queda de 0,22%, a 10.896,48 pontos, em seu terceiro dia consecutivo de perdas.

O Kospi da Coreia do Sul caiu 0,50% e terminou em 2.554,69 pontos, sua primeira queda depois de fechar estável na quarta-feira, quando quebrou uma sequência de sete dias de altas. O Banco da Coreia manteve sua taxa básica de juros estável pela terceira vez consecutiva em 3,50%, alinhada com a previsão dos economistas que esperavam que o banco central fizesse uma pausa. No início deste mês, o governador do banco central disse que era “prematuro” discutir um corte nas taxas, citando as taxas de inflação no país que ainda estão acima da meta de 2% do Banco da Coreia. A Coreia do Sul deve divulgar seu índice de preços ao consumidor de maio na sexta-feira.

O S&P/ASX 200 da Austrália caiu 1,07% para terminar em 7.136,90 pontos e registrar seu quarto dia consecutivo de perdas. O índice também atingiu seu nível mais baixo em cerca de dois meses. Mineradoras e bancos puxaram o mercado acionário australiano para baixo. Todos os quatro grandes bancos fecharam em queda. As mineradoras de ouro caíram após uma queda no preço do ouro à vista durante o horário asiático. Evolution Mining, Northern Star e Newcrest fecharam em queda de 4,4%, 3,8% e 1,8%, respectivamente. Os pesos-pesados do minério de ferro BHP, Fortescue e Rio Tinto (LON:RIO) registraram queda de 1,4%, 2,9% e 1,8%, com o preço do minério de ferro continuando a cair.

No Japão, o Nikkei contrariou a tendência e subiu 0,39% para terminar em 30.801,13 pontos.

O índice MSCI para a região Ásia-Pacífico, exceto Japão, caiu 0,74%.

EUROPA: Os mercados europeus operam mistos na quinta-feira, falhando em afastar o sentimento negativo visto ontem devido às negociações em andamento sobre o teto da dívida dos EUA.

O pan-índice Stoxx 600 sobe 0,3%, com ações de tecnologia subindo, enquanto as ações de varejo caem.

O DAX 30 da Alemanha opera "flat", o francês CAC 40 cai 0,1% e o FTSE MIB da Itália sobe 0,1%.

Na Península Ibérica, o IBEX 35 da Espanha sobe 0,2% e o português PSI 20 recua 0,3%.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,1%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American (LON:AAL) sobe 1,2%, Antofagasta (LON:ANTO) sobe 0,8%, Rio Tinto sobe 0,7%, enquanto BHP cai 0,2%. A petrolífera BP cai 0,8%.

Dados do escritório de estatísticas da Alemanha mostraram uma revisão para baixo do produto interno bruto de zero para -0,3% nos primeiros três meses do ano, colocando a maior economia da Europa em recessão técnica.

EUA: Os contratos futuros dos índices do Dow caem na manhã de quinta-feira depois que a Fitch Ratings colocou a classificação AAA dos Estados Unidos em uma observação negativa, enquanto os futuros do Nasdaq 100 e do S&P 500 sobem.

A Fitch Ratings colocou o rating de classificação AAA dos Estados Unidos em observação negativa, citando a temeridade com o teto da dívida enquanto aproxima da data X, que a secretária do Tesouro, Janet Yellen, disse que poderia ser já em 1º de junho. A agência de classificação disse que as negociações em andamento sobre o teto da dívida aumentaram os riscos de que o governo possa não cumprir os pagamentos de algumas de suas obrigações.

Em um dia de baixa para os principais índices, o Dow Jones Industrial Average postou o quarto dia consecutivo de perdas. O índice de 30 ações caiu 0,77%, fechando em 32.799,92 pontos. O S&P 500 encerrou o dia em queda de 0,73%, em 4.115,24 pontos, enquanto o Nasdaq Composite caiu 0,61%, em 12.484,16 pontos.

Na quarta-feira, o presidente da Câmara, Kevin McCarthy, reiterou que os negociadores devem chegar a uma resolução sobre o teto da dívida, mesmo quando os legisladores lutam para chegar a um acordo sobre os gastos básicos. “Não vamos dar calote”, disse ele durante entrevista coletiva na quarta-feira. “Vamos resolver esse problema”.

Os investidores também digeriram a ata da última reunião do Federal Reserve e indicou que as autoridades estão divididas sobre como progredir a política de taxas de juros. Novos aumentos de juros, portanto, não parecem estar fora de questão antes da próxima reunião de política monetária do banco central. Isso está de acordo com os comentários recentes feitos pelas autoridades do Fed nas últimas semanas, refletiram opiniões divergentes se a inflação diminuiu o suficiente para interromper ou encerrar os aumentos dos juros, ou se mais altas são necessárias. Resumindo, a ata mostrou que o Fed estará observando de perto os dados que serão divulgados para decidir se aumentaria as taxas novamente em junho.

Abordando uma questão de três frentes enfrentada pelos bancos centrais dos EUA, o governador do Federal Reserve, Christopher Waller, disse que é muito cedo para dizer qual escolha é a correta. Os dados das próximas semanas antes da reunião de 13 a 14 de junho determinarão qual é o caminho adequado, disse ele. Waller insistiu que o Fed precisará “manter a flexibilidade” sobre se deve aumentar, pausar ou pular junho com inclinação para aumentar as taxas em julho e expressou dúvidas de que o Fed tenha ido tão longe quanto precisa na luta contra a inflação. “Não espero que os dados que chegam nos próximos meses deixem claro que atingimos a taxa terminal”, disse Waller em um discurso em Santa Bárbara, Califórnia. “Eu não apoio a interrupção dos aumentos de juros, a menos que tenhamos evidências claras de que a inflação está caindo em direção ao nosso objetivo de 2%”.

Os títulos do Tesouro dos EUA sobem na quinta-feira, com os investidores considerando o que poderia vir a seguir para a economia, à medida que as negociações do teto da dívida continuam e a incerteza sobre as perspectivas das taxas de juros se intensifica. Por volta das 5h15, o rendimento do título do Tesouro de 10 anos subia mais de dois pontos-base para 3,7439%. A nota do Tesouro de 2 anos estava sendo negociado acima de quatro pontos-base a 4,3902%. Os rendimentos e os preços movem-se em direções opostas e um ponto-base é equivalente a 0,01%.

Na agenda econômica, o PIB sairá às 9h30, juntamente com os pedidos semanais de seguro desemprego. As vendas pendentes de casas será divulgado ás 11h00.

CRIPTOMOEDAS: As criptomoedas voltam a perder terreno nesta quinta-feira, continuando a correção ante as máximas registradas no mês passado em meio às incertezas sobre o impasse na elevação do teto da dívida dos EUA.

Assim como o mercado de ações, onde a questão do teto da dívida também vem pesando sobre o Dow Jones Industrial Average e o S&P 500, o Bitcoin provavelmente continuará reagindo a quaisquer atualizações importantes nas negociações para evitar o calote. Estes devem ser um dos catalisadores de curto prazo mais importantes para as criptomoedas, além de outras forças macroeconômicas ou fatores endógenos do setor dos ativos digitais.

O Bitcoin cai pouco menos de 2% nas últimas 24 horas, mantendo abaixo do limite inferior da faixa de US$ 26.500 a US$ 27.500 que dominou grande parte das últimas duas semanas. O Bitcoin continua mantendo boa parte da alta deste ano mas a maior criptomoeda do mundo vem definhando desde que rompeu os US$ 30.000 em abril pela primeira vez desde junho de 2022 e vem sofrendo correção desde então.

O Ethereum, a segunda maior criptomoeda, também cai e negocia abaixo dos US$ 1.800. Criptos menores ou altcoins seguem misturadas, com Cardano caindo 2%, mas Polygon subindo 1%. As memecoins recuam, com Dogecoin e Shiba Inu caindo entre 1% e 2%.

Bitcoin: -1,89% em US $ 26.240,30
Ethereum: -1,71% em US $ 1.786,06

ÍNDICES FUTUROS - 7h20:
Dow: -0,15%
S&P 500: +0,69%
NASDAQ: +1,78%

COMMODITIES:
MinFe Dailan: -2,23%
Brent: -1,12%
WTI: -1,26%
Soja: -0,54%
Ouro: -0,07%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.
Investidores mundiais seguem de olho no impasse da dívida dos EUA
 

Artigos Relacionados

Investidores mundiais seguem de olho no impasse da dívida dos EUA

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Gilberto Carmo
Gilberto Carmo 25.05.2023 9:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Voltem à diagramação antiga, por favor. O texto está bagunçado e as informações são importantes. Obrigado
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail